Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

05
Mar19

Espanha amplia licença-paternidade para 16 semanas

Talis Andrade

No Brasil a licença-paternidade é de cinco dias seguidos

aroeira ministério do trabalho .jpg

No Brasil a licença-patarnidade é de cinco dias seguidos, sendo que no serviço público federal é ampliado para 20 dias corridos. A mesma regra vale para homens que adotarem filhos.

Eles também têm o direito de se ausentar do trabalho para levar os filhos de até seis anos de idade ao médico uma vez por ano, sem desconto na folha de pagamento ou banco de horas.

Saiba mais sobre os direitos trabalhistas dos pais no Brasil dos direitos trabalhistas cassados pelo golpe de Temer

Com Bolsonaro o trabalhador civil deve perder sua aposentadoria. Descanso neste governo militar apenas para os fardados e togados.

gilmar trabalho e morte com bolsonaro.jpg

 

 

Decreto-lei hespanhol determina que prazos sejam prorrogados progressivamente.

A equiparação com o tempo da licença-maternidade será alcançada em 2021

 

pai bebe.jpg

Um pai com seu bebê, em Saragoça. CLAUDIO ÁLVAREZ

O grande aceno do primeiro-ministro Pedro Sánchez à igualdade de gênero chegou na última reunião do Conselho de ministros antes da dissolução do Parlamento e a uma semana do Dia Internacional da Mulher, em 8 de março, quando o movimento feminista espanhol voltou a convocar uma greve. O Governo liderado pelo socialista aprovou por decreto-lei a equiparação das licenças de paternidade e maternidade, uma medida que coloca a Espanha na liderança da Europa. A partir de 2021, pais de recém-nascidos disporão de 16 semanas pagas integralmente. O decreto obriga também as empresas a incluírem um registro de salários para evitar a discriminação por sexo.

Até a iconografia acompanhou o anúncio desta sexta-feira. Carmen Calvo, vice-presidenta do gabinete com mais ministras em toda a Europa, compareceu perante a imprensa para informar sobre as medidas do novo decreto-lei contra a desigualdade entre homens e mulheres no âmbito trabalhista. Atrás dela havia um cartaz roxo alusivo ao 8 de Março, com os dizeres “Tempo de Mulheres”. “A maternidade não pode ser uma arma contra o desenvolvimento profissional e cívico das mulheres, e sim uma opção livre da mulher”, disse Calvo, também ministra da Igualdade. A medida busca reforçar a presença dos homens nos cuidados familiares, e a das mulheres no mercado de trabalho, onde continuam sendo penalizadas quando se tornam mães. E é a principal medida de um decreto que também prevê um registro dos salários discriminados por sexo para controlar a disparidade salarial e a ampliação do número de empresas obrigadas a contar com planos de igualdade.

licença-paternidade será ampliada de forma progressiva. A partir da sua publicação no Boletim Oficial do Estado (BOE), e até o final deste ano, passará das atuais cinco semanas para oito. Em 2020 ficará em 12 semanas, e a partir de 2021 serão concedidas licenças iguais para pais e mães, de 16 semanas, ampliáveis em duas semanas a mais por filho em caso de partos múltiplos. O impacto orçamentário para 2019 deve ser de 250 a 300 milhões de euros (1 a 1,3 bilhão de reais); a equiparação total, em 1,1 bilhão de euros (4,7 bilhões de reais), segundo o Governo, além de outros 12 milhões de euros para os funcionários públicos. Transcrevi trechos do El País. Leia mais 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub