Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CORRESPONDENTE

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

O CORRESPONDENTE

01
Jan23

O mergulho de Alexsandro Souto Maior

Talis Andrade
 
 

Rafael Rocha escreve:

 

Com poemas nascidos das águas do Recife de hoje, o poeta Alexsandro Souto Maior mergulha, sem medo de se molhar, nas paragens anfíbias de uma cidade hoje muito triste e abandonada pelos governantes. O poeta não se esquece da irmã Olinda (cidade em que eu nasci), presa em olhos de carnaval e de igrejas e de boemia, alicerçando tudo isso - como Alexsandro bem diz - no sonho de um povo libertário.
 
O livro RECIFE ANFÍBIO E OUTRAS PARAGENS é uma canção de quem ama e vive a vida de uma cidade onde rios se encontram e dão origem a um oceano imenso chamado de Atlântico.
 
Uma cidade nua. Uma cidade molhada. Uma cidade de marés e de mangues. Uma cidade, enfim, superlativa em todas as páginas e em todos os poemas.
 
Bom que tenhamos conosco poetas do naipe de Alexsandro Souto Maior. O Recife agradece. Olinda também. Sem falar neste poeta que faz essa pequena resenha. Obrigado pelas poesias.
12
Jan22

LIMBO

Talis Andrade

por Talis Andradepintores mais famosos do mundo dali

 

Pelo tempo infinito

eu permaneça

protegido

das águas escumantes

que incharam o corpo

do poeta Shelley

das águas viscosas

venosas

que apodreceram

Tchaikovsky

 

Protegido permaneça

da sina de Pilatos

morto

afogado

em invisível taça

de vinho morno

com gosto

de chumbo

e posca

 

Protegido das chamas

que consomem as almas sebosas

dos possuídos por Lúcifer

os filhos da perversidade

os governantes corruptos

os legisladores vendidos

os juízes iníquos

os escravocratas

que submetem o povo

na fome e no afogo

os que transformam o mundo

em uma cavidade tenebrosa

- - -

Publicado in Palavras de Ateop, editado pelo jornalista, romancista e poeta Rafael Rocha. Ilustração O Sono, Dalí

 

29
Dez21

A mulher e o amor na poesia e pintura de Rafael Rocha

Talis Andrade

Nenhuma descrição de foto disponível.

Ninfeta em cismas, pintura de Rafael Rocha

Nenhuma descrição de foto disponível.

BELEZA

No dia em que eu beijar a boca da beleza 
o rio da terra trará forte correnteza 
com enormes ondas indo ao estuário. 
E eu e ela estaremos lado a lado 
no cio úmido e gostoso do pecado: 
– Dois peixes fazendo amor em um aquário! 

Direi: – Adorada, sou um desordeiro 
vindo em maléfico corcel, eu, cavaleiro 
desejo usufruir dos teus lauréis! 
Ela dirá: – Que seja assim e tanto! 
Cubra meu corpo com esse acalanto 
e pinte nele com todos teus pincéis! 

Nesses lisérgicos e sativos delírios 
vi as rosas se transformando em lírios 
como tentando enfeitar ventres ateus. 
E ela, rindo, trouxe à luz a zombaria. 
Entre trejeitos eróticos, dizia: 
– Tente ao menos rezar para algum deus! 

Após capturar o seu beijo de beleza 
o rio deixou de fluir em correnteza 
e de fazer ondas no vasto oceano. 
O dia trouxe um sol à ampla festa 
e na noite quente uma orquestra 
tocou aquele inesquecível tango. 

Ei-la: a musa mais que amada 
a deslizar voando como uma fada 
dentro e fora das minhas realidades. 
Mulher e amante! A deusa de meus dias! 
Criadora de intensas fantasias! 
Ventre macio onde sorvo umidades!

03
Nov21

De Rafael Rocha

Talis Andrade

RAFA rafael rocha.jpg

 

INVERNO DA VIDA

 

Neste invernar da vida

o tempo fica pequeno.

A paixão dá um aceno

por já estar de partida.

A cerveja é mais gostosa

do que a água bebida

e um sonho obsceno

traz a ninfeta perdida.

 

Neste invernar da vida

o tempo fica mais curto.

O coração toma um susto

pensando na “parricida”.

Quero beber mais cervejas

numa farra desmedida

e em um corpo moreno

viver a paixão pretendida.

 

Neste invernar da vida

os dias são diminutos.

Contamos horas, minutos

pois o tempo é suicida.

Gritamos na mesa do bar:

– Tragam as cervejas benditas

com mil fêmeas coloridas

para enfeitar nossas vidas!

09
Mar19

OMBROS DO PAI

Talis Andrade

por Rafael Rocha

Ivanildo Lins Rocha.jpg

Meu pai, Ivanildo Lins Rocha

28 anos de saudades

Falecido em 9/03/1991

 


Muitas vezes meu pai ofereceu seu ombro
para que eu pudesse dizer as minhas mágoas.
E dezenas de vezes (ah! Essas lembranças!)
deslizou seus dedos pelos meus cabelos
as mãos pela minha pele
com o orgulho de um vigilante do meu tempo.
Pelas mãos de meu pai conheci caminhos
ermos e perigosos e abismais
e escutei seus conselhos para caminhar
naqueles onde meus pés pudessem sentir a planície.
Ele conhecia quase a fundo meus defeitos
tanto os físicos como os do espírito
e muitas vezes pediu sem arrogância
que eu construísse a vida afavelmente
buscando entender a besta a viver nos outros.
Mas nunca, nunca mesmo, baixasse a cabeça
pra os opressores e os arrogantes.
“Faça o que eu digo. Nunca o que faço”.
Muitas vezes meu pai fechou seus ouvidos para mim.
Fechou seus olhos e não quis enxergar minha vida.
E em quantos momentos (Ah! Essas lembranças!)
aplainou carinhosamente os músculos do meu cérebro
em silêncio, em seu constante silêncio,
como um marceneiro a trabalhar na madeira bruta.
E era nesses instantes que eu o conhecia
mais detidamente como o homem mais difícil
que jamais tinha passado por minha vida.


Conheci os defeitos físicos e os do espírito do meu pai
quando meus primeiros cabelos brancos nasceram
ao ver que os olhos dele não tinham mais o brilho da vaidade.
E entendi que para se lapidar a vida
o homem tem de lapidar primeiro a si mesmo
e depois aceitar o tempo em que viveu como uma dádiva
entregue por algum espírito errante.


Hoje não mais tenho comigo os ombros do meu pai.
Minhas mágoas hoje dormem na solidão eterna.

 

 

---

Do livro “Marcos do Tempo” – 2010

26
Out18

Haddad chama militância pra rua: “Esses três dias são fundamentais”

Talis Andrade

 

100 mil pessoas no Centro do Recife

 

 

haddad recife rafael rocha 1.jpg

haddad recife rafael rocha 2.jpg

haddad recife rafael rocha 3.jpg

haddad recife rafael rocha 4.jpg

haddad recife rafael rocha 5a.jpg

haddad recife rafael rocha 5.jpg

 Fotografias Rafael Rocha

 

Na capital de Pernambuco, nesta quinta (25), Fernando Haddad chamou a militância nacional para reforçar o trabalho de virar votos um a um, estratégia que já está funcionando em São Paulo.

 

“Esses três dias são fundamentais”

 

 

Ele disse que o trabalho está funcionando porque mostra, para quem não conhece bem Bolsonaro, a falta de compromisso que o candidato tem para com diversos grupos, em especial os trabalhadores.

.

“BOLSONARO NÃO SAIU DO REGIME MILITAR, ELE SAIU DOS PORÕES DA DITADURA, ELE ENALTECE A TORTURA!”

.

“ELE OFENDE O NORDESTE, DIZENDO QUE O NORDESTINO TEM QUE PARAR COM COITADISMO. QUEM AQUI PODE ACEITAR UMA AFRONTA DESSAS?”

.

“PRECISAMOS ALERTAR QUEM É JAIR BOLSONARO. TEMOS ATÉ SÁBADO À MEIA-NOITE PRA FAZER ISSO”.

 

É isso aí, gente! Vamos pra rua virar mais votos!

 

 

12
Out18

De Rafael Rocha

Talis Andrade

 

rafael rocha.jpg

 "A passagem poderosa do tempo"



1 de Outubro de 2018,  69 anos

 

Depois de conhecer os ruídos e os males da sorte
vendo sessenta e nove anos em mim a se compor
desejaria viajar agora às fronteiras do meu norte
e ao nordeste da pátria conhecer meu esplendor.


No entanto eu sei como o tempo é inclemente
marcando horas infinitas no antes e no depois.
E por amar tanto esta vida e querê-la mais urgente
vou num grito retumbante espalhar a minha voz.


Eu sabendo em demasia a total indiferença
do mundo a me cercar como algo transitório
planejo um poema especial onde a paixão vença
antes de a plateia inculta o considerar simplório.


Darei beijos/abraços nos amigos de hoje e de ontem
como se este dia de outubro ainda fosse o inicial
e depois de cervejas e de versos não me zombem
quando eu disser que agora sou praticamente imortal.


Depois...


Deitarei fogo de versos sobre a terra imutável
e seguirei caminho na minha eterna solidão
sabendo o quanto uma ilusão é imensurável
no inferno que os tolos chamam coração!

 

 

 

 

07
Out18

Bolsonaro, uma longa lista de condutas corruptas ou imorais.

Talis Andrade

ribs bolsonaro.jpg

 

Por Rafael Rocha

 

 

Quem vota em Bolsonaro geralmente acredita que ele é o único candidato honesto. Essa pessoa pode até estar bem intencionada, mas está mal informada. Bolsonaro tem uma longa lista de condutas corruptas ou imorais. Além disso, ele definitivamente não é algo novo na política: é político há mais de 25 anos, fez a carreira dos filhos dele e se mostrou totalmente ineficiente e descuidado com os gastos públicos.

 

Para quem quiser se informar mais a respeito, preparei uma coletânea de notícias e vídeos. Tomei o cuidado de selecionar fontes de informação que não são ligadas à esquerda, para evitar que o leitor achasse que são críticas imparciais a ele. Inclusive, selecionei várias notícias de veículos ligados à direita (Veja, O Antagonista, The economist).

 

CORRUPÇÃO

 

- Ele pagava caseira na casa de praia dele com verba do gabinete
https://congressoemfoco.uol.com.br/…/bolsonaro-demite-asse…/

 

- Ele recebia auxílio moradia mesmo tendo imóvel próprio e quando questionado falou que era pra “comer mulher”: https://oglobo.globo.com/…/apos-polemica-bolsonaro-deixa-de…

 

- Cometeu diversos casos de nepotismo:
https://oglobo.globo.com/…/bolsonaro-empregou-ex-mulher-par…
https://oglobo.globo.com/…/alem-de-ex-bolsonaro-tambem-nome…
https://www.oantagonista.com/…/bolsonaro-empregou-ex-mulhe…/

 

– É acusado de sonegação de impostos: https://veja.abril.com.br/…/o-leitor/e-o-comeco-do-fim-de-…/

 

– É acusado de enriquecimento ilícito através da máquina pública: https://www.opovo.com.br/…/patrimonio-de-jair-bolsonaro-e-f…

 

– Está apontado em suspeita de lavagem de dinheiro: https://ultimosegundo.ig.com.br/…/jair-bolsonaro-patrimonio…

 

– Envolvido em Caixa 2 de Campanha: https://www.gazetaonline.com.br/…/articulador-de-apoios-a-b…

- Ele recebeu doação da JBS https://www.metropoles.com/…/site-do-tse-mostra-que-bolsona…

- Ele usou poder de deputado para acionar Itamaraty para resolver assunto pessoal dele (perseguindo a ex-mulher dele): https://www1.folha.uol.com.br/…/jair-bolsonaro-mobilizou-it…

 

INCOMPETÊNCIA

 

- Bolsonaro costuma atuar em defesa de privilégios de políticos e elevar gastos públicos: https://www1.folha.uol.com.br/…/como-deputado-bolsonaro-def…

- Em 26 anos no congresso ele aprovou só dois projetos. Nunca se propôs a se candidatar ao executivo e não tem experiência nem como prefeito https://politica.estadao.com.br/…/geral,bolsonaro-aprova-do…

- Revista tradicional da direita inglesa comenta como Bolsonaro seria um presidente desastroso: https://www.economist.com/…/jair-bolsonaro-latin-americas-l…

 

 

Além disso Bolsonaro frequentemente defende leis ou faz pronunciamentos absolutamente desumanos. Veja uma lista:

DESUMANIDADE

 

- Defendeu a redução da licença maternidade: https://veja.abril.com.br/…/bolsonaro-defendeu-reducao-da-…/

 

- Projeto que ele assina dificulta o atendimento no SUS de mulheres estupradas: https://congressoemfoco.uol.com.br/…/projetos-dificultam-a…/

 

- “Ter filho gay é falta de porrada”: https://m.youtube.com/watch?v=QJNy08VoLZs

 

- Aqui ele falou de descendentes de escravos como se fossem bichos: https://congressoemfoco.uol.com.br/…/bolsonaro-quilombola-…/

 

- Aqui ele fala sobre como o estado não tem que pagar pelo tratamento de HIV, porque se contraíram a doença "o problema é deles" https://twitter.com/pirockstar/status/1041370727595819008…

 

- Todas as falas dele contra mulheres (com videos). Inclusive falando que mulher tem que ganhar menos: https://medium.com/…/bolsonaro-o-pior-candidato-para-as-mul…

 

- Bolsonaro ameaçou de morte a ex-mulher o que a obrigou a fugir do país:
https://veja.abril.com.br/…/ex-mulher-relatou-ao-itamaraty…/
https://www1.folha.uol.com.br/…/brasileiro-que-abrigou-ex-m…

 

- Ele e seu filho votaram contra a Lei Brasileira de Inclusão, que garante direitos das pessoas com deficiência: http://www2.camara.leg.br/atividade-…/…/chamadaExterna.html…

 

- Esse daqui é o General Ustra, que vive elogiando. Video da Istoé que fala sobre como ele matou mais de 50 pessoas, torturou mais inúmeras e sequestrou até crianças pra torturar os pais: https://m.youtube.com/watch?v=l93cCm2GToo

 

ATAQUES DIRETOS À DEMOCRACIA

 

- Bolsonaro afirma que só aceita resultado das eleições se ele vencer: https://jovempan.uol.com.br/…/pelo-que-vejo-nas-ruas-nao-ac…

 

- Juiz ligado à família Bolsonaro tentou impedir as eleições. Para isso tentou articular com o exército e com um advogado ligado ao partido de Bolsonaro, deixando uma ação pronta para ser executada no dia exato. Felizmente o exército não entrou na conspiração e denunciou.


Notícia: https://oglobo.globo.com/…/cnj-afasta-juiz-que-queria-usar-…


Denúncia na íntegra: https://www.conjur.com.br/…/cnj-afasta-juiz-planejava-atrap…

 

- Defendeu explicitamente tortura, guerra civil e afirmou claramente que fecharia o congresso se fosse eleito: https://www.youtube.com/watch?v=-fMdCwlwg8E

 

 

---

 

08
Set18

SOBRE O MAIS FAMOSO SONETO DE TODOS OS TEMPOS

Talis Andrade

 

por Rafael Rocha

félix arvers.jpg

 Félix Arvers

 


O poeta francês Félix Arvers escreveu este soneto no álbum de uma jovem de 19 anos, comprometida, recatada e dotada de muita inteligência, Marie Mennessier-Nodier.



SONNET – Félix Arvers


Mon ame a son secret, ma vie a son mystère,
Un amour eternel en un moment conçu;
Le mal est sans espoir, aussi j'ai dú le taire,
et celle qui l'a fait n'en a jamais rien su.


Helas! j'aurai passé près d'elle inaperçu
Toujours à ses côtés et toujours solitaire;
et j'aurai jusqu'au bout fait mon temps sur la terre,
n'osant rien demander, et n'ayant rien reçu.


Pour elle, quoique Dieu l'ait faite bonne et tendre,
Elle ira son chemin, distraite, et sans entendre
Ce murmure d'amour elevé sur ses pas;


à l'austère devoir pieusement fidèle,
elle dira, lisant ces vers tout remplis d'elle,
"Quelle est donc cette femme?" et ne comprendra pas.



A primeira tradução em português no Brasil do célebre soneto foi feita por Pedro Luiz no ano de 1880.


SONETO DE ARVERS


Guardo um mistério n'alma e na vida um segredo,
um sempiterno amor que há muito me enlouquece;
não tem remédio o mal – por isso o oculto a medo
e aquele que o causou jamais quis que o soubesse.


Perpasso junto dela e abafo ardente prece!
Ao seu lado respiro e sempre em um degredo.
A romagem da vida acabarei bem cedo,
sem que eu nada pedisse e nada ela me desse.


Terna formou-a Deus, mas – bela peregrina –
na trilha do dever não vê, não imagina
que eu – mísero – sagrei-lhe amores imortais.


E, um dia, talvez, diga ao ler em doce calma
estes versos que assim vibraram de sua alma:
– “E essa mulher quem é?” – Não cismará jamais.


Muitas outras traduções foram feitas por brasileiros e portugueses, mas melhor deixar por aqui aquela duas mais aceitas pelos estudiosos, a de Guilherme de Almeida e Olegário Mariano:


SONETO DE ARVERS

Tradução de Guilherme de Almeida


Tenho na alma um segredo e um mistério na vida:
um amor que nasceu, eterno, num momento.
É sem remédio a dor; trago-a, pois, escondida,
e aquela que a causou nem sabe o meu tormento.


Por ela hei de passar, sombra inapercebida,
sempre a seu lado, mas num triste isolamento.
E chegarei ao fim da existência esquecida,
sem nada ousar pedir e sem um só lamento.


E ela, que entanto Deus fez terna e complacente,
há de, por seu caminho, ir surda e indiferente
ao murmúrio de amor que sempre a seguirá.


A um austero dever piedosamente presa,
ela dirá, lendo estes versos, com certeza:
— "Que mulher será esta?" — E não compreenderá.



SONETO DE ARVERS
Tradução de Olegário Mariano


Tenho um mistério na alma e um segredo na vida:
eterno amor que, num momento, apareceu.
Mal sem remédio, é dor que conservo escondida
e aquela que o inspirou nem sabe quem sou eu.


A seu lado serei sempre a sombra esquecida
de um pobre homem de quem ninguém se apercebeu.
E hei de esse amor levar ao fim da humana lida,
certo de que dei tudo e ele nada me deu.


E ela que Deus formou terna, pura e distante,
passa sem perceber o murmúrio constante
do amor que, a acompanhar-lhe os passos, seguirá.


Fiel ao dever que a fez tão fria quanto bela,
perguntará, lendo estes versos cheios dela:
- "Que mulher será esta?" - E não compreenderá.

 

Marie_Nodier.jpg

Marie Nodier 


Aparentemente, o soneto passou despercebido à moça dos sonhos do poeta. Félix Arvers nasceu em 23 de julho de 1806 e morreu em 7 de novembro de 1850. Sua musa, Marie Nodier, faleceu muitos anos depois do poeta. Félix Arvers entrou na galeria dos imortais com este soneto de amor e sem jamais saber que Marie Nodier tinha respondido ao soneto com um de sua autoria em seu próprio álbum, mas que os estudiosos da obra de Arvers consideram apócrifa. E que dizia assim:

 

REPONDRE AU SONNET


Ami, pourquoi nous dire, avec tant de mystère,
que l'amour éternel en votre âme conçu
est un mal sans espoir, un secret qu'il faut taire
et comment supposer qu'Elle n'en ait rien su?


Non, vous ne pouviez point passer inaperçu,
est un mal sans espoir, un secret qu'il faut taire
Parfois, les plus aimés font leur temps sur la terre,
n'osant rien demander et n'ayant rien reçu.


Pourtant Dieu mit en nous un coeur sensible et tendre
Toutes, dans le chemin, nous trouvons doux d'entendre
le murmure d'amour élevé sur nos pas.


Celle veut rester à son devoir fidèle
s'est émue en lisant vos vers tout remplis d'elle.
Elle avait bien compris... mais ne le disait pas.


E eis aqui a tradução de Edmundo Lys da pretensa resposta ao SONETO DE ARVERS por parte da musa Marie Nodier:


RESPOSTA AO SONETO


Meu amigo, por que, de forma tão sentida,
dizeis que o eterno amor nascido num momento
é uma dor sem remédio, e há de estar escondida,
e como supor que ela ignora esse tormento?


Vós não fostes jamais sombra despercebida,
nem deveis vos julgar num triste isolamento:
os mais amados vão, às vezes, pela vida,
sem nada receber e sem um só lamento.


Deus, entanto, à mulher, deu uma alma complacente
e ela por seu caminho irá mais docemente,
se um murmúrio de amor a segue onde ela vá.


Aquela que ao dever deseja ficar presa,
os versos, cheios dela, os sentiu, com certeza,
e tudo compreendeu... mas nunca ela o dirá.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub