Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

03
Ago18

Quem checa as agências?

Talis Andrade

Lula, o Papa e as agências de checagem

 

MBL-Censurado boato .jpg

 

As agências de checagem usam os mesmos critérios da corriola de Curitiba: premiam as seletivas informações de delatores mentirosos, caluniadores, treinados em falsos testemunhos. 

 

As informações verdadeiras são de um lado só.


Do blog Socialista Morena:


No início de junho, as agências de checagem ligadas à mídia comercial brasileira acusaram sites alternativos de promoverem “fake news” por haver noticiado a entrega de um terço enviado pelo papa Francisco a Lula. A Agência Lupa e o Aos Fatos citaram textualmente o Diário do Centro do Mundo, Brasil 247 e Revista Fórum, omitindo que o portal UOL, ao qual a Lupa é ligada, foi um dos primeiros em dar a notícia. Ainda disseram ser falso que o consultor do Vaticano Juan Grabois, que visitou Lula na prisão em Curitiba e entregou o terço, era ligado ao papa.

 

Parceiras do Facebook, as agências notificaram a rede social, que ameaçou tirar as páginas do DCM, Fórum e 247 do ar. Quem tentava compartilhar conteúdo dos três sites e dos outros acusados recebia um aviso do Facebook de que eles eram suspeitos de ser disseminadores de notícias falsas.


De nada adiantou Grabois reafirmar que o terço foi enviado pelo papa. As agências continuaram a insistir que não era verdade. Rendida diante das evidências, a Lupa trocou a etiqueta inicial aplicada na checagem sobre o envio do terço do Papa a Lula por “de olho”, e assim continua. Já o Aos Fatos mantém em seu site até hoje que o presente de Francisco a Lula não passou de “um boato”.


Pois bem: nesta quinta-feira pela manhã o papa Francisco recebeu no Vaticano o ex-ministro da Defesa e Relações Exteriores Celso Amorim, junto com o ex-ministro argentino Alberto Fernández e o ex-ministro chileno Carlos Ominami. Eles tiveram uma audiência de cerca de uma hora, em que discutiram a situação política e jurídica do caso Lula, do Brasil e da América do Sul.


O papa recebeu um exemplar em italiano do livro A verdade vencerá (Boitempo Editorial), onde, em longa entrevista, Lula dá sua versão sobre a perseguição judicial que tem sofrido. Francisco então escreveu de próprio punho um bilhete para o ex-presidente em que diz: “A Luiz Inácio Lula da Silva, com minha bênção e pedindo-lhe que reze por mim”.


Sobre o encontro, disse Amorim: “O assunto principal foi a situação do presidente Lula, que ele tem acompanhado com interesse e com preocupação. Ele antes, como se sabe, já mencionou em uma homilia como têm se passado os golpes na América Latina. Essa é uma preocupação constante do Papa, e ele quis ouvir com muito interesse toda a situação como se deu no Brasil, toda a evolução política”.


E agora? O que dirão as agências de checagem após ficar evidente que o papa está acompanhando a situação de Lula e que não é nada inverossímil que tenha mesmo enviado o terço ao ex-presidente preso? As agências se retratarão por acusar os sites alternativos de disseminar fake news? Ou vão duvidar que a caligrafia seja mesmo do papa?


Checar notícias é uma tarefa séria que deveria ser feita com todo o cuidado possível para não cometer injustiças. Sem a devida apuração, as agências de checagem contribuem apenas para aprofundar o monopólio midiático em nosso país.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub