Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CORRESPONDENTE

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil

O CORRESPONDENTE

03
Mai18

ESCÂNDALO: EMPRESA USADA POR MORO PARA JUSTIFICAR OBRAS DE TRÍPLEX NÃO EXISTE NO ENDEREÇO REGISTRADO E DONO É FILIADO AO PSDB

Talis Andrade

moro rei sol.jpg

 

 

Sergio Moro, o Rei Sol

 

Segundo informações que colhemos do site Moro investigado, a empresa TNG Elevadores estaria instalada na Rua Tito Batista, 25 no Jardim Santa Fé São Paulo.

 

Porém não é o que foi comprovado segundo fotos que o site trouxe a tona e uma pesquisa que fizemos no google Maps o que temos no local é um endereço residencial.

3.png

 

É possível ver na foto tirada de frente para o local uma toalha amarela estendida e um cachorro vira latas deitado no chão, agora cabe a pergunta que empresa deixaria um funcionário estender uma toalha na sacada da empresa e um cachorro deitado na entrada principal?

 

Aos poucos a farsa vai sendo desmontada primeiro não houve a instalação do elevador e depois as empresas só existem no papel.

cadastro tng.png

 

Mas algumas questões precisam serem levantadas, a primeira Moro sabia que as empresas eram de fachadas como já noticiamos anteriormente na reportagem: DESCOBERTA A FARSA: EMPRESA QUE EMITIU NOTAS PARA LAVA JATO TEM LIGAÇÕES COM O PSDB!, então por que notas fiscais falsas de empresas que não existem estão sendo usadas contra Lula?

 

Porque as empresas contratadas pela OAS sempre tem ligações com o PSDB e não com o PT?

 

Pois por incrível que pareça a empresa TNG Elevadores, tem como sócio proprietário o sr MARCELO CARLOS BARION, que está devidamente registrado como filiado ao PSDB na cidade de Osasco, como comprovaremos nessa matéria.

 

Com uma busca fácil e acessível a qualquer pessoa, nosso colaborador Pedro Oliveira não só constatou que a empresa pertence a MARCELO CARLOS BARION, como de fato o mesmo é filiado ao PSDB, bastou uma busca simples no site da receita federal e o no Site do TSE.

filiação tucana.png

 

Outra coisa que nos chamou atenção é o fato da OAS ter contratado duas empresas para a mesma função, conforme já denunciamos em uma matéria anterior houve a contratação das empresasTallento Construtora, GMV Latino America Elevadores, TNG Elevadores e Kitchens Cozinhas e Decorações.

A cozinha não está decorada com nada que o juiz Moro usou pra condenar Lula, não existe elevadores instaladores e como já comprovamos os proprietários das empresas supostamente contratadas todas pertencem a pessoas ligadas ao PSDB, então fica a grande questão se Lula era de fato chefe de uma organização criminosa chamada PT, por que deixaria que empresas ligadas ao partido que é declaradamente seu inimigo executassem uma obra que lhe beneficiaria?

 

Só existe duas respostas para essa pergunta, ou Lula é completamente idiota pra isso, coisa que sabemos que não.

 

Ou de fato Lula é completamente inocente e vítima de uma armação e perseguição montada pelo MPF, com a participação do PSDB e principalmente com a anuência de Sérgio Moro, sob a mais pura benção do TRF-4.
Eu particularmente prefiro acreditar na segunda possibilidade, mas deixo a cargo de cada um acreditar no que lhe for mais conveniente.

 

Texto: Pedro Oliveira e Selena Martines

Edição: Ana Karine

24
Abr18

Moro considerou "lamentável" as filmagens dos sem teto que mostraram a farsa da reforma milionária do triplex que vai a leilão sem preço mínimo

Talis Andrade

 

 

A bruxaria da grande imprensa hoje é provar que não foi montada uma farsa judicial para prender Lula da Silva, candidato a presidente nas eleições de outubro próximo. 

 

Mostrar quanto rico e luxuoso o triplex, e provar que existe um elevador fantasma, um elevador interno com três paradas dentro do apartamento, além dos elevadores externos (social e serviço) do prédio. 

 

Nos autos e baixos do processo apresentaram faturas de sobra. A soma passa dos 1,5 milhão de reais. 

 

OAS gastou R$ 380 mil com mobília para cozinha e quarto. Kitchens Cozinhas e Decorações para a colocação de armários e móveis na cozinha, churrasqueira, área de serviços e banheiro, o montante de R$ 320 mil.

Veja que os gastos com cozinha, efetivamente, totalizam menos de R$ 20 mil.

geladeira-lula.png

fogao-lula.png

 

 O mobiliário dos quartos é de uma simplicidade de apartamento de operário e de uma probreza fransciscana:

camas-Lula.png

beliche-lula.png

 

 

 

Armando Dagre testemunhou para Moro que, ‘praticamente’, refez o triplex. Que a reforma da Tallento Construtora custou R$ 777 mil.

 

GMV Latino America Elevadores fatura no valor de R$ 798,00, relativa à venda de óleo para elevador.

 

GMV Latino America Elevadores fatura no valor de R$ 47.702,00, relativa à venda de elevador.

 

TNG Elevadores fatura de R$ 21.200,00, relativa a serviços de instalação de elevador, com três paradas.

 

 

 

23
Abr18

As várias empresas que são uma só que projetaram, venderam, instalaram e fazem a manutenção do elevador inexistente do triplex de Guarujá

Talis Andrade

 

 

Nos autos e baixos do processo do juiz Sérgio Moro, titular da Operação Lava Jato, para condenar Luís Lula da Silva, foram apresentados os custos da reforma do triplex na praia de Guarujá, em São Paulo, executada por empresas da máxima confiança da República do Parana, que atingiram R$ 1.104.702,00, e incluíram a instalação de elevador privativo no apartamento.

Documento anexados:

 

planta para reforço metálico do térreo do apartamento triplex, cobertura;

 

nota fiscal 8542, emitida em 15/09/2014, pela GMV Latino America Elevadores contra a Tallento, no valor de R$ 798,00; relativa à venda de óleo para elevador.

nota fiscal 8545, emitida em 16/09/2014, pela GMV Latino America Elevadores contra a Tallento, no valor de R$ 47.702,00, relativa à venda de elevador;

 

nota fiscal 103, emitida em 20/10/2014, pela TNG Elevadores contra a Tallento, no valor de R$ 21.200,00, relativa a serviços de instalação de elevador, com três paradas. 

 

Tudo bem bonitinho, lavado e cheiroso. Do jeito que Sergio Moro gosta.  Mas a nota fria é que: quem aparece para depor como projetista, vendedor, instalador do elevador nunca entregue, portanto, inexistente, invisível nas filmagens do MTST, justamente um sujeito de nome Alberto Ratola de Azevedo, que se apresenta como engenheiro proprietário da AZ Engenharia sem culpa no cartório, ou seja, sem fatura fiscal para a Talento esquentar.  

 

AZ engenaharia de castelos de areia .jpg

 Existem três empresas com um único nome Tallento. E variados nomes para uma única empresa do elevador fantasma. 

23
Abr18

Notas fiscais de reforma falsa em triplex do Guarujá em São Paulo são de empresas de Curitiba

Talis Andrade

genildo- a liberdade presa.jpg

 

 

Plantão Brasil - As notas fiscais emitidas por empresas, algumas de Curitiba, para justificar a reforma inexistente no apartamento tríplex, no Guarujá, litoral paulista, e servir de base para a condenação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva apontam para uma fraude processual. Nenhum dos produtos ou serviços cobrados, segundo a Justiça Federal, foi efetivamente entregue.

 

As notas fiscais foram emitidas pela empresas Talento Construtora, GMV Latino America Elevadores, TNG Elevadores e Kitchens Cozinhas e Decorações. As duas primeiras têm sede na capital paranaense. Sequer os elevadores, a cozinha planejada ou as obras de alvenaria foram entregues, conforme constatou o Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), ao ocupar o imóvel, na semana passada.

 

“O complô formado no interior da estrutura judicial para levar a cabo a operação ‘Inquisição’ contra o Lula não teve sequer mínimos cuidados para disfarçar. Quer dizer, o Lula está preso por conta de reforma que não houve, levada a cabo por empresas de Curitiba em um apartamento no Guarujá”, escreve uma internauta.

 

Lava Jato

 

“Todas as empresas têm pagina no Facebook. Como não confio no Judiciário, fui pessoalmente questioná-las. Afinal, seja pela emissão de notas falsas, seja pela não entrega de serviços cobrados, é importante tirar isso a limpo. Convido todos a fazerem o mesmo (como tem empresa que já bloqueou as avaliações, a alternativa agora é postar a avaliação pelo Google)”, acrescenta.

lula-processo perícia PF.jpg

 

Ainda na publicação, são transcritos trechos da sentença do juiz Sérgio Moro, titular da Operação Lava Jato.

 

“381. Os custos da reforma atingiram R$ 1.104.702,00 e incluíram a instalação de elevador privativo no apartamento triplex, cozinhas, armários, readequação de dormitórios, retirada da sauna, ampliação do deck da piscina e até compra de eletrodomésticos. (…)

 

Elevador

 

385. Ali se encontram a Nota Fiscal 423, no valor de R$ 400.000,00, emitida em 08/07/2014, a Nota Fiscal 448, no valor de R$ 54.000,000, emitida em 18/08/2014, a Nota Fiscal 508, no valor de R$ 323.189,13, emitida em 18/11/2014. Todas elas foram emitidas contra a OAS Empreendimentos e têm por objeto “execução de obra de construção civil, localizada no endereço Rua General Monteiro de Barros, 638, Vila Luiz Antônio, Guarujá, SP”. Total de cerca de R$ 777.189,00.

 

?386. Também ali encontram-se planta para reforço metálico do térreo do apartamento triplex, cobertura; no Edifício Mar Cantábrico, a Nota Fiscal 8542 emitida, em 15/09/2014, pela GMV Latino America Elevadores contra a Tallento, no valor de R$ 798,00; relativamente à venda de óleo para elevador.

 

Três paradas


A Nota Fiscal 8545, emitida, em 16/09/2014, pela GMV Latino America Elevadores contra a Tallento, no valor de R$ 47.702,00, relativamente à venda de elevador; a Nota Fiscal 103, emitida, em 20/10/2014, pela TNG Elevadores contra a Tallento, no valor de R$ 21.200,00; relativamente a serviços de instalação de elevador, com três paradas; na “obra solaris, Guarujá”. Esses serviços e obras contratadas pela Tallento foram incluídos nos preços cobrados desta para a OAS Empreendimentos. (…)

 

?389. Além da reforma realizada pela Tallento Construtora no apartamento 164-A, a OAS Empreendimentos contratou a Kitchens Cozinhas e Decorações para a colocação de armários e móveis na cozinha; churrasqueira, área de serviços e banheiro, no montante de R$ 320.000,00”.

 

“No mesmo processo, porém, os laudos da perícia da PF no triplex do Guarujá, atestam que o apartamento estava abandonado e que nunca foi ocupado. As notas fiscais referentes a instalação de elevador inexistente provam que foram forjadas”, acrescenta a professora paulista Mara Rocha.

 

Fraude


“Não existe elevador dentro do apartamento e nem área gourmet. Mesmo quando Lula afirma que não é proprietário. Inicialmente D. Marisa (Letícia, primeira-dama já falecida) pagou algumas cotas do apartamento, ainda na planta e desistiu da aquisição; por considerá-lo inadequado para a família.

 

“Mesmo quando o registro de propriedade encontra-se no nome da OAS. Enfim, a verdade aparece. Mesmo assim, apesar de todas as evidências Sergio Moro mantém Lula preso; num processo fraudulento dos quais ele é o principal articulador”, acrescentou.

 

Moro aceitou que o processo fosse baseado em uma notícia veiculada no Jornal Nacional; da Rede Globo. A matéria citava as referidas notas fiscais como suposta prova do envolvimento do ex-presidente no caso do tríplex.

 

22
Abr18

Veja a farsa do elevador fantasma do triplex nos autos e baixos do interrogatório de Sergio Moro

Talis Andrade

 

Alberto Azevedo.jpg

 

 

 

SOBRE O ELEVADOR FANTASMA. Veja quantas mentiras nos autos e baixos do processo julgado por Sergio Moro para condenar e prender Lula por 12 anos.

 

Primeira mentira

 

VEJA COMPROVA: Apartamento triplex de Lula foi reformado por empreiteira do Petrolão

 

A reforma do apartamento tríplex do ex-presidente — que incluiu a instalação de um elevador privativo — foi paga por uma das empreiteiras envolvidas no escândalo de corrupção da Petrobras (Por dois jornalistas escribas e safados: Robson Bonin, com reportagem de Kalleo Coura). Este elevador não existe, conforme mostram os vídeos realizados pelo MTST. 

 

Disse esses dois jornalistas bandidos: "VEJA teve acesso a documentos que detalham a reforma do triplex presidencial e mostram que os serviços foram contratados pela empreiteira. A obra foi executada pela Tallento Inteligência em Engenharia, uma empresa conhecida no mercado por executar obras de alto padrão e em prazos curtos - duas exigências dos contratantes - mas não a principal. A exigência maior era a discrição. As investigações da Lava-Jato mostrariam meses depois as razões disso. Iniciada no dia 1º de julho de 2014, a reforma transcorreu sob medidas de segurança incomuns. As fechaduras da porta de acesso eram trocada todas as semanas. A reforma da cobertura triplex chamou a atenção dos moradores do prédio".

 

A empresa Tallento é de Curitiba e realiza obras superfaturadas e encomendadas pelo amigo de Sergio Moro, o governador tucano Beto Richa.

 

Segunda mentira

"Nos dias em que eles marcavam para visitar a obra, a gente tinha que parar o trabalho e ir embora. Ninguém era autorizado a ficar no apartamento. Só ficamos sabendo quem era o dono muito tempo depois, pelos vizinhos e funcionários do prédio, que reconheceram dona Marisa e o Lulinha (Fábio Luiz Lula da Silva, o filho mais velho do ex-presidente)", disse a VEJA um dos profissionais que colaboraram na reforma.

 

Um dos profissionais sem nome. Fonte inventada. Veja a patifaria completa aqui

 

Terceira mentira

Informa o G1: Alberto Ratola de Azevedo, engenheiro que projetou o elevador privativo no tríplex, sob contrato firmado com o Grupo Tallento, afirmou a Moro que nunca viu Lula ou Marisa e tampouco teve tratativas com ambos. Ele disse, também, que em momento algum teve pedido que mantivesse o sigilo do serviço. Esse Ratola é um rato. Nunca projeto elevador nenhum.

 

Gazeta do Povo: Alberto Ratola de Azevedo, dono da empresa de engenharia terceirizada pela Talento para a realização da obra, também foi ouvido por Moro. Ele negou ter conhecimento sobre o imóvel pertencer a Lula e Marisa. Ele foi o responsável pelo projeto estrutural do elevador privativo do imóvel. 

 

Veja esse vídeo. Alberto Ratola de Azevedo presta depoimento como proprietário da AZ Engenharia. Mas nos autos existe uma fatura fiscal fria da GMV Latino América Elevadores Acompanhe as perguntas do Sergio Moro. Nada mais parcial. Ele, com uma vz fina, feminina, induz a testemunha a mentir:

 

 

 

 

 

21
Abr18

Quem pagou a milionária reforma fantasma do apartamento atribuído a Lula?

Talis Andrade

Moro.jpg

 

 

Já noticiei o envolvimento da empresa Talento Construtora no reforma milionário do apartamento atribuído a Lula. Acontece que outras empresa estão envolvidas na farsa judicial. 

 

Transcrevo da página de Aline Diniz Amaral no Facebook:


 Causou espanto as fotos do Triplex. Como havia referência de valores quebrados, fui atrás da sentença do juiz Moro tentar entender como ele chegou àqueles valores.


De fato, constam inclusive os números das notas fiscais, emitidas pela "Talento Construtora", "GMV Latino America Elevadores", "TNG Elevadores" e "Kitchens Cozinhas e Decorações" (As 2 primeiras sediadas em Curitiba, PR).


Todas as empresas têm pagina no Facebook.

 

Como não confio no Judiciário, fui pessoalmente questioná-las. Afinal, seja pela emissão de notas falsas, seja pela não entrega de serviços cobrados, é importante tirar isso a limpo. Convido todos a fazerem o mesmo (Como tem empresa que já bloqueou as avaliações, a alternativa agora é postar a avaliação pelo Google).


Abaixo, transcrição de trechos da sentença do ilustre juiz:


"381. Os custos da reforma atingiram  e incluíram a instalação de elevador privativo no apartamento triplex, cozinhas, armários, readequação de dormitórios, retirada da sauna, ampliação do deck da piscina e até compra de eletrodomésticos. (...)

 

385. Ali se encontram a Nota Fiscal 423, no valor de R$ 400.000,00, emitida em 08/07/2014, a Nota Fiscal 448, no valor de R$ 54.000,000, emitida em 18/08/2014, a Nota Fiscal 508, no valor de R$ 323.189,13, emitida em 18/11/2014. Todas elas foram emitidas contra a OAS Empreendimentos e têm por objeto "execução de obra de construção civil, localizada no endereço Rua General Monteiro de Barros, 638, Vila Luiz Antônio, Guarujá, SP". Total de cerca de R$ 777.189,00.


386. Também ali encontram-se planta para reforço metálico do térreo do apartamento triplex, cobertura, no Edifício Mar Cantábrico, a Nota Fiscal 8542 emitida, em 15/09/2014, pela GMV Latino America Elevadores contra a Tallento, no valor de R$ 798,00, relativamente à venda de óleo para elevador, a Nota Fiscal 8545, emitida, em 16/09/2014, pela GMV Latino America Elevadores contra a Tallento, no valor de R$ 47.702,00, relativamente à venda de elevador, a Nota Fiscal 103, emitida, em 20/10/2014, pela TNG Elevadores contra a Tallento, no valor de R$ 21.200,00, relativamente a serviços de instalação de elevador, com três paradas, na "obra solaris, Guarujá". Esses serviços e obras contratadas pela Tallento foram incluídos nos preços cobrados desta para a OAS Empreendimentos. (...)


389. Além da reforma realizada pela Tallento Construtora no apartamento 164-A, a OAS Empreendimentos contratou a Kitchens Cozinhas e Decorações para a colocação de armários e móveis na cozinha, churrasqueira, área de serviços e banheiro, no montante de R$ 320.000,00."

 

luxo inexistente.jpg

publicado por Mídia alternativa facebook.png

 

 

 

21
Abr18

Testemunhos falsos sobre obras jamais realizadas no triplex arranjado para Lula por Sergio Moro

Talis Andrade

Moro-e-as-falsas-provas-do-Triplex-do-Lula.png

 

 

No circo armado por Sergio Moro, Hernani Mora Varella Guimarães Júnior, sócio do Grupo Tallento de Curitiba, afirmou que soube de uma reforma no apartamento 164 A, no Condomínio Solaris, em Guarujá, no litoral de São Paulo, por meio do sócio, Armando Dagre. Ele disse que, pelo que lhe foi informado, a reforma envolvida troca de acabamentos, fechamento de paredes, abertura de novas portas e um elevador privativo. 


Júnior também afirmou que o sócio citou, em reunião mensal, que se encontrou com Marisa Letícia, no apartamento, para uma reunião de “entrega de obra” – segundo ele, quando o dono faz vistoria do serviço e dá o aval ou não.


Atentem: "entrega da obra". 

 

A reforma fantasma do triplex incluiu novo acabamento, além de uma outra piscina, mudança da escada e instalação de elevador privativo, conforme relação de Dagre apresentada e aceita pelo juiz Sergio Moro. 

 

 

 

21
Abr18

Engenheiro diz que reforma no triplex que Moro arranjou para Lula custou R$ 777 mil

Talis Andrade

Moro inventor reforma e elevador .jpg

 

 

Armando Dagre, sócio da Talento Construtora, contou ao Ministério Público de São Paulo que a reforma no triplex 164 A, no Condomínio Solaris, em Guarujá, no litoral de São Paulo, contratada pela empreiteira OAS, alvo da Operação Lava Jato, custou R$ 777 mil.

Segundo Dagre, os trabalhos foram realizados entre abril e setembro de 2014.

 

Dagre acrescentou que o contrato com a OAS, para reforma do triplex incluiu novo acabamento, além de uma outra piscina, mudança da escada e instalação de elevador privativo.

 

Confira aqui. Transcrevo reportagem publicada no Estado de São Paulo, e assinada pelos jornalistas investigativos de lorotas, que não checam as informações, Fausto Macedo, Julia Affonso e Ricardo Brandt.

 

A Talento Construtora, uma empresa que trabalha para o governo tucano do Paraná, também realizou reformas fantasmas e, possivelmente, construções super superfaturadas para o governador tucano Beto Richa. 

 

Para livrar a cara, os citados jornalistas safadamente informam: "As informações sobre o depoimento de Armando Dagre foram divulgadas no Jornal Nacional, da TV Globo".

 

 Que farsa judicial: Armando Dagre testemunhou para Moro que, ‘praticamente’, refez o triplex.

 

 

 Veja o cinismo das perguntas do juiz e do promotor e respostas mentirosas da testemunha. Tudo puro teatro mambebe 

 

O safado propreitário da Talento Construtota mentiu várias vezes.  A reforma, contratada pela empreiteira OAS, alvo da Operação Lava Jato, custou R$ 777 mil, segundo Dagre das notas fiscais frias, e esquentadas por uma justiça partidária. 

Reforma do tríplex de Lula teria custado R$ 1,2 milhão, diz outro mentitoso ex-executivo da OAS, 

Fábio Hori Yonamine, em depoimento à justiça de Moro leia aqui

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub