Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CORRESPONDENTE

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

O CORRESPONDENTE

19
Abr23

Fox News pagará US$ 787 milhões a empresa de urnas por veicular fake news

Talis Andrade

trump boneco.jpeg

 

PREÇO DA MENTIRA

Fake news no Brasil elege os Bolsonaro & aliados

 

A mentira no Brasil tem preço. O caluniador, o mentiroso, e o espalha fake news no ventilador sempre levaram vantagem, que as multas que pagam compensam o crime. Vide o histórico do gabinete do ódio montado no Palácio do Planalto, dirigido pelo vereador geral do Brasil Carlos Bolsonaro, o filho 02 do presidente Jair Bolsonaro, o mitomaníaco. Quantos senadores, deputados federais, deputados estaduais e governadores foram eleitos, em 2022, com as falsidades, as difamações, os discursos de violência, os discursos de extrema direita, nazistas, fascistas, integralistas, que motivaram a tentativa de golpe de 8 de janeiro último? Quantos bilhões gastam os partidos políticos brasileiros? 

A emissora Fox News e a empresa Dominion Voting Systems, que produz urnas eletrônicas, chegaram a um acordo no âmbito do processo de difamação movido pela última por conta de notícias falsas veiculadas pela emissora de Rupert Murdoch nos Estados Unidos.

Segundo informações da Variety, o julgamento chegou a ser iniciado, mas o juiz Eric M. Davis anunciou que as partes haviam chegado a um acordo. A Fox News deve pagar US$ 787,5 milhões (cerca de R$ 3,9 bilhões) para a Dominion, em um processo em que a empresa, inicialmente, pleiteava a cifra de US$ 1,6 bilhão (cerca de R$ 8,3 bilhões).

"A Fox admitiu que disse mentiras sobre a Dominion", disse John Poulos, CEO da empresa que fabrica as urnas eletrônicas, conforme publicado pela Variety. O processo teve início em 2020, quando a emissora de direita veiculou afirmações falsas sobre as urnas, levando à narrativa de que as eleições norte-americanas daquele ano teriam sido fraudadas. 

A emissora conseguiu, com o acordo, evitar que o magnata da comunicação e dono da empresa, Rupert Murdoch, prestasse depoimento. Outro ponto sensível seria um depoimento do apresentador Tucker Carlson, ícone da extrema direita norte-americana. 

Documentos anexados ao processo mostram que Murdoch e Carlson escolheram publicar notícias e comentários com ataques às urnas e ao processo eleitoral de forma consciente, para agradar a audiência que simpatiza com o ex-presidente Donald Trump.

A Dominion alegou nos autos que as  informações mentirosas publicadas pela Fox News prejudicaram seu negócio, "antes uma das empresas de tecnologia de mais rápido crescimento na América do Norte".

Apesar do acordo, outro processo semelhante corre na Justiça norte-americana. A Smartmatic, empresa de tecnologia e serviços de voto eletrônico, também alega ter sido alvo das notícias falsas da Fox News. A narrativa é a mesma: a empresa teria participado da suposta "fraude" nas urnas e se recusado a prestar esclarecimentos sobre seu trabalho no pleito.

A ação é ainda mais onerosa para a Fox News, e os números giram em torno de US$ 2,7 bilhões de indenização (cerca de R$ 13,4 bilhões). O processo ainda está correndo e sem previsão de julgamento.  

simanca trump agente laranja bolsonaro.jpg

 

 

19
Abr23

Fox News enfrenta julgamento de US$ 1,6 bilhão por notícias falsas sobre urnas

Talis Andrade

I love you trump pelicano.jpg

 

Começou, nos Estados Unidos, o julgamento do processo de difamação movido pela empresa Dominion Voting Systems contra a emissora de direita Fox News. A ação vai julgar se o canal transmitiu notícias falsas sobre a empresa que fabrica urnas eletrônicas que foram utilizadas durante as eleições de 2020.

A narrativa de "fraude" nas urnas, que supostamente teriam beneficiado Joe Biden — que foi eleito presidente ao derrotar  o então mandatário, Donald Trump , pode custar mais de US$ 1,6 bilhão (cerca de R$ 8,3 bilhões).

O julgamento estava marcado para segunda (17/4), mas foi adiado para terça, segundo informações do jornal O Globo. O adiamento teria relação com a possibilidade de uma acordo entre as partes, o que poderia preservar o magnata das comunicações, Rupert Murdoch, dono da Fox News, de prestar depoimento. 

Outro ponto sensível seria um depoimento do apresentador Tucker Carlson, ícone da extrema direita norte-americana. Segundo o jornal, documentos judiciais acoplados ao processo mostram que Murdoch e Carlson escolheram publicar notícias e comentários com ataques às urnas e ao processo eleitoral de forma consciente, para agradar a audiência que simpatiza com Trump.

A emissora se resguarda afirmando que está amparada pela liberdade de expressão. O juiz responsável pelo caso, Eric Davis, de Delaware, no entanto, já afirmou que há limites na Primeira Emenda (lei norte-americana que protege a liberdade de expressão) e que a Fox News não pode se utilizar deste argumento porque as informações publicadas eram falsas.

A Dominion, que ajuizou a ação, afirmou em comunicado que o valor de indenização excede US$ 1,6 bilhão e que as informações mentirosas publicadas pela Fox News teriam prejudicado o negócio, que antes era "uma das empresas de tecnologia de mais rápido crescimento na América do Norte".

Ainda segundo o jornal, apesar do pedido de indenização, os valores e a dimensão dos danos que teriam sido causados pela emissora ficarão a cargo do júri. 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub