Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

17
Abr21

Quantos brasileiros vão morrer hoje por falta de vacina

Talis Andrade

cpi covid caveira.jpg

 

Ontem, Brasil teve 3.305 mortes por covid-19 

O Brasil registrou oficialmente 3.305 mortes ligadas à covid-19 nas últimas 24 horas, segundo dados divulgados pelo Conselho Nacional de Secretários da Saúde (Conass) nesta sexta-feira (16/04).

Também foram confirmados 85.774 novos casos da doença. Com isso, o total de infecções no país chega a 13.832.455, e os óbitos somam agora 368.749.

Diversas autoridades e instituições de saúde alertam, contudo, que os números reais devem ser ainda maiores, em razão da falta de testagem em larga escala e da subnotificação.

Capa do jornal Estado de Minas 17/04/2021

Capa do jornal O Tempo 17/04/2021

Capa do jornal Correio 17/04/2021

 

17
Dez20

É preciso o 'coro dos lúcidos' contra 'desgovernos e politização abomináveis', diz presidente da CNBB

Talis Andrade

Walmor Oliveira de Azevedo

247 - O arcebispo metropolitano de Belo Horizonte e presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), dom Walmor Oliveira de Azevedo, disse que o momento atual decorrente da pandemia da Covid-19 precisa do “coro dos lúcidos" para enfrentar “desgovernos e politização abomináveis".

Para o religioso, “a gravidade [da pandemia] foi subestimada, e medidas adotadas pelas instâncias governamentais ignoraram as preciosas contribuições do campo científico”. “Esse descompasso repercutiu na população, contribuindo para que muitos não cumprissem as medidas de prevenção”, disse em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo

Ainda segundo dom Walmor, “sem generalizado senso de corresponsabilidade, o país sofreu com explosões de casos e aumento da pobreza, pois o descontrole da pandemia agrava suas consequências na economia. Considera-se a necessidade de um consistente programa de vacinação, exigindo superação de desgovernos e politização abomináveis. O momento exige o coro dos lúcidos”.

Ele também disse que o governo dialogou pouco com a Igreja. “Poderia ter ocorrido mais diálogo, pois a Igreja tem muito a contribuir. Uma contribuição que é alicerçada no Evangelho de Jesus Cristo, sem partidarismos, sem defesa de interesses mesquinhos. A Igreja, insistentemente, defende que é preciso cuidar dos mais pobres. Trata-se do ponto de partida para todo governo que deseja ser bem sucedido na missão de ajudar na construção de uma sociedade mais justa”, afirmou.

O presidente da CNBB também observou que o resultado das eleições deste ano “sinaliza para um enfraquecimento das polarizações que muito atrapalham a democracia, pois criam um clima fratricida, com apegos a ideologias. Só o tempo dirá se, de fato, vamos iniciar novo ciclo na democracia brasileira, mas penso que o recado das urnas é que o povo não tolera extremismos, seja de que lado for”.

Boulos: mundo prepara a campanha da vacina, Bolsonaro segue na campanha pelo vírus

247 - O coordenador do MTST, Guilherme Boulos, usou suas redes sociais nesta quinta-feira (17) para condenar a postura de Jair Bolsonaro, que nega a ciência e aposta no negacionismo no combate à Covid-19,  chegando a ponto de dizer que não irá tomar a vacina e que o imunizante não é seguro

Guilherme Boulos
@GuilhermeBoulos
O mundo inteiro prepara a campanha da vacina. Bolsonaro segue na campanha pelo vírus.
 
Manuela: O Brasil sem data para iniciar vacinação
 
Manuela
@ManuelaDavila
Mais de 180 mil mortos pela covid-19 no país, Brasil ainda sem data para iniciar vacinação, UTI's lotadas, profissionais da saúde exaustos, falta de insumos nos hospitais, presidente organizando campanha contra vacinação. E o ministro da saúde pergunta "pra quê essa angústia"?
Manuela
@ManuelaDavila
Quando até o Zé Gotinha usa máscara e o presidente e seu ministro da saúde não...
Image
Manuela
@ManuelaDavila
O custo da vacina equivale a 3 meses de internações por covid-19 nos hospitais. Além de salvar vidas, a vacinação é melhor para a economia. Não há justificativas para ser contra a imunização do povo brasileiro. Vacina para todos já!

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub