Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CORRESPONDENTE

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

O CORRESPONDENTE

10
Jul23

'Me senti carimbada', diz estrangeira que foi obrigada por Brennand a tatuar símbolo da família dele em parte íntima do corpo

Talis Andrade
Uma das três mulheres que acusam Thiago Brennand Fernandes Vieira de tatuar as iniciais do nome dele — Foto: Reprodução/Divulgação/Arquivo pessoal

Uma das três mulheres que acusam Thiago Brennand Fernandes Vieira de tatuar as iniciais do nome dele 

 

Por Fantástico

Uma mulher estrangeira de 35 anos relembrou as agressões verbais, físicas e sexuais que sofreu do empresário e herdeiro Thiago Brennand em uma relação que tiveram cinco anos atrás. E relatou que, assim como outras mulheres, ela foi forçada por ele a marcar o próprio corpo.

Ela conheceu Brennand em uma academia de ginástica em Moscou, na Rússia. Lá, ele se hospedava em hotéis de luxo. A relação entre os dois começou de forma muito carinhosa – em um padrão que se repete em várias relações que o herdeiro teve.

 

No início, ele era perfeito. Me sentia a melhor mulher do mundo. Ele era galanteador, carismático. Mas isso foi caminhando para um hipercontrole sem que eu me desse conta”, relembra

 

 

As agressões verbais de Brennand logo se tornaram violência física e sexual.

Logo eu não podia mais expressar minha opinião, porque a conversa se transformava em uma discussão e evoluía para uma agressão. Ele dizia: ‘você emagreceu’, você engordou, não pendurou a minha camisa no lugar certo. Você é uma dona de casa péssima’. Devagarzinho, ele minava a minha autoestima. Me sentia um brinquedo na mão dele”, conta.

 

As agressões físicas e sexuais logo ultrapassaram a marca moral. Ele repetiu o que havia feito com outras mulheres: a forçou a fazer uma tatuagem.

 

Foi num lugar bastante íntimo. O desenho era um símbolo da família dele. Eu não queria fazer. Me senti carimbada”, ressalta.

 

A mulher conta que Brennand tatuou muitas mulheres. E que fazia piada do fato de tê-la obrigado a fazer o desenho no corpo dela.

 

Ele gostava de se gabar disso. Quando vinha gente em casa, ele pedia para que eu mostrasse a tatuagem, dizendo que eu era ‘mais uma mulher marcada’. Ele tinha até uma pasta no computador dele com as tatuagens, uma para cada menina. Não me lembro quantas exatamente, mas acho que eram mais de dez”, pontua.

 

LEIA TAMBÉM:

10
Jul23

Em novas denúncias contra Thiago Brennand, estrangeiras dizem que foram forçadas a se tatuar: 'Assinatura ali para marcar território'

Talis Andrade
 
Empresário é acusado de estupro, sequestro e cárcere privado
Thiago Brennand é acusado de assassinato, estupro, sequestro e cárcere privado 

 

Por Fantástico

Em novas denúncias contra o empresário Thiago Brennand, preso desde abril, duas estrangeiras relatam ao Fantástico que também sofreram violência sexual, abuso psicológico e foram forçadas por Brennand a se tatuar. Veja as entrevistas completas no vídeo acima.

Réu em nove processos por estupro, lesão corporal e outros crimes, Thiago Brennand está preso há dois meses. As denúncias contra o empresário não param de surgir desde que o Fantástico revelou, com exclusividade, as agressões contra uma atriz numa academia em São Paulo, no ano passado.

Tudo era motivo para despertar a ira de Thiago Brennand, segundo as duas europeias que se relacionaram com ele. Elas já relataram seus casos às autoridades brasileiras e, agora, aceitaram conversar pela primeira vez.

 

 

Se eu falasse 'não', ele respondia dizendo que iria destruir minha vida, fazer dela um inferno”, conta uma delas. "Eu me sentia um brinquedo na mão dele", completa.

 

Depois que ele me estuprou, eu ficava o tempo todo tentando evitar que ele ficasse bravo comigo”, disse a outra.

 

As duas mulheres, agora de volta a seus países de origem, viveram com Brennand num flat em São Paulo, mas mal conheceram a cidade. Eram vigiadas, proibidas de sair sozinhas. Elas também contam que foram impedidas de manter contato com amigos e familiares.

 

Ele dizia que o Brasil é um país muito perigoso, principalmente para as estrangeiras bonitas”, afirmou uma das vítimas.

 

09
Mai23

Jornalista relata o envolvimento de Thiago Brennand no Caso Serrambi

Talis Andrade
 
CASO 89: CASO SERRAMBI - Quem matou Maria Eduarda e Tarsila? - Casos Reais
 

 

Assassinato de duas adolescentes completa 20 anos e permanece sem solução. Brennand envolvido

 

Camila Bezerra /Jornal GGN

Entre os destaques do dia e entrevistas, Luis Nassif recebeu o também jornalista Ricardo Antunes para falar sobre o Caso Serrambi, que completa 20 anos sem solução.

Em 2003, duas adolescentes de 16 anos, Maria Eduarda Dourado e Tarsila Gusmão, foram assassinadas depois de participarem de uma festa em uma casa na Praia de Serrambi, em Ipojuca, no litoral sul de Pernambuco.

O empresário Thiago Vieira Brennand, preso por denúncias de agressão, assédio sexual, estupros, lesão corporal, cárcere privado, ameaça a crianças e violência contra o próprio filho, é suspeito de, no mínimo, participar da festa e saber detalhes sobre o crime.

“Se a gente for parar para refazer os crimes e as confusões que Thiago Brennand se meteu aqui no Recife, você diz que é impossível que ele não esteja, pelo menos, sabendo de alguma coisa dessa história”, cravou Antunes.

Assista a entrevista com Ricardo Antunes na íntegra:

O jornalista Luis Nassif comenta com exclusividade o Caso Serrambi e os 20 anos de impunidade ao lado de Ricardo Antunes, jornalista e autor do blog responsável por uma investigação minuciosa sobre os fatos chocantes. Ricardo trará algumas novidades sobre o tema e falará da possibilidade de reabertura do caso, após a prisão de Thiago Brennand. Teria Brennand ligações com o crime esquecido pela grande mídia? Também no programa de hoje, o jornalista e escritor Cesar Calejon fala sobre o seu novo livro “Esfarrapados”, uma análise das desigualdades sociais no Brasil sob o conceito do “elitismo histórico-cultural”.

Quem é Thiago Brennand?

Filho do cofundador de uma rede médica no Recife, Thiago tem 42 anos e recebeu uma fortuna de R$ 300 milhões de herança antecipada do pai, que chegou até a registrar em cartório que “se algo acontecesse com ele, a culpa seria do Thiago”.

O herdeiro ganhou notoriedade depois de agredir uma modelo em uma academia em São Paulo, onde vive há anos. Após a repercussão do caso, outras vítimas tomaram coragem para denunciar Brennand, que soma pelo menos oito processos criminais, cinco deles com pedido de prisão preventiva.

Para evitar a prisão, o agressor fugiu para os Emirados Árabes, de onde foi extraditado na última semana. A notoriedade do caso reacendeu a suspeita de participação de Brennand no assassinato das adolescentes.

Misoginia

Agressões, chantagens, ameaças públicas, violência física e outra série de crimes cometidos por Thiago Brennand deixam claro o desprezo que sente pelas mulheres.

Antunes conta que as vítimas de Serrambi apresentavam marcas de tiros no hímen, além de uma delas ter sido efetivamente estuprada, característica e agressividade que não batem como perfil dos kombeiros Marcelo José de Lira e Valfrido Lira da Silva, que responderam pelo crime, mas foram inocentados pelo júri popular.

Já o álibi criado por Brennand é dizer que estava em um intercâmbio na época do crime. “Mas não há nenhuma prova, foto, documento de que ele estava fora, ainda que a família tivesse uma casa em Londres”, continua o jornalista. 

Antunes afirma ainda que 90% de Pernambuco acredita no envolvimento de Brennand no Caso Serrambi e 80% creem que os kombeiros foram vítimas de uma armação.

Caso que envolve o nome do empresário Thiago Antonio Brennand Fernandes Vieira, de 42 anos, que agrediu uma mulher dentro de uma academia, em São Paulo (SP), ganha novos capítulos. As denúncias contra ele continuam. Jornalista especialista do caso, Ricardo Antunes desnuda o lado obscuro de Brennand, com áudios e revelações bombásticas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub