Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CORRESPONDENTE

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

O CORRESPONDENTE

27
Abr18

Quem garante a honestidade dos leilões de Moro?

Talis Andrade

 

Tudo que envolve o empresário Alberto Youssef e o juiz Sergio Moro no assalto ao BanEstado e no tráfico de drogas e de diamantes na Lava Jato fede à safadeza grossa. 

 

Veja só: "Imóveis do ex-doleiro Alberto Youssef, apreendidos pela Operação Lava Jato, vão a leilão novamente. Agora, pela metade do valor da avaliação judicial. (...) Oito imóveis de um hotel em Salvador estão à venda, com preços iniciais de R$ 52.274,26".

 

Baratinho. Baratinho. 

 

Primeira safadeza: Que estória é essa de Youssef ser ex-doleiro? Youssef está na ativa. Tem contas em vários paraísos fiscais espalhados pelo mundo. É um bilionário traficante de drogas, de diamantes etc, etc, etc.  

 

Segunda safadeza: o hotel em Salvador é o Connect Smart Hotel. Veja que suntosiodade: 

 

hotel fachada 1.jpg

conect-smart-hotel.jpg

 

 

Terceira safadeza: As listas dos imóveis leiloados de Youssef nunca batem. Para propaganda da Lava Jato uma lista veja aqui. Para leilão outra veja aqui

 

Quarta safadeza: O leiloeiro escolhido por Moro é Afonso Marangoni. Tinha que ser um conterrâneo. Entrou no vantajoso mundo dos leilões por intermédio de um amigo, depois de se aposentar, em 2008. Está no ramo há pouco tempo. Com certeza esse amigo intermediário também é amigo de Moro. A lista de bens de Youssef varia. E Moro botou ele para, também, vender o triplex que arranjou para Lula na praia do Guaruja. Tinha que ser o mesmo sujeito. Veja aqui

 

Quinta safadeza: Esse Marangoni é mentiroso. Para fazer propaganda de Moro inventa "mais de 20 mil pessoas se mostram interessadas em participar dos bens de Youssef. Apesar dos preços baixos não apareceu ninguém. Foi tudo para um segundo leilão, para ser vendido com 50 por cento de abatimento. É a quermesse do Sergio Moro. Que promete segredo para quem arremata. Veja aqui

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub