Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

07
Mai21

Generais de posto

Talis Andrade

por Fernando Brito

- - -

São conhecidos os “bonecos de posto”, figuras caricatas, ocas, infladas por um ventilador, postas para atrair a atenção dos passantes.

Bolsonaro, não é de hoje, faz isso com os militares: exibe-os para simbolizar seu mando, para amedrontar, para exibir o poder que de fato não tem.

Na verdade, inverteram-se os papéis: os militares acreditaram que utilizariam o ex-capitão como um boneco e acabaram seus fantoches.

Pazuello é só o mais caricato deles (hoje, porque o general Augusto Heleno, agora sumido, fez antes este papel).

Nada tem sido pior para a imagem das Forças Armadas que este governo, e não é possível que, mesmo mais limitados intelectualmente do que nunca, seus comandantes da ativa não percebam que a instituição está sendo usada como gazua por uma camada de generais reformados, para agregarem a postos no governo, para exercer pequenos comandos e, de quebra, obterem gordas vantagens remuneratórias, engordadas agora pela decisão que os transformam em “sem teto” remuneratório, elevando seus vencimentos a quase R$ 60 mil.

Mas Bolsonaro não quebra apenas as remuneração dos que escolhe para”seus” generais. Quebra a hierarquia, porque torna agora um general de divisão – limite para intendentes – como símbolo da estupidez presidencial.

 

20
Mai19

Bolsonaro encheu-se do vazio

Talis Andrade

bonecodeposto.jpg

 

por Fernando Brito

----

Poucas vezes na história um presidente foi eleito com tantas possibilidades políticas como as que se abriram para Jair Bolsonaro.

A maioria eleitoral foi expressiva, os grandes partidos – em geral – aniquilados, o seu próprio partido, neófito, podendo ser moldado à sua imagem e semelhança e o país, arruinado pelos anos de crise, ansioso por medidas econômicas que, ainda que duras, pudessem restabelecer um mínimo de dinamismo para a vida brasileira.

O presidente tomou posse e, em menos de cinco meses, malbaratou este potencial político. Está reduzido a nada e vai, esta semana, submeter-se à vergonha de implorar para manter seu “enxugamento” do  Ministério, para que não se recriem cargos que, paradoxalmente, ninguém com importância política quer.

Reage com a ameaça de sublevação de suas falanges, na qual ninguém – nem os seus – acredita e todos fogem, apelando por pedidos de moderação impossíveis, dada a naturezsa de odio e fascismo em que estão mergulhados seus remanescentes bolsões.

Até seu “Posto Ipiranga” e seu “Lava Jato” se apavoram com o estado de “boneco de posto” a que chegou o presidente, como capta hoje, na Folha, num resumo impiedoso, o cartunista João Montanaro.

Jair Bolsonaro decaiu de esperança de mudança para a insignificância e, agora, vai atravessando a solitária estrada que leva à rejeiçao e à repulsa populares.

Com seu espalhafato oco, não conseguiu atrair ninguém, muito embora Congresso, Justiça, militares e sociedade estivessem num estado de excitação autoritária em que talvez jamais tenham estado nas últimas décadas.

Agita-se, empurrado pelo vento das redes sociais, mas só consegue afigurar-se patético, desesperado, inacreditável.

Deixaram-no só.

06
Mar19

MAIOR JORNAL INGLÊS APONTA COMO BOLSONARO RIDICULARIZOU O BRASIL

Talis Andrade

bolso ridicularizou .jpg

pornô estrangeiro.jpg

 

 

A quebra de decoro do presidente Jair Bolsonaro ao compartilhar vídeo de conteúdo obsceno no Twitter recebeu amplo destaque do jornal The Guardian, o mais importante da Inglaterra.

O conhecimento do endereço do vídeo na internet levanta a suspeita de que o Presidente talvez seja um viciado em filmes pornôs. Daí sua intimidade com o ator Alexandre Frota, que foi eleito deputado federal por São Paulo com espantosos 150 mil votos.

Isso porque Frota foi convidado, ainda que em tom de brincadeira, para ser ministro da cultura.

"Presidente de extrema-direita do Brasil, Jair Bolsonaro, provocou indignação, nojo e ridicularização depois de tuitar um vídeo pornográfico em uma aparente tentativa de revidar as críticas de seu governo durante o carnaval deste ano", diz o Guardian

Carnaval-Bozo.jpg

 

247 - O desatino do presidente Jair Bolsonaro, que postou um vídeo obsceno nas redes sociais para criticar o Carnaval, foi alvo de uma reportagem publicada pelo jornal britânico The Guardian, um dos mais influentes do Reino Unido. No texto, o correspondente para a América Latina, Tom Phillips, destaca que "o presidente de extrema-direita do Brasil, Jair Bolsonaro, provocou indignação, nojo e ridicularização depois de twitar um vídeo pornográfico em uma aparente tentativa de revidar as críticas de seu governo durante o carnaval deste ano".

A reportagem enfatiza que "foliões de todo o país usaram a festa anual de rua como uma oportunidade para protestar contra seu líder extremista que é notório por seus comentários homofóbicos e racistas". Na cidade de Olinda, no nordeste do país, supostamente os banhistas cobriram uma gigantesca boneca de carnaval de Bolsonaro com latas de cerveja, blocos de gelo e palavrões. (...) Festeiros dissidentes de todo o país carregaram imagens de multidões cantando obscenidades em Bolsonaro sob a hashtag #EiBolsonaroVaiTomarNoCu, que educadamente se traduz como #GetScrewedBolsonaro. Os cantos foram ouvidos até no coração do carnaval brasileiro, no Sambódromo do Rio", diz a reportagem.

Carnaval-Laranja.jpg

 

A reportagem relembra, ainda, que a polêmica começou na terça-feira (5), quando ainda pela manhã Bolsonaro usou sua conta no Twitter para criticar as manifestações contra e afirmar que "a cultura brasileira foi destruída por décadas de governos com uma inclinação socialista". "Mais tarde naquela noite, Bolsonaro foi mais longe, twittando um clipe sexualmente explícito - supostamente filmado durante um evento de carnaval em São Paulo - que mostrava um homem dando prazer a si mesmo antes de ser urinado por outro", relata o Guardian. (leia mais no Brasil 247). 

O jornal britânico também destaca a reação da população e da mídia à postagem feita por Bolsonaro. "Raiva, perplexidade e uma série de manchetes antes inconcebíveis se seguiram em algumas das principais agências de notícias do Brasil".

A reportagem também observa que "não houve sinal de tal pedido de desculpas na manhã de quarta-feira" e ainda "postou uma segunda mensagem bizarra em que ele se perguntou: "O que é uma chuva dourada?" (leia mais no Brasil 247). A pergunta feita por Bolsonaro está ao ato de urinar no parceiro ou receber jatos de urina do parceiro durante a atividade sexual. Foi com um vídeo do gênero que Bolsonaro tentou atacar a maior festa popular do país.

Leia a íntegra da reportagem do The Guardian sobre o assunto

gabe chuva trump bolsonaro.jpg

chuva bolsonaro previdencia _leandro.jpg

 

 

06
Mar19

OLINDA AUGURA QUEDA DO GOVERNO BOLSONARO

Talis Andrade

bonecos-michelle-bolsonaro (1).jpgBonecos de Jair e Michelle Bolsonaro abrem alas para os outros gigantes durante desfile em Olinda — Foto: Marlon Costa/Pernambuco Press/ O Globo

.

Na segunda-feira do Carnaval de Olinda chegaram a desfilar os bonecos gigantes de Jair e Michelle Bolsonaro.

O Jair não conseguiu subir uma ladeira sob uma chuva de pedras de gelo, latas vazias de bebidas e ovos podres. 

E olha que não faltou proteção policial. 

.

A imprensa do Sul orquestrou: "Alegorias de Bolsonaro e da primeira-dama comandam apoteose dos bonecos gigantes". Exagero mentiroso do jornal O Globo e televisões.

A imprensa de Pernambuco, praticamente falida, escondeu a derrubada popular dos bonecos.  Pareceu dia de malhação de Judas, que acontece no Sábado de Aleluia

.

Solange Simonetti fotografou a queda dos bonecos. Descreveu: "Bonecos gigantes de Jair Bolsonaro e da Micheque são vaiados durante desfile em Olinda...

Além das vaias, o boneco gigante de Bolsonaro tomou uma "chuva" de latas dos foliões.

Um Bolsominion pagou até segurança pra essa miséria de boneco sair.

Conclusão, os bonecos tiveram que ser retirados e cobertos porque o povão estava jogando de tudo neles!

Dá-lhe Olinda"

bonecos encobertos de jair michelle.jpg

O encosto dos bonecos protegidos por seguranças e policiais à paisana

surrealismo de rené magritte.jpg

A foto dos bonecos encobertos de Michelle e Jair Bossonaro lembra esta famosa tela surrealista de René Magritte

.

Informou Ricardo Noblat: Com a discrição que o caso requer, o governo federal fez chegar à organização do desfile dos bonecos gigantes do carnaval de Olinda a informação de que se dispõe a garantir a segurança do boneco que representará o presidente Jair Bolsonaro.

Tudo passaria, naturalmente, pela escalação de uma pequena equipe de agentes policiais a paisano. Como se fossem foliões comuns, eles pulariam em torno do homem que carregaria o boneco – Natan Oliveira, 22 anos, por sinal eleitor de Bolsonaro.

A Embaixada dos Bonecos, entidade privada responsável pelo desfile, não confirma a oferta de segurança. Limita-se a dizer por meio de um dos seus porta-vozes informais que o boneco está pronto desde o ano passado e que deverá ir às ruas da cidade,

Aí é que mora o perigo. A população de Olinda votou por larga maioria em Fernando Haddad (PT) para presidente da República no segundo turno. Na véspera do dia da eleição, dezenas de blocos desfilaram num carnaval fora de hora pedindo votos para Haddad.

bonecos .jpg

Resultado: O desfile dos bonecos, previsto para a Terça-Feira de Carnaval no Recife, no Marco Zero, foi cancelado. 

 

05
Mar19

Boneco de Bolsonaro é recebido em Olinda com vaias, latas de cerveja e pedras de gelo

Talis Andrade

O bonequeiro disse que pela primeira vez em 11 anos estava com medo de desfilar

michele bolsonaro boneco .jpg

 

Forum - Os foliões de Olinda (PE) receberam, nesta segunda-feira (4), o boneco gigante do presidente Jair Bolsonaro com vaias, latas de cerveja e pedras de gelo.

.

Ao lado da escultura que representa a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, o “Jairzão” puxou o cortejo de cem gigantes.

.

Ao longo do desfile os foliões vaiavam e entoavam o verso mais repetido neste Carnaval na cidade: “ai, ai, ai, Bolsonaro é o carai”.

.

Os seguranças contratados pela Embaixada dos Bonecos Gigantes chegaram a ameaçar diversas vezes alguns foliões com spray de pimenta. Pelo menos duas vezes foi preciso parar para limpar a escultura.

.

O auxiliar de serviços gerais Natan José de Oliveira, 23, disse à reportagem ainda na concentração do bloco que pela primeira vez em 11 anos estava com medo de desfilar como bonequeiro.

.

Eleitor declarado de Bolsonaro, durante o cortejo ele respondia às críticas dançando e rodando o boneco de 20 quilos.

.

A expectativa é de que o boneco de Bolsonaro volte à folia pernambucana nesta terça-feira, no Recife Antigo, onde a partir das 16h, pelo menos 15 blocos líricos se apresentarão no polo do Marco Zero.

 

Em alguns dos momentos de maior exaltação, na tentativa de conter a reação popular, a PM interveio para dar apoio aos seguranças particulares contratados pelos organizadores

bolsonaro bonecos gigantes bolsonaro.jpg

 



por Pedro Moreira, O Estado de S.Paulo

 Nem mesmo o esquema de segurança reforçado evitou que os bonecos gigantes representando o presidente Jair Bolsonaro e a primeira dama, Michelle, fossem alvo de uma chuva de vaias e latas de cerveja, refrigerante e até pedras de gelo, na manhã desta segunda-feira, 4, durante o tradicional desfile pelas ladeiras de Olinda.

.

Em alguns dos momentos de maior exaltação, na tentativa de conter a reação popular, a PM interveio para dar apoio aos seguranças particulares contratados pelos organizadores.

.

De acordo com foliões que acompanhavam o bloco, em pelo menos duas ocasiões, a PM lançou spray de pimenta no público.

.

O arquiteto João Freitas, 50, reprovou a presença dos calungas da família Bolsonaro no desfile. "Achei uma bobagem a organização insistir em colocar os bonecos do presidente e da primeira-dama para desfilar. Todo mundo que conhece o Carnaval de Olinda sabe que ele não é bem-vindo na festa, que sempre teve um caráter de crítica política muito forte. Acabou criando uma tensão desnecessária", afirmou.

.

Já a pedagoga Lídia Soares, 41, aprovou os novatos. "O Carnaval das ladeiras de Olinda é democrático. Não tem porque proibir nada. A reação do público deixou claro que aqui não tem espaço para Bolsonaro, mas o boneco só fez animar ainda mais a festa", contou.

 

Pela 1ª vez há a homenagem para a primeira-dama

jairzao boneco .png

 



por Marina Barbosa

.

O presidente Jair Bolsonaro e a primeira-dama Michelle viraram bonecos gigantes para participar do carnaval de Pernambuco. “É uma tradição representar os presidentes. Temos Lula, Dilma e Temer, além de Juscelino Kubitschek, Jânio Quadros, Collor, Marechal Deodoro, Itamar Franco, Getúlio Vargas e Fernando Henrique Cardoso, porque nossa intenção é transformar a história do Brasil em bonecos gigantes”, explica o artesão Leandro Castro, que sempre pede autorização dos homenageados.

.

Neste caso, a brincadeira foi autorizada pelo governo, conta Castro, mostrando, com orgulho, o áudio do presidente recebido pelo WhatsApp. “Parabéns pela sua criatividade, externando através de bonecos de personalidades. E você fez a minha também. Meu muito obrigado pelos seus votos de que dê tudo certo no nosso governo.”

.

Castro ainda aproveitou a ocasião para perguntar se poderia completar a homenagem com um boneco de Michelle Bolsonaro. “Não tínhamos a tradição de fazer a primeira-dama, mas pensamos que poderíamos começar com Michelle, porque me impressionou muito a atuação dela na posse de Bolsonaro, com a linguagem de sinais”, explicou o artesão, que também não demorou a receber apoio da primeira-dama.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub