Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

17
Mar21

Submundo – A conspiração da Lava Jato contra Lula (curta-documentário)

Talis Andrade

lula livre moro bolsonaro.jpg

 

bessinha- lula bolsonaro.jpeg

 

Grupo Prerrogativas - Assista ao curta-documentário que revela toda a farsa montada por Sergio Moro, Deltan Dallagnol e os procuradores para tirar o ex-presidente Lula da eleição de 2018.

escolta de bolsonaro carcereiro de lula enterro ne

lula bolsonaro.jpg

 

 

31
Mai18

Danny Glover: "Free Lula!". EUA tiveram papel no golpe contra Dilma

Talis Andrade

glover alex silveira.jpeg

 

 

Danny Glover participou do “Boa noite, Lula” desta quarta-feira (30), na vigília contra a prisão do ex-presidente Lula (PT), que acontece no entorno da Superintendência da Polícia Federal (PF), no bairro Santa Cândida.

 

Aos gritos de “Lula Livre” e “free Lula”, os militantes explicaram o que está acontecendo com ex-presidente e pediram justiça. Em seguida, Glover discursou e também pediu “Justiça para Lula”. “Precisamos de justiça para Lula porque precisamos de justiça para o povo brasileiro e para o povo do mundo inteiro”, afirmou o ator.

 

danny glover maicon j. gomes.jpeg

 

glover maicon j. gomes.jpeg

 

 

Escreve Vinícius Segalla, da Agência PT de Notícias, em Curitiba: Não é a primeira vez que vem ao Brasil para mostrar seu apreço, seu apoio, sua parceria e solidariedade a Lula. Estrela de Hollywood que usa a fama para tentar tornar menos pobres as pessoas pobres do planeta, é conhecida a relação de Glover não só com Lula ou o PT, mas com movimentos sociais, líderes populares e partidos de esquerda em todo o mundo.

 

O que pouca gente sabe é o quão antiga e profunda é a relação do ator com a causa que defende. Assim como Lula, Danny Glover nasceu para lutar por justiça social, não sabe fazer outra coisa, irá até o final da vida seguindo o mesmo caminho.

 

Nasceu em 1946, filho de funcionários dos Correios, em São Francisco, Califórnia. Ali foi criado, ali estudou. Na Universidade Estadual de São Francisco, participou da maior greve estudantil da instituição.

 

Ela começou em novembro de 1968. Dois grupos estudantis a organizaram: a União dos Estudantes Negros, de Glover fazia parte, e a Frente de Libertação do Terceiro Mundo. Suas demandas: que aquela universidade pública onde estudavam expandisse as ações do “Black Studies Department” (Departamento de Estudos sobre o Negro, em tradução literal) e criasse uma Escola de Estudos Étnicos. Foram cinco meses até a reitoria decidir atender às demandas, e a greve chegar ao fim. A “School of Ethnic Studies” da Universidade Estadual de São Francisco foi a primeira do gênero em seu país.

 

Ao longo da década seguinte, embora não fosse membro dos Panteras Negras, grupo anti-racista norte-americano, trabalhou em um de seus programas, de distribuição de café da manhã para famílias com crianças em situação de extrema pobreza. Também ajudou os panteras negras a organizarem seu jornal impresso.

 

Viveu em uma casa coletiva por um ano, engajou-se nos movimentos contrários à Guerra do Vietnã, outros de luta contra a política colonialista e racista aplicada à África e também de um grupo que lutava pela equanimidade no acesso à educação.

 

Junto com tudo isso, virou ator de Hollywood, ficou mundialmente famoso.

 

Mas nunca abandonou as lutas da sua vida, que na verdade é uma luta só. Assim como aquele a quem Glover vem visitar nesta quarta, o ator norte-americano coleciona títulos e comendas de universidades, entidades de defesa dos direitos humanos, governos de países africanos. Em 2006, enquanto participava de uma passeata contra a guerra no Iraque, ele tentou explicar o que move essa luta, a luta da sua vida:

 

“Eu tento achar esperança em lutas e resistências, não importa onde estejam ocorrendo. O crescimento do movimento contra a guerra do Iraque é um motivo para esperança, assim como a luta por tratados comerciais justos com a América Latina. Momentos de luta por justiça são momentos a ser celebrados. A celebração da energia daqueles que unem para resistir.”

 

 

DANNY GLOVER: EUA TIVERAM PAPEL NO GOLPE CONTRA DILMA

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub