Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CORRESPONDENTE

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil

O CORRESPONDENTE

03
Mai19

Senado oculta salário do primo de Carluxo

Talis Andrade

leo-indio-bolsonaro.jpg

leo índio bolsonaro.jpg

leo índio com bolsonaro.jpgMuito próximo do vereador Carlos Bolsonaro, com quem morou no Rio, “Leo Índio” esteve no Planalto 58 vezes só nos primeiros 45 dias de governo

 

In Socialista Morena:

O Portal de Transparência do Senado, que desde 2012 divulga nominalmente a remuneração dos assessores parlamentares, está ocultando as informações respectivas a Leonardo Rodrigues de Jesus, o Leo Índio, primo de Carlos Bolsonaro, o Carluxo (é o próprio Leo quem trata o primo pelo apelido). Quem clica no nome dele na página do senador Chico Rodrigues (DEM-RR) é encaminhado a uma página de erro: “esta página está fora do ar”. É o único entre os 14 funcionários comissionados do gabinete para quem a remuneração não se encontra disponível. entre os 14 funcionários comissionados do gabinete para quem a remuneração não se encontra disponível.





Na semana passada, a Folha de S.Paulo revelou que Leo, estudante de administração sem nenhuma experiência anterior como assessor parlamentar, foi contratado pelo senador por um salário de quase 23 mil reais. Questionado pela repórter Talita Fernandes sobre as razões para contratar alguém tão inexperiente para o cargo, Rodrigues disse que foi por “feeling” e negou ter sido a pedido da família Bolsonaro. “Pela conversa, pelo feeling que eu tive, me pareceu útil para mim”, afirmou.

O próprio assessor confirmou a informação no instagram, onde afirma que suas “características profissionais são são fruto de duas décadas de trabalho árduo e de preciosas lições aprendidas em família”.

O Socialista Morena aguarda informações do Portal de Transparência do Senado sobre o “erro” relativo à remuneração de Leo Índio. A publicação dos salários de parlamentares e servidores na internet obedece à Lei de Acesso a Informação (LAI) , sancionada em novembro de 2011, e ao Ato 10/2012, da Comissão Diretora da Casa.

Carlos Bolsonaro se irrita com insinuações de que é homossexual

carlos-bolsonaro-primo-leo-indio.jpg

 

Carlos Bolsonaro se irrita com insinuações sobre sua sexualidade. Não é a primeira vez que o tema tira do sério o filho do presidente da República

O vereador Carlos Bolsonaro (PSL-RJ), filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), desabafou nas redes sociais na última semana acerca de insinuações sobre sua sexualidade.

“1- Não moro com meu primo. A mídia lixo mente! A internet pode zoar, graças a Deus não estamos num governo de esquerda. Lamentavelmente jornais e portais surfam na onda e fazem inveja ao TV Fama”, escreveu o filho do capitão reformado em seu Twitter.

Carlos Bolsonaro referia-se a uma nota publicada pelo portal de direita O Antagonista. O texto dizia apenas que o vereador dividia apartamento com o primo, Leonardo Rodrigues de Jesus, conhecido como “Leo Índio”.

No ataque de Carlos há uma insinuação que não ficou clara. Ele fala que, por trás das críticas do site O Antagonista — aliado de primeira hora do governo –, haveria a frustração por “planos interrompidos”:

 
 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub