Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CORRESPONDENTE

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

O CORRESPONDENTE

10
Out23

Justiça concede medida protetiva para mulher que denunciou o delegado Robson Cândido ex-chefe da polícia de Brasília

Talis Andrade
 
Robson Cândido pediu exoneração do cargo, alegando problemas pessoais -  (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)
Robson Cândido pediu exoneração do cargo, alegando problemas pessoais - (crédito: Ed Alves/CB/D.A Press)
 

 

por Pablo Giovanni

Correio Braziliense

O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) aceitou o pedido do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT) e deferiu medidas protetivas de urgência em favor da mulher que mantinha um relacionamento com o ex-delegado-geral da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), Robson Cândido.

O processo corre em sigilo, mas a reportagem do Correio apurou que o ex-chefe não poderá se aproximar da mulher e nem comparecer no local de trabalho dela, além de não poder manter contato com ela pelas redes sociais. A vítima registrou boletim de ocorrência contra Cândido na Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam) na última semana, em conjunto com a esposa do delegado — apesar disso, a esposa de Robson retirou a denúncia dias depois, mas não explicou o motivo.

Alegando motivos pessoais, Cândido pediu para deixar o cargo na segunda-feira (2/10), após ficar quatro anos e nove meses na função. A defesa do delegado, em nota enviada à imprensa, informou que o ex-delegado-chefe requereu aposentadoria. “O ex-delegado-geral da Polícia Civil do DF vem a público, em respeito à sociedade, à imprensa e, sobretudo, à instituição que integrou e defendeu por 32 anos, depois de chegar ao topo da carreira, convicto de que cumpriu sua missão, dizer que tomou a decisão de pedir aposentadoria”, escreveu o advogado Cleber Lopes.

Quando se desligou da função, Cândido chegou a ser lotado no Conselho Superior da Polícia Civil. Mas, por ter pedido aposentadoria, o ex-chefe não terá mais o assento. O cargo é um direito automático em razão do cargo ocupado, mas não possui caráter e função comissionada.

O ex-delegado-geral é alvo de dois inquéritos policiais, além de um procedimento administrativo disciplinar. O Núcleo de Investigação e Controle Externo da Atividade Policial (Ncap), do MPDFT, pediu à Corregedoria da PCDF o encaminhamento de informações sobre eventuais procedimentos que estão sendo realizados no caso — o Ncap apura, também, as circunstâncias relacionadas à exoneração de Cândido.

O caso

Tudo teria começado quando o ex-delegado-geral ainda estava no comando da corporação. A jovem que diz ter tido um relacionamento com o delegado e, por indicação dele, conseguiu um cargo comissionado no Metrô-DF, com salário bruto de R$ 13,2 mil. O Correio teve acesso a vídeos em que a vítima supostamente se sentiu ameaçada.

No entanto, o relacionamento chegou ao fim. O delegado não aceitou e a mulher, então, passou a evitá-lo, o bloqueou nas redes sociais e no telefone celular. Ele, então, teria começado a segui-la usando uma viatura descaracterizada da PCDF.

A confusão maior ocorreu no final de semana retrasado, quando a esposa de Robson Cândido soube da suposta perseguição e decidiu se unir à ex-namorada do marido para denunciá-lo às autoridades.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub