Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CORRESPONDENTE

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

O CORRESPONDENTE

14
Nov22

RedeTV defenestra o bolsonarista Lacombe

Talis Andrade

 

Por Altamiro Borges

Não é apenas a Jovem Pan – também apelidada de Jovem Klan por suas posições ultradireitistas – que está demitindo seus jagunços bolsonaristas para se adaptar ao resultado das eleições e à necessidade de publicidade oficial. Ricardo Feltrin informa com exclusividade no site UOL que a RedeTV acaba de defecar um patético bajulador do “capetão”. 

“Após dois anos, o jornalista e bolsonarista Luís Ernesto Lacombe foi demitido na sexta-feira (11) da RedeTV. Ele ainda apresentará o programa desta semana, mas, nos bastidores da TV, é dado como certo que Amanda Klein o substituirá com um programa no mesmo horário. Até a noite desta sexta-feira, emissários do jornalista e da emissora tentavam encontrar uma saída honrosa para ele”, descreve o colunista. 

O defenestrado se projetou com suas posições reacionárias na GloboNews. Já na RedeTV – que virou um dos principais antros da ultradireita na mídia nativa –, ele apresentava o programa semanal “Agora é Com Lacombe” e também era um dos âncoras do telejornal RedeTV News. Como lembra a coluna do site UOL, “ao lado do vice-presidente da emissora, Marcelo Carvalho, ele era um dos maiores negacionistas e defensores do governo Jair Bolsonaro”. 

Ele nunca fez muito sucesso na tevê. “O programa, desde a estreia, registrou traço de audiência. Antes, ele apresentou na RedeTV o programa ‘Opinião no Ar’, que saiu do ar em março deste ano. A atração também era traço de ibope... Seu salário, segundo fontes ouvidas na emissora, era de cerca de R$ 200 mil, sendo que metade era paga por anunciantes bolsonaristas”, detalha Ricardo Feltrin.

Como derrotar o fascismo no pós-eleição?

 
 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub