Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

03
Fev21

“Crimes de Moro e Dallagnol se enquadram na Lei de Segurança Nacional”

Talis Andrade

Resultado de imagem para charges sentença de sergio moro

O professor de direito processual penal Fernando Hideo analisa os vazamentos de diálogos entre Sergio Moro e Deltan Dallagnol que mostram o grau de cooperação entre ambos.

Por Pedro Zambarda de Araujo

O advogado Fernando Hideo Lacerda deu uma explicação clara do que é a Operação Lava Jato para os meios jurídicos.

“Não tenho nenhuma preocupação em contrariar a Lava Jato. A minha preocupação é em contrariar a Constituição”.

“A Lava Jato é uma farsa”.

O problema, no entanto, é que ainda há muita mídia no Brasil que não entendeu que a Lava Jato é uma farsa.

Confira o comentário de Hideo.

 

02
Fev21

Deltan tripudiou sobre advogado que o ajudou a entrar no MP e foi grampeado ilegalmente

Talis Andrade

A imagem pode conter: texto que diz ""JUSTIÇA" OU ESPIONAGEM? Moro e Dallagnol passam por por cima da lei e grampearam ilegalmente os advogados de Lula. Em 23 dias, foram 462 ligações interceptadas."

 

Por Pedro Zambarda de Araujo
 
O ministro Ricardo Lewandowski retirou o sigilo das conversas entre procuradores da Operação Lava Jato e o ex-juiz Sergio Moro.

Um diálogo de 2016 mostra um comportamento antiético do procurador Deltan Dallagnol, chefe da Força-Tarefa da Lava Jato, que mantinha contato frequente com o então juiz Moro.

25 advogados foram grampeados de maneira irregular e a defesa do ex-presidente Lula alegou que isso era para “monitorar” sua estratégia.

A conversa entre Deltan e demais procuradores aconteceu em 25 de fevereiro daquele ano:

“29 FEB 16
• 00:15:44 Athayde http://click.uol.com.br/?rf=homec-manchete-topo￾modulo1&pos=mod1;topo&u=http://www1.folha.uol.com.br/colunas/monic
abergamo/2016/02/1744465-ministro-da-justica-deve-deixar-o-governo￾nesta-semana.shtml
• 00:20:12 Deltan Ruim para o caso, probabilisticamente falando. Pode
entrar alguém para abafar que escalone o episódio dos grampos para
trocar a equipe. Seria bom termos algo definido da apuração do grampo
clandestino, e sacramentado, o quanto antes. Januário, essa apuração
acabou definitivamente? Atualiza como está?
17 MAR 16
• 22:21:55 Deltan Matéria do fantástico sobre os grampos dos 25 advogados
22:21:56 http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2016/03/advogados￾de-lula-intencao-de-moro-foi-monitorar-estrategia-de-defesa.html
22:22:08 JN, não fantastico
• 22:25:22 Jerusa Tem um video do Domingos!
• 22:32:47 Deltan Domingos me ajudou a entrar no MPF (2 anos de
formado)
22:32:51 Deve estar arrependido kkk
22:33:46 Orlando SP Andrwyzinho, não reconheci luquinha. Ele está
enorme, lindo!!
• 22:53:16 Pessoal, a questão da empresa de Roberto Teixeira, acho q não
dá para investigar, pois resta claro q quem está por trás é lula. Logo,
temos q pensar se não é bom jogar esta informação parados jornalistas
abutres para fazer o papel deles. Com isso, vai ajudar a derrubar o rapaz
mais rapidamente
• 23:08:20 Januario Paludo Cb agropecuaria
• 23:45:22 Deltan Caros, peço um especial favor a todos: ninguém falar com
a imprensa sem falar com CF [Funcionário público Carlos Fernando dos Santos Lima, censor dos procuradores ou conselheiro dos membros da organização criminosa autointitulada lava jato, paga com o dinheiro público]
Cláudio Wagner
Perito Contador CNPC nº 3.738
Contador CRC nº 1RS 048.422/O
Auditor Independente CNAI nº 0604
28
SIGILOSO
23:45:46 Especialmente em relaçãoao caso do 9, não pode vazar nada,
nem quanto à preparação, nem quanto ao planejemento, ou à divisão de
trablaho.
23:45:53 sob pena de termos probleams com bsb”

Na conversa, a procuradora Jerusa Viecilli diz: “Tem um vídeo [no grampo ilegal] do [advogado] Domingos!”. Deltan Dallagnol responde, com pouco caso: “Domingos me ajudou a entrar no MPF (2 anos de formado)”.

E acrescenta, ironizando por completo a pessoa que o ajudou no passado: “deve estar arrependido (risos)”.

O advogado foi grampeado ilegalmente com outros 24 profissionais, que tem a prerrogativa do sigilo com seus clientes.

20
Out20

Ex-assessor parlamentar da Alesp é suspeito de ameaçar jornalista de morte

Talis Andrade

leonardo pinheiro.png

O jornalista Leonardo Pinheiro, de 39 anos, foi morto a tiros, no bairro de Parati, em Araruama, Região dos Lagos do Rio de Janeiro

Ameaçado de morte em 2 de outubro, poucos dias depois de ter publicado uma matéria no site Diário do Centro do Mundo (DCM) sobre ódio nas redes sociais, o jornalista Pedro Zambarda denunciou o caso à polícia.

Ele fez um boletim de ocorrência no 18o DP da capital paulista, relatando que recebeu a ameaça por mensagem de WhatsApp. Num grupo chamado "Aviso", uma pessoa postou que, caso seu nome não fosse tirado da matéria sobre ódio nas redes, a próxima reportagem seria sobre o número de tiros que Zambarda e colegas do site levariam.

De acordo com o Código Penal Brasileiro, ameaça de morte é crime com pena de de até seis meses de detenção.

O próprio Zambarda descobriu que o número de telefone do qual a ameaça partiu pertence ao ex-assessor parlamentar Leonardo Antonio Corona Ramos, que foi citado em sua reportagem sobre ódio nas redes.

Ramos trabalhou no gabinete do deputado estadual por São Paulo Conte Lopes e teria deixado a função depois de denúncias de envolvimento em esquema de funcionários fantasmas na Alesp .

O jornalista do DCM também teria recebido mensagens intimidadoras da namorada de Ramos, Janaina Toledo. O casal atualmente vive fora do país, supostamente no Reino Unido.

À Abraji, o jornalista do DCM se disse "acostumado com hostilidades e agressões verbais dentro e fora das redes". "No entanto, uma ameaça de morte por tiros escrita no meu WhatsApp ultrapassa qualquer limite do aceitável. É uma violência contra mim, o DCM, a imprensa brasileira e todos os repórteres que cobrem criticamente o governo federal”.

Leia também
Ribeirão Preto. Jornalista é ameaçado no interior paulista por reportagem sobre atropelamento

Jornalista do Guarujá (SP) é ameaçado após reportagem sobre fraude em licitação

Jornalista assassinado em Araruama

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub