Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

22
Out19

Danos do óleo no litoral do Nordeste vão durar décadas, dizem oceanógrafos

Talis Andrade

fotodevictorucha.jpg

 

 

Victor Uchôa
De Salvador para a BBC News Brasil

 

"A contaminação química dura muito mais tempo do que aquilo que a poluição visual pode sugerir."


Essa não é uma afirmação boa de ouvir, quando se trata da mancha de óleo que atinge boa parte do litoral brasileiro desde 30 de agosto, mas é a realidade expressada pela oceanógrafa Mariana Thevenin, uma das articuladoras do grupo de voluntários Guardiões do Litoral, que se formou em Salvador para limpar praias, estuários e manguezais desde que a contaminação chegou à costa da Bahia.


Em um cenário ideal, aponta Thevenin, o derivado de petróleo deveria ter sido barrado antes de chegar à areia e entrar pelos rios. Entretanto, se o óleo já chegou à costa, a limpeza deve ser feita na maior velocidade possível, na tentativa de evitar que ele volte para o mar com o movimento das marés ou que as substâncias tóxicas ali contidas se entranhem nos variados sedimentos costeiros.

 

Ainda assim, não se pode criar ilusões. Mesmo quando, para os olhos, parece limpo, o risco pode seguir oculto por muitos anos.

 

"Essas substâncias contaminam todos os organismos do ambiente e isso facilmente cai na cadeia alimentar. Um pequeno peixe, por exemplo, pode comer algo que esteja contaminado. Isso entra na cadeia até chegar no peixe que consumimos", alerta Thevenin, criadora do perfil Oceano para Leigos, no Instagram.

 

Nos noves Estados do Nordeste, já são 200 localidades atingidas pelo óleo, de acordo com a atualização feita no sábado (19/10) pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama).


Oceanógrafos, químicos e autoridades estaduais ouvidos pela BBC News Brasil avaliaram o impacto da movimentação da mancha pela costa do Nordeste, após a chegada à Baía de Todos os Santos, em Salvador.


Até chegar ali, o óleo já havia deixado um rastro tóxico por milhares de quilômetros e atingido os mangues e corais dessa região em uma etapa mais avançada de degradação — um tipo de contaminação que é mais difícil de ser limpa e que permanecerá durante anos no meio ambiente, segundo os especialistas. [Continua]

 

 

22
Out19

Para Bolsonaro, derrama de óleo no mar seria para impedir o entreguismo de megaleilão do pré-sal

Talis Andrade

óleo bolsonaro.jpeg

Revista Exame - Antes de viajar para o Japão, o presidente Jair Bolsonaro questionou nesta sexta-feira (18), se o vazamento de óleo que atinge praias do Nordeste desde setembro poderia ter sido cometido intencionalmente com o objetivo de prejudicar a realização do megaleilão de petróleo da cessão onerosa que será realizado em novembro.

“Coincidência ou não, nós temos um leilão da cessão onerosa. Eu me pergunto, a gente tem que ter muita responsabilidade no que fala: poderia ser uma ação criminosa para prejudicar esse leilão? É uma pergunta que está no ar”, disse o presidente em vídeo transmitido ao vivo no Facebook ao lado do ministro da Defesa, general Fernando Azevedo e Silva, e oficiais da Marinha.

“Nós estamos cientes da nossa responsabilidade, as Forças Armadas e demais órgãos do governo estão fazendo a sua parte”, acrescentou.

As áreas em oferta no leilão da cessão onerosa juntas somam um bônus de assinatura total fixo de cerca de 106,5 bilhões de reais, que deverão ser pagos pelos vencedores do certame, tornando-se a maior rodada de licitações de petróleo da história.

bolsonaro óleo.jpg

gleise óleo.jpg

óleo shell.jpeg

 

23
Out17

Candidatos a presidente prometem fechar as praias de nudismo

Talis Andrade

Os partidos conservadores e igrejas evangélicas pretendem lançar a campanha "Direito da mulher ser recatada e do lar",  para combater a nudez no Brasil em todas as frentes: nas artes, nos meios de comunicação de massa, nas escolas (o uniforme sexy mini saia das estudantes), nas praias com a proibição do topless, nas igrejas (vestuário das mulheres e o erotismo de alguns santos e santas do catolicismo. De São Sebastião um nudismo feminino apreciado pelos homossexuais. De Santa Madalena os seios de fora), nos hospitais, pela falta de respeito com as parturientes praticamente despidas. Inclusive foi condenada a capa desta semana da revista Time.

 

time.750.jpg

 

 

O movimento, inspirado na primeira dama Marcela Temer, conta com o apoio dos candidatos a presidente Jair Bolsonaro da bancada da bala na Câmara dos Deputados, prefeito João Dória ("Apaguei das ruas de São Paulo todas as pichações com mulheres nuas"), Edir Macedo dono da Igreja Universal do Reino de Deus, que elegeu o sobrinho Marcelo Crivella prefeito do Rio de Janeiro, governador de São Paulo Geraldo Alckmin do conservadorismo católico da Opus Dei, apresentador e animador de TV Luciano Grostein Huck, ex-frequentador de praias internacionais que praticam o topless.   

 

Uma das primeiras medidas o fechamento das oitos praias oficiais de nudismo existentes no Brasil: na Paraíba, na Bahia, no Espírito Santo, no Rio de Janeiro e em Santa Catarina. Veja fotos,  da "pouca vergonha. Até crianças aparecem nuas para o voyeurismo dos pedófllos",  disse o vereador de São Paulo Fernando Silva Bispo, mais conhecido como Fernando Holiday, representando o MBL, Movimento Brasil Livre. Para Holiday, eis o mapa da safadeza:

mapa do nudismo .jpeg

 

 

Existem centenas de praias clandestinas de nudismo, também chamadas de "paraíso", nomeação que o pastor, cantor e senador Magno Malta considera uma blasfêmia. Duas delas fáceis de ser encontradas:

 

 Praia Brava (em Cabo Frio, Rio de Janeiro)

Praia Brava (São Paulo)

 

Praia-Brava. SP.jpg

 

Jurubá (em Paraty, Rio de Janeiro)

 

O nudismo é praticado em pelo menos outras 300 praias, segundo o ex-presidente da Federação Brasileira de Naturismo, André Herdy.

 

Nas áreas oficiais há várias regras de comportamento e a nudez não é apenas permitida por lei, ela é obrigatória! Afinal, os frequentadores conquistaram a autorização do governo para andar pelados e aplicar as regras do naturismo nesses locais, catequiza Herdy.  

 

A FBrN possui 11 associações, 5 clubes, 2 entidades parceiras, totalizando 18 entidades filiadas, ora ameaçadas.

 

Contra o puritanismo que ameaça o Brasil, a FBrN apresenta uma seleta de teses e artigos aqui  .

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub