Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CORRESPONDENTE

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

O CORRESPONDENTE

19
Jul22

Tereza Cruvinel: mentiras de Bolsonaro a embaixadores seria "caso de impeachment"

Talis Andrade

www.brasil247.com - { imgCaption }}

 

“Nunca houve algo parecido na história diplomática do Brasil”, afirmou a jornalista 

 

247 - A jornalista Tereza Cruvinel afirmou, nesta segunda-feira, 18, à TV 247, que a reunião de Jair Bolsonaro (PL) com embaixadores para atacar o sistema eleitoral brasileiro e o Poder Judiciário é “caso de impeachment”.

“Nunca houve algo parecido na história diplomática do Brasil, de um presidente convocar embaixadores para atacar outro Poder, para desmoralizar uma instituição, para atacar ministros do Poder Judiciário e da Justiça Eleitoral, tentar desmoralizar o próprio país”, afirmou a jornalista, que chamou o caso de “trapalhada diplomática”.

“Tem uma legião de pessoas hoje assombrada com a capacidade de Bolsonaro de cometer crimes em série. O Grupo Prerrogativas considera um gravíssimo crime de responsabilidade”, lembrou. 

Ela ainda destacou que o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP), é o único que não vê as ilegalidades de Bolsonaro. “O que vai fazer o Congresso?”, perguntou.

“Isso é um caso imediato de interdição, ou de impeachment ou de prisão, e nada disso vai acontecer. A solução legal é o impeachment, porque é um crime de responsabilidade muito acintoso. Mas não vai acontecer, não aconteceu nem quando o tempo era mais favorável, imagina agora dois meses antes da eleição, e o presidente da Câmara coleciona pedidos de impeachment”, criticou.

www.brasil247.com - { imgCaption }}

18
Jul22

Helena Chagas: Bolsonaro vomitou mentiras a embaixadores e seguiu-se um silêncio sepulcral na sala

Talis Andrade

Image

 

Jornalista classificou postura de Bolsonaro como "muito grave" e afirmou que presidente "desmoralizou seu próprio país perante o mundo"

 

247 - A jornalista Helena Chagas criticou a postura de Jair Bolsonaro (PL) na reunião com embaixadores estrangeiros ocorrida nesta segunda-feira (18), em que o chefe do Executivo brasileiro espalhou mentiras sobre as urnas eletrônicas e atacou ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

"Bolsonaro vomitou um amontoado de mentiras em cima dos embaixadores estrangeiros na reunião. Inclusive sobre Fachin, Alexandre Moraes e supostas fraudes em 2018", afirmou a jornalista.

Além de classificar o episódio como 'muito grave', Chagas também ironizou a falta de aplausos à fala de Bolsonaro no fim da reunião: "Muito grave. Um presidente desmoralizando seu próprio país perante o mundo. Seguiu-se um silêncio sepulcral na sala"

Image

Embaixadores são alertados por seus países a não corroborar tese de Bolsonaro em reunião sobre urnas BOLSONARO VERGONHA DO PLANETA

Image

18
Jul22

Bolsonaro com embaixadores mostra fraqueza do plano de golpe; análise

Talis Andrade

Image

 

Jair Bolsonaro se reúne com embaixadores nesta segunda-feira (18/7) para repetir mentiras sobre as urnas eletrônicas

 
 
reunião de Bolsonaro com embaixadores estrangeiros, nesta segunda-feira (18/7), para repetir mentiras sobre as urnas eletrônicas e a suposta fragilidade do sistema eleitoral é mais uma etapa que o presidente cumpre na preparação do golpe de Estado que pretende dar, questionando o resultado de uma eventual derrota eleitoral, em outubro, caso se confirmem os cenários mostrados por praticamente todas as pesquisas de intenção de voto.
 
Mas a necessidade de Bolsonaro repetir as mentiras aos embaixadores mostra dois aspectos interessantes dessa jornada.
 

Primeiro, a reunião indica como o presidente sabe que não há clima externo para apoiar sua empreitada autoritária. Mundo afora, as urnas eletrônicas brasileiras sempre foram reconhecidas como um exemplo de instrumento para um processo eleitoral seguro, eficaz e de apuração rápida. Das grandes democracias, o Brasil há décadas é um case de apurações ágeis e transparentes.

A agenda de Bolsonaro é um contraponto ao que o Tribunal Superior Eleitoral fez recentemente, quando convocou os embaixadores para mostrar a segurança das urnas e aplicar uma espécie de vacina contra as mentiras do presidente. Não deve adiantar muito, até pelo segundo ponto que o encontro desta segunda-feira revela.

A reunião também mostra como a narrativa da falta de segurança das eleições segue débil, o que não poderia ser diferente, já que não há nenhuma prova de fraude desde 1996, quando, numa eleição municipal, o país votou de maneira eletrônica pela primeira vez.

Os embaixadores convidados hoje por Bolsonaro moram no Brasil, ou seja, estão há dois anos assistindo ao presidente todas as semanas desacreditar o sistema eleitoral. Já ouviram todos os falsos argumentos, as distorções, as manipulações e mentiras que ele e seus apoiadores espalham sobre o tema, todos desmentidos um a um. Não há nada que vão ouvir hoje que não tenham escutado antes. E não colou, como, novamente sem fatos, não colará.

Esse é só um dos vários buracos que existem no plano do presidente para dar um golpe. Que ele vai tentando, aos poucos, diariamente, dar.

Image
Estadão 
@Estadao
EDITORIAL: Sem espírito público, Arthur Lira não está à altura do comando da Câmara neste grave momento do País. Atropelando normas e ritos, aliou-se ao atraso bolsonarista para dele extrair poder bit.ly/3PihW6j
Image
Folha de S.Paulo
@folha
Mônica Bergamo: Grupo armamentista é denunciado ao Ministério Público por sorteio de armas
 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub