Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CORRESPONDENTE

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil

O CORRESPONDENTE

08
Ago22

Internautas se revoltam com nova fake news de Damares e pedem sua cassação

Talis Andrade

Image

Nunca fez nada para combater o incesto, o estupro, o feminicídio, o machismo, a misoginia, a homofobia, a lesbofobia, a transfobia, o sexismo, o trabalho infantil, a prostituição infantil. Nunca condenou a tortura da ditadura militar, as chacinas da polícia militar nem o genocídio dos jovens negros e o genocídio dos povos indígenas. Inclusive defendeu a matança da imunidade de rebanho como política bolsonarista de combate a Covid que já matou quase 700 mil brasileiros. Mentirosa, safadamente espalha informação falsa, ajudou Bolsonaro divulgar uma cartilha gay agora substituída por uma cartilha crack

 

por Ezequiel Vieira /DCM Diário do Centro do Mundo

O nome de Damares Alves (Republicanos) tem repercutido negativamente nas redes sociais em função de algumas publicações que a candidata ao Senado faz contra Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A última é um vídeo dizendo que o governo Lula ensinava em cartilha como os jovens deveriam usar crack. Internautas resolveram pedir a cassação da ex-ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.Image

Em vídeo, ela afirma que vai “relembrar como eram as políticas públicas de prevenção ao uso de álcool e drogas nos governos das trevas”. “Ele [a cartilha lida por ela no vídeo] está mandando o menino, a menina, o adolescente conhecer o traficante, conhecer o fornecedor. Isso sabe o que é? Associação ao crime organizado”.

A cartilha, criada pelo Programa Nacional de DST/Aids com a intenção de ser distribuída para profissionais de saúde para auxiliar na diminuição do contágio de HIV e outras doenças pelo compartilhamento de seringas e objetos usados no consumo de drogas, nunca chegou a ser publicada.

No Twitter, internautas pedem que Damares seja denunciada por conta da disseminação de fake news contra Lula e Alckmin e o PT, PCdoB, PV, PSB, PSOL, Rede, Solidariedade, Avante e Agir (antigo PTC).

Confira a repercussão abaixo:

Deixo aqui o pedido para que vcs divulguem ao @Alexandre e outros ministros.

Em maio, foi dito por Alexandre de Moraes que "candidato que divulgar fakenews nas redes deve ter registro cassado".

Damares Alves fez isso conscientemente, DE NOVO. Algo precisa acontecer. https://t.co/anghbt8e3W

— Felipe Neto 🦉 (@felipeneto) August 7, 2022

@alexandre exigimos a cassação de candidatura pois o senhor disse que se repetissem o que foi feito em 2018 aconteceria isso. Damares acaba de espalhar fake news no youtube e no próprio twitter. Contamos com sua ação junto ao TSE!

https://t.co/s1Ov4alCQd

— Dann (@DanFalei) August 8, 2022

Alô @TSEjusbr estamos esperando a cassação da mentirosa DAMARES ALVES por disseminação de fake News

— Naná🚩 (@NadirRibeir) August 8, 2022

É mais que uma simples fake news, é pura mentira! Que governo iria ensinar jovens a usar crack? Essa mentira da Damares Alves é pior que a mamadeira de piroca. Eleitores acordem e denunciem!#mentirosa https://t.co/TbSL3DzHLB

— Ieda Ferreira (@IedaFerreirade1) August 8, 2022

O futuro presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, prometeu cassar o registro de candidatura de quem usasse fake news nas eleições. A serviçal de bolsonaro Damares Alves espalhou mentiras criminosas nas redes. Ou ela é punida ou o TSE não existe.

— Tiago Barbosa (@tiagobarbosa_) August 7, 2022

Damares , a louca fundamentalista, tem que ser denunciada ao TSE por fake news contra Lula e denunciada ao Twitter pelo mesmo motivo pra que perca o perfil.

Quem puder , faça isso. É utilidade pública !!#damaresalvescassada https://t.co/dsnxJ8fwOM

— Alberto Navas (@alberto_navas) August 8, 2022

Alô @TwitterBrasil essa postagem da ministra @DamaresAlves é fake news.Lamentável que se dê espaço para a propagação de MENTIRAS e disseminação de ódio nas redes sociais. pic.twitter.com/fvItkFqiq9

— LIGIANE 🇧🇷1️⃣3️⃣🚩 (@LigianePestana) August 7, 2022

Na fala ela afirma que vai “relembrar como eram as políticas públicas de prevenção ao uso de álcool e drogas nos governos das trevas”. “Ele [o livro lido por ela no vídeo] está mandando o menino, a menina, o adolescente conhecer o traficante, conhecer o fornecedor. Isso sabe o que é? Associação ao crime organizado”, contou ela.

Assista ao vídeo:

Para combater a prostituição infantil, o incesto e estupro de crianças a proposta de Damares:

Pênis inflável verde e amarelo vira atração em manifestação 7 de Setembro bolsonarista na Avenida PaulistaObjeto inflável gigante estava presente na manifestação na Avenida Paulista

São Paulo – Um pênis inflável nas cores verde e amarelo foi atração na Avenida Paulista, em São Paulo, durante a manifestação em favor de Jair Bolsonaro, dia 7 de setembro.

Um apoiador do presidente, que estava no local, gravou um vídeo e compartilhou nas redes sociais. O pênis inflável estava preso em um carrinho de supermercado durante o ato em SP

 

06
Ago22

Beijo do Jô

Talis Andrade

 

 

Image

Carlos Latuff
@LatuffCartoons
Jô Soares Um grande nome do humor na TV brasileira, cujo trabalho acompanho desde garoto. Beijo pra você!
Image
artevillar
@artevillar1
Companhia que foi das madrugadas
Image
Cris
@crisvector
Beijo do Gordo! Uma singela homenagem a Jô Soares.Desenho cartoon de Jô Soares fazendo o “Beijo do Gordo” (gesto beijando a palma da mão e enviando para alguém), dando uma piscadela e emitindo dois pequenos corações. Ele usa um paletó azul, camisa branca, gravata borboleta cor de rosa com bolinhas brancas e lenço de lapela na mesma cor e textura. Óculos de aros cor de laranja. O fundo é azul.
Carlos Ruas
@sabadoqualquer
Que os Deuses da comédia te recebam com honrarias, Jô Soares. #JoSoares
apoia.se/leandrodemori
@demoriImage
 
Image
 
Image
Image
Borda d'Arte
@arte_borda
JÔ SOARES 𝗔 𝗽𝗲𝗿𝘀𝗼𝗻𝗮𝗴𝗲𝗺 𝗵𝗶𝘀𝘁𝗼́𝗿𝗶𝗰𝗮 𝗾𝘂𝗲 𝗺𝗮𝗶𝘀 𝗱𝗲𝘀𝗽𝗿𝗲𝘇𝗮? Bolsonaro, apesar de não ser personagem porque não tem medula nem histórica porque há que ter critérios científicos, né. texto completo tinyurl.com/brindedeproust #JoSoaresImage
Image
 

Image

18
Jul22

Bolsonaro com embaixadores mostra fraqueza do plano de golpe; análise

Talis Andrade

Image

 

Jair Bolsonaro se reúne com embaixadores nesta segunda-feira (18/7) para repetir mentiras sobre as urnas eletrônicas

 
 
reunião de Bolsonaro com embaixadores estrangeiros, nesta segunda-feira (18/7), para repetir mentiras sobre as urnas eletrônicas e a suposta fragilidade do sistema eleitoral é mais uma etapa que o presidente cumpre na preparação do golpe de Estado que pretende dar, questionando o resultado de uma eventual derrota eleitoral, em outubro, caso se confirmem os cenários mostrados por praticamente todas as pesquisas de intenção de voto.
 
Mas a necessidade de Bolsonaro repetir as mentiras aos embaixadores mostra dois aspectos interessantes dessa jornada.
 

Primeiro, a reunião indica como o presidente sabe que não há clima externo para apoiar sua empreitada autoritária. Mundo afora, as urnas eletrônicas brasileiras sempre foram reconhecidas como um exemplo de instrumento para um processo eleitoral seguro, eficaz e de apuração rápida. Das grandes democracias, o Brasil há décadas é um case de apurações ágeis e transparentes.

A agenda de Bolsonaro é um contraponto ao que o Tribunal Superior Eleitoral fez recentemente, quando convocou os embaixadores para mostrar a segurança das urnas e aplicar uma espécie de vacina contra as mentiras do presidente. Não deve adiantar muito, até pelo segundo ponto que o encontro desta segunda-feira revela.

A reunião também mostra como a narrativa da falta de segurança das eleições segue débil, o que não poderia ser diferente, já que não há nenhuma prova de fraude desde 1996, quando, numa eleição municipal, o país votou de maneira eletrônica pela primeira vez.

Os embaixadores convidados hoje por Bolsonaro moram no Brasil, ou seja, estão há dois anos assistindo ao presidente todas as semanas desacreditar o sistema eleitoral. Já ouviram todos os falsos argumentos, as distorções, as manipulações e mentiras que ele e seus apoiadores espalham sobre o tema, todos desmentidos um a um. Não há nada que vão ouvir hoje que não tenham escutado antes. E não colou, como, novamente sem fatos, não colará.

Esse é só um dos vários buracos que existem no plano do presidente para dar um golpe. Que ele vai tentando, aos poucos, diariamente, dar.

Image
Estadão 
@Estadao
EDITORIAL: Sem espírito público, Arthur Lira não está à altura do comando da Câmara neste grave momento do País. Atropelando normas e ritos, aliou-se ao atraso bolsonarista para dele extrair poder bit.ly/3PihW6j
Image
Folha de S.Paulo
@folha
Mônica Bergamo: Grupo armamentista é denunciado ao Ministério Público por sorteio de armas
 
18
Jul22

Denúncia de transfobia e homofobia de Bolsonaro racista e sexista

Talis Andrade

Rosa Weber acata notícia-crime de Erika Hilton contra discurso transfóbico  de Jair Bolsonaro

Vereadora Erika Hilton, primeira mulher trans a ocupar uma cadeira na Câmara Municipal de São Paulo

 

Rosa Weber acata notícia-crime de Erika Hilton contra discurso transfóbico de Jair Bolsonaro

por Rod Gomes /Midia Ninja

A vereadora de São Paulo e pré-candidata à câmara dos deputados, Erika Hilton apresentou uma notícia crime junto ao Supremo Tribunal Federal um dia depois da presença do presidente Jair Bolsonaro na Convenção dos Ministros das Igrejas Evangélicas Assembléias de Deus, na cidade de Imperatriz, no Maranhão. No evento realizado na quarta-feira (13), Bolsonaro promoveu “pautas de costumes” , com falas regidas por conceitos transfóbicos e limitantes sobre modelos familiares e educacionais. De acordo com Mônica Bergamo, em coluna à Folha, o município é considerado um reduto bolsonarista no estado do Maranhão.

“Contemplamos uma fala proferida pelo presidente da República que associa membros da comunidade LGBTQIA+ ao erro, à perversão e à prática de comportamentos negativos e desagradáveis à sociedade” disse Erika Hilton em entrevista à Mônica Bergamo.

Da prostituição à Câmara de SP, conheça a história de Erika Hilton - GQ |  Noticias

 

Bolsonaro volta a mostrar quem realmente é, homofóbico e transfóbico! Em um evento com evangélicos voltou a destilar todo seu ódio.

Nós não vamos permitir que essa cruzada contra nossa comunidade siga impune. E mais! Bolsonaro será derrotado por aqueles que ele mais odeia!

— ERIKA HILTON ‍⚧️   (@ErikakHilton) July 14, 2022

 

A notícia-crime assinada pelos advogados Flavio Siqueira Junior e Lucas de Santana Módolo e divulgada pelo Estadão, destaca a declaração proferida por Bolsonaro “O que nós queremos é que o Joãozinho seja Joãozinho a vida toda. A Mariazinha seja Maria a vida toda, que constituam família, que seu caráter não seja deturpado em sala de aula como queria aquele decreto de 2009…” , como motivadora da solicitação de abertura do inquérito criminal junto ao STF, realizada por Erika. O discurso também foi registrado e divulgado nas redes sociais do presidente.

De acordo o documento “As falas do Presidente da República possuem um evidente caráter homofóbico e transfóbico, uma vez que apontam com desdém e desrespeito a existência de pessoas com orientação sexual e identidade de gênero distintas do padrão heteronormativo.” Sendo assim o conteúdo do discurso seria criminoso, já que possui a finalidade de agredir, física ou moralmente, as vidas e a dignidade de pessoas das comunidades LGBTQIAPN+, como estabeleceu a decisão de 2019 do STF, que equiparou ao crime de racismo as condutas discriminatórias pautadas em orientação sexual e identidade de gênero. O crime pode ser penalizado com reclusão de um a três anos, além de multa.

Rosa Weber envia à PGR pedido do PT para investigar Bolsonaro | Brasil |  Pleno.News

Ministra Rosa Weber, vice-presidente do Supremo Tribunal Federal. Foto: Nelson Jr./SCO/STF

 

Nesta sexta (15) a vice-presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Rosa Weber, acatou o pedido da vereadora e enviou a notícia-crime à Procuradoria-Geral da República (PGR), de acordo com o despacho publicado no portal do STF. O envio faz parte do trâmite processual regulamentar da corte, tendo em vista que cabe ao PGR dar início a investigação dos processos criminais envolvendo pessoas com foro privilegiado junto ao STF.

“Antes de qualquer providência, determino a abertura de vista dos autos à Procuradoria-Geral da República, a quem cabe a formação da opinio delicti em feitos de competência desta Suprema Corte, para manifestação no prazo regimental” determinou a ministra.

Gilmar Fraga: surrealismo jurídico | GZH

18
Mai22

ONU é alertada sobre ameaça 'sem precedentes' a cortes brasileiras e risco autoritário pós-eleições

Talis Andrade

democracia constituicao por vaccari.jpeg

 

por Mônica Bergamo

- - -

O relator especial para a Independência de Juízes e Advogados da ONU, Diego Garcia, recebeu na noite de terça-feira (17) um documento em que cerca de 80 professores e juristas brasileiros alertam para "uma campanha sem precedentes de desconfiança e ameaças" contra cortes superiores no país.

O texto afirma que a independência judicial no Brasil enfrenta desafios não vistos desde a redemocratização pós-ditadura militar (1964-1985). Diz, ainda, que as eleições deste ano e a continuidade democrática estão ameaçadas diante dos ataques promovidos pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) e seus aliados.

O ofício foi elaborado pelo Observatório para Monitoramento dos Riscos Eleitorais no Brasil (Demos), integrado por pesquisadores do direito e da ciência política como Emílio Peluso Neder Meyer, Clara Iglesias Keller, Estefânia Maria de Queiroz Barboza e Diego Werneck Arguelhes.

"Bolsonaro tem investido fortemente para deslegitimar as eleições. Ele tem afirmado repetidamente —sem nunca fornecer nenhuma evidência— que o sistema de votação eletrônica que o país adotou nos anos 1990 está aberto à manipulação deliberada", afirmam os pesquisadores.

"Aqueles que acreditam que a democracia no Brasil está suficientemente garantida e protegida e que as instituições estão perfeitamente funcionando estão enganados. Não é exatamente fácil ver quando a linha entre democracia e ditadura foi atravessada, e o Brasil pode estar cruzando essa linha nos próximos meses", seguem.

O documento pede à ONU que realize uma visita oficial ao Brasil para mapear os ataques à independência judicial e ouvir magistrados do TSE (Tribunal Superior Eleitoral) e do STF (Supremo Tribunal Federal), além de membros da sociedade civil. E solicita que sejam cobradas explicações do governo brasileiro.

Assinam o ofício nomes como Fernando Limongi, Gisele Cittadino, Christian Lynch, Conrado Hübner Mendes, Fábio Shecaira, Katya Kozicki, Lenio Luiz Strek, Marcos Nobre, Natalia Pires de Vasconcelos, Rachel Herdy, Rafael Mafei, Thomas Bustamante e Vera Karam de Chueiri.

A iniciativa ainda é apoiada por 28 entidades e grupos de pesquisa, como o Washington Brazil Office, o Centro de Análise da Liberdade e do Autoritarismo (Laut) e o Laboratório de Estudos de Segurança e Defesa da UFRJ.

Os signatários também relatam à ONU que o governo Jair Bolsonaro incentiva ataques públicos a instituições e violência contra adversários políticos, além de minar a resolução pacífica de conflitos eleitorais.

Eles lembram que as eleições brasileiras são fiscalizadas pela Justiça Eleitoral desde a década de 1930, e que, entre 2018 e 2021, o país caiu cinco pontos no índice geral da Freedom House, organização de defesa de direitos humanos que mede a liberdade política em territórios do mundo inteiro.

"Bolsonaro testa os limites das instituições, incentivando seus apoiadores a agir contra os tribunais e seus juízes, erodindo o apoio às instituições de uma forma que fortalece sua própria agenda iliberal e autoritária", alertam.

"Bolsonaro tem apoiado a desinformação e as falsas acusações de fraudes nas eleições de 2018, mesmo que ele próprio tenha sido o vencedor", destacam.

O documento relembra episódios como os atos golpistas do 7 de Setembro, que ocorreram no ano passado e contaram com ampla participação do presidente, e o indulto concedido por ele ao deputado federal Daniel Silveira (PTB-RJ) após condenação pelo Supremo.

O mais recente impasse entre o TSE e as Forças Armadas em torno do pleito de 2022 também é relatado à ONU.

ditadura nunca mais jorge omau.jpeg

11
Abr22

O Brasil em pânico institucional

Talis Andrade

 

 

benett ai 5.jpg

Lenio Luiz Streck
Fórum da Liberdade RS pergunta: você é livre para discordar? Minha Resposta: Sim, mas não para mentir e fazer fake News.. Não para pregar AI-5 e pedir fechamento do STF. Há rádios no RS que fazem isso todos os dias, em nome da liberdade de opinião. Estarão no fórum! Da liberdade!Charge: Passando a mão. Por Aroeira
Min.Rosa Weber dizendo para a AGU que ela - AGU - não deve se comportar como advocacia de governo! A AGU podia dormir sem essa. Como é fácil desfigurar instituições no Brasil. Quando será resgatada a função da AGU? Veja-se a procuradoria da UFPB defendendo o reitor. E assim vai.
Charge do Zé Dassilva: Bíblia | NSC Total
Leio que reuniões do Ministério da Educação eram consagradas pelos pastores Arilton e Gilmar! É! Banho de descarrego. Eles iam lá para isso! Senha para ingresso: “em o nome”. Contra-senha: “ do senhor Jesus”. Brasil progride com fé. Demais!!!
Charge do Zé Dassilva: Milagre!!! | NSC Total
Fabiano faz a pergunta fatal! Aliás, Deltan deve muitas respostas. Por ex, sobre os dólares debaixo da banheira! Quem falou disso foi a mãe dele nos diálogos Intercept. Mãe não mente! Mãe é sagrada!

dallagnol doudo por jaba no ceará .jpeg

Fabiano Silva
Mas você constituiu um fundo para isso Delta! Aliás, a fundação era para isso? Para ajudar na sua campanha!? Pq no contrato estava escrito que era para patrocinar interesses políticos no combate à corrupção. Era para te patrocinar? Conta para a gente

dd fundação .jpg

Polícia Federal pede prazo para o caso “Bolsonaro e divulgação da fake de que vacina tem relação com AiDS”. Realmente, muito “complexa” a investigação. Será que Bolsonaro falou isso? Céus. Que dúvida atroz! Prova pericial? Esse Brasil só reiventando! É a “Independência” da PF…!

benett  ai 5.jpg

 

Image

moro rasgou constituição para prender lula ele

 
 
 
04
Abr22

O que um Will Smith faria com Eduardo Bolsonaro?

Talis Andrade

www.brasil247.com - { imgCaption }}www.brasil247.com - { imgCaption }}ImageImage

por Fernando Brito

- - -

Ainda bem (será?) que o ator Will Smith não é brasileiro nem deputado federal.

Porque o deboche de Eduardo Bolsonaro às torturas que a jornalista Miriam Leitão sofreu na ditadura (“boazinha”, segundo o general Braga Netto), sendo colocada dentro de uma cela, nua, com uma cobra jibóia para aterrorizá-la, não é uma piada de mau gosto e ofensiva de um idota, como a que aconteceu no Oscar, é a adesão tardia a uma agressão indigna de qualquer ser humano.

Míriam é uma adversária política da esquerda, hoje e há muito tempo, mas isso não é ser de esquerda ou de direita, é ser um monstro de vileza

E pior, desperta, como se pode observar no Twitter, a boçalidade das hordas bolsonaristas, que elogiam e naturalizam a tortura, um crime hediondo pela covardia e pelo sadismo.

Fazer, publicamente, apologia de fato criminoso é crime, diz o Código Penal, e não há razão para que o Ministério Público permaneça inerte, porque a tipicidade, segundo pacífico entre os juristas, quando dá em relação a fato concreto, que tenha ocorrido e não a um possível crime futuro, como é o caso.

Não se está sugerindo que se dê uma bofetada em Eduardo Bolsonaro, mas que se dê a devida resposta legal, até pelo exemplo de que não se pode fazer isso com a dignidade de um ser humano.

Mas Augusto Aras, com certeza, não é “A lenda”. É é só um daqueles zumbis do filme de terror que estamos vivendo.

 

Image

ImageImage

24
Mar22

Mônica Bergamo: STJ já cogita aumentar valor da condenação de Dallagnol

Talis Andrade

dallagnol idenizar.jpeg

 

Image

Vídeo de Mônica Bergamo sobre a devida indenização do milionário Deltan Dallagnol ao presidente Lula da Silva originou centenas de comentários. Transcrevo do You Tube de forma aleatória: 

mauricio castanheira
Vou disponibilizar meu cpf também pra ver se esses mesmos "benfeitores generosos e desinteressados" fazem uma doação pra pagar meus credores também. O problema é que pra "merecer" esse gesto tão "bonito" eu vou ter que fingir ser cristão, usar de difamação com alguém e jogar a máquina do Estado contra essa pessoa. Acho melhor eu ficar com as minhas dívidas...
Deusvanir Damacena
Acredito tanto nessas "doações" espontâneas quanto creio no coelhinho da páscoa
RENAN FALCHI
Incrível como fazem de tudo pra gente rica não pagar as suas contas.
Osvado Sousa
Juízes e Procuradores precisam aprender que eles devem se manifestar apenas nos autos.
Gisele Santana Ladeira
Kkkkkkkkk incrivel! Eu vivi p ver aquele mequetrefe totalmente desmoralizado.
Valéria
Eu tb preciso de uma vaquinha, assim como milhões de brasileiros que estão na miséria.
O cara era do judiciário, virou corrupto do judiciário, virou político. Pedindo dinheiro pra pagar indenização, está tentando se livrar de quitar sua dívida com o judiciário. Ou seja, dentro da política, ele tentará fazer o quê? Urrem os tamboresmau
Roberto Travassos
Fala aí sobre às MULAS EVANGÉLICAS ! nos escritórios paralelos !!!
GAM FERA
Deltan debochando da justiça brasileira.
Fernando Elias
Vocês sabem qual a estimativa da quantidade de terras que a família Dallagnol (pai e tios do Deltan) abocanhou na Amazônia desde o regime militar? Nada menos que 400.000 hectares. A maioria nem imagina quanta terra é isso. Debaixo desse chão pode haver BILHÕES em riquezas. Deltanzinho já é um rei, só com a herança, fora o que lucrou e vai lucrar graças à Lava Jato
Marcelo Colagrande
O próprio Deltan, no tt, afirma que as "doações" já passam de 300 mil reais. Devia estar preso, mas vai lucrar muito, de novo.
Jhonrock
Tá certo! Uma das finalidades do dano moral é a função punitivo-educativa. Se o cara não tira um centavo do bolso pra pagar a condenação, ela perde completamente essa finalidade.
Roberto Prado
Eu fico imaginando nas mãos do MORO e do PRINCIPE, essa história aí do "descobriram o meu CPF e depositaram esse dinheiro..." acho que tem que investigar essa "doação"
ronabola
nem todas pessoas tem seu CPF ligado ao seu pix, logo o Dallagnol deu a pista que seu pix é seu CPF na fala dele!! experto demais o cara!! kkkkk
LONGE DE CASA HA MAIS DE UMA SEMANA
Essa história do Deltan Dallagnol receber esse dinheiro através de pix é algo bem suspeito...
Ronaldo Moraes
Deltan agora está desclasssificando a JUSTIÇA. Precisa ter PRISÃO acrescida dessa punição de 75 mil
Lúcia Lisboa
ISSO MESMO, GRANDE PALATINO DA MORAL, MANDA ELE DEVOLVER AS CASAS DO MINHA CASA MINHA VIDA.
Marli
Doação de 130 mil reais 😆como diz Simão é o país da piada pronta🤣🤣🤣
Marcos José de Souza
Proponho que o DD faça uma troca. Ao invés de pagar R$75.000,00 (que é pouco) que fique 580 dias presos, tal qual foram as consequência de sua atitudes. Na cadeia não terá despesas que afetem seu patrimônio. Quanto a esses doadores, estão pagando por assumirem parte da culpa do bandido. São culpados, que paguem.
Ludmila Cavalcanti
Se o milionário DD vender apenas 1 dos apartamentos que ele comprou com o Minha Casa Minha Vida já paga a indenização e sobra
Romilda Leitao
Na capacidade financeira e no quanto o dano foi prejudicial ao ofendido, visto, que Lula o dano foi enorme, sendo ele um ex presidente da República.
Joao Batista Novais
Cara, nada mais me surpreende nesse país há muito tempo. Já tem gente por aí dizendo que é melhor dar dinheiro pra pastor do que pra político. Como se uma coisa fosse totalmente diferente da outra. É o capim comendo a cabra.
leandro gaertner
Pelo estrago que DD fez ao Brasil toda multa é pouca pra ele
luciene nunes
A vingança se come fria, pelas beiradas do prato. Nada como um dia atrás do outro.
Douglas Santos
Era pra ter sido 5 milhões de indenização.. ele afrontou a justiça Brasileira com essa fala, façam alguma coisa com esse cara!!
Eduardo Germano
Quantas palestras , ele fez ? Ganhou muito
Aurelio Dallacqua
O cara inventa algo sobre uma pessoa, essa pessoa e presa por esse motivo, pois nem fazia parte das investigações. Aí e o STF/STJ, que não presta. Quem acusou, presta? Se faz isso com um político influente, imaginem o que esse cara e capaz de fazer com um cidadão comum
Rubem tavares
Esse Deltan é um boca aberta mesmo.
bruno campos
Tomara que aumentem. Ele deveria pagar mais, aquele Powerpoint foi uma ofensa aos princípios do ministério público, jogou a instituição na lama e supôs culpado uma pessoa sobre a qual ainda não pesava uma condenação
MARCOS ALGUSTO
Rapaz! o Brasileiro pra seu próprio bem ta com a responsabilidade nas maos de derrotar esse governor de forma que ele entenda a insatisfacao publica a seu respeito. Se nao quiserem votar em Lula, vota em outro, mais votar em Bolsonaro e mesmo que cuspir pra cima, vai cair no seu rosto.
Sebastiao Matoso
ESTE CARA NAO PODE SER DEPUTADO NEM NO INFERNO .
Edmur Francisco de Souza
Que ótimo, nada está tão ruim que não possa piorar,adorei,vou doar 50 centavos.
Luan Batista
O cara ganhou milhões com palestras, está financeiramente confortável e vem os tr0uxas fazendo vaquinha. 🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣🤣
ImageImage
21
Mar22

Repórter da Folha derrota deputado misógino

Talis Andrade

patricia.jpeg

 

Por Altamiro Borges 

Em votação nesta sexta-feira (18), a Justiça de São Paulo manteve a condenação em primeira instância que obriga o deputado estadual André Fernandes (Republicanos-CE) a indenizar em R$ 50 mil a jornalista Patrícia Campos Mello. A repórter da Folha entrou com uma ação judicial após ser alvo de ataques misóginos do parlamentar bolsonarista pelas redes sociais. 

A decisão foi tomada por consenso pelos desembargadores da 5ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo Erickson Gavazza Marques, Mônaco da Silva e James Siano. Ainda cabe recurso às cortes superiores, mas tudo indica que a sentença será mantida em função da debilidade dos argumentos apresentados pela defesa do deputado. 

Segundo a Folha, “a repórter acionou a Justiça após ser insultada pelo deputado no Twitter, que acusou Patrícia de trocar sexo por informações prejudiciais ao presidente Bolsonaro (PL)... O recurso de Fernandes voltou a dizer que a declaração feita por ele era protegida pela imunidade parlamentar, que lhe daria ‘supraliberdade de expressão’”. 



Tuite asqueroso e criminoso

Quem é André Fernandes? O deputado que reúne denúncias na | Política
O tuite do bolsonarista foi asqueroso: “Se você acha que está na pior, lembre-se da jornalista da folha de SP [sic] que oferece SEXO em troca de alguma matéria para prejudicar Jair Bolsonaro. Depois de hoje, vai chover falsos informantes pra cima desta senhora. Força, coragem e dedicação Patrícia, você vai precisar”. Ele ainda acrescentou: “Sou tão inocente, que até hoje pensava que FURO JORNALÍSTICO se tratava de outra coisa”. 

Diante dessa agressão, o André Fernandes foi condenado pela primeira vez em julho de 2011 em sentença dada pelo juiz Vitor Frederico Kümpel, da 27ª Vara Cível de São Paulo. O bolsonarista recorreu e agora sofre nova derrota. Para a advogada jornalista, Taís Gasparian, “o valor de R$ 50 mil nem de perto poderá recompor o sofrimento da jornalista, mas é simbólico o suficiente”. 



Aumento de 79% nos ataques contra mulheres jornalistas

A premiada Patrícia Campos Mello não é a única jornalista a sofrer agressões das milícias bolsonaristas. Segundo um mapeamento publicado no início de março pela Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), o ano passado registrou um aumento de 79% no número de ataques contra mulheres jornalistas ou com viés de gênero. 

Ao todo, foram 119 ocorrências desse tipo – o que corresponde, em média, a um episódio de violência a cada três dias. A pesquisa ainda revelou que 52% dos autores identificáveis pelos ataques eram autoridades públicas. Nesse segmento, os que mais agrediram mulheres jornalistas foram o presidente Jair Bolsonaro (PL) e o deputado federal Carlos Jordy, com oito ataques cada, o vereador Carlos Bolsonaro e o assessor especial da Presidência Tercio Arnaud Tomaz, contabilizando sete ataques cada, e o deputado federal Eduardo Bolsonaro, responsável por cinco outros ataques.Deputado Federal Carlos Jordy - Portal da Câmara dos Deputados

Ainda segundo reportagem de Mônica Bergamo na Folha, “os termos mais utilizados nos insultos às profissionais fazem referência a aspectos de gênero, como ‘vagabunda’, ‘puta’, ‘fofoqueira’, e a supostos vieses ideológicos das jornalistas, como ‘militante’, ‘esquerdista’ e ‘comunista’. ‘O apelo ao gênero e à sexualidade não é incidental: em sociedades com presença de valores conservadores, esse tipo de ataque é uma forma de minar a credibilidade do jornalismo profissional e de desviar a atenção do conteúdo da notícia’, afirma a Abraji”.

Mamãe Falei e a misoginia no Brasil

 
 
15
Fev22

"PT, PV e PCdoB não têm dúvidas sobre Federação. O PSB, tem"

Talis Andrade

LULA -PASSANDO-FERRO.jpg

Haddad sonha Marina na campanha de Lula

 

247 – “Nós (o PT) queremos federar. Não temos dúvidas daquilo que queremos fazer. PV e PCdoB, também não. O PSB tem”, disse o ex-ministro da Educação e ex-prefeito de São Paulo, Fernando Haddad, aos jornalistas Luís Costa Pinto e Eumano Silva no programa Sua Excelência, O Fato, transmitido ao vivo na manhã desta 3ª feira na TV 247. “E qual é a dúvida?”, seguiu ele, respondendo à própria pergunta: “aparentemente, eles preferem perder bancada para não perderem autonomia em 2024. Aparentemente é isso que está em jogo”.

Candidato ao governo paulista pelo PT, tentando fechar uma aliança com o Partido Soclialista Brasileiro já no 1º turno, fazendo do ex-vice-governador Márcio França candidato ao Senado ou mesmo a vice, novamente, em sua chapa, Haddad lamentou ao longo do programa as dificuldades de sagração definitiva de uma Federação com os quatro partidos – PT, PSB, PCdoB e PV. Respondendo a uma provocação dos entrevistadores, deixou claro que a Federação pode ser formada só com três legendas, sem os socialistas, e que a Federação terá candidatos a governador em estados caros à estratégia eleitoral do PSB como Pernambuco e Espírito Santo, por exemplo. 

Ao responder a uma pergunta de Eumano Silva, sobre o porquê de a ex-ministro do Meio Ambiente, Marina Silva, seguir tão distante do PT e do ex-presidente Lula, mesmo num momento em que o líder petista vem costurando um arco tão amplo de alianças da esquerda ao centro, Fernando Haddad lamentou o distanciamento e pediu ponderação a Marina. “Só ela pode ter dimensão de como aquilo que a machucou tanto em 2014 ainda dói nela. Não vou tratar dessa dimensão. Mas, Marina precisa ver como o Lula tem agido… ele ficou 580 dias em Curitiba, injustamente”, disse. E prosseguiu: “A forma como isso afetou a saúde da Dona Marisa, que morreu em decorrência daquela pressão… É olhar para a frente, Lula tem feito isso, reunindo-se com gente que falou cobras e lagartos dele no passado, num passado até mais recente. Temos de reconstruir o Brasil. Tenho muito carinho pela Marina, por nossa amizade, pelo trabalho que fizemos juntos quando fomos ministros”.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub