Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CORRESPONDENTE

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

O CORRESPONDENTE

23
Mar19

Quantos moradores de Barão de Cocais a Vale pretende matar?

Talis Andrade

A população tem menos de uma hora para sair da Cidade em caso de rompimento de barragem

 

barão de cocais.jpg

Cocais.jpg

cachoeira de cocais.jpg

 

 

Eta Brasil sem Lei. Terra de Ninguém. País do Terceiro Mundo colonizado pela privataria. Todo dominado por empresas assassinas como a Vale do Rio Doce, que valia 3 trilhões, e foi doada por 2,2 bilhões, em uma quermesse de Fernando Henrique. 

 

A estrutura Sul Superior, da Mina de Gongo Soco, da Vale, está no nível 3 de emergência e corre risco iminente de colapso. Lama chegaria em uma hora na zona secundária onde estão 3 mil casas.


Por G1 Minas — Belo Horizonte

Moradores de 3 mil casas de Barão de Cocais, na Região Central de Minas Gerais, teriam menos de uma hora para sair em caso de rompimento da Barragem Sul Superior, da mina de Gongo Soco, segundo a Defesa Civil. A estrutura, que seguia em nível 3 de emergência na manhã deste sábado (23), corria risco de entrar em colapso a qualquer momento.


Integrantes da Defesa Civil, do Corpo de Bombeiros, da Polícia Militar, da Prefeitura de Barão de Cocais e da Vale discutem neste sábado como será feito o treinamento destas pessoas. Elas reclamam que a medida veio tarde demais. Leia mais

A lama tóxica de Brumadinho já chegou no Rio São Francisco. O que falta para os governadores do Nordeste marcar uma reunião para planejar ações conjuntas e prevenir o povo dos perigos e danos incalculáveis? 

 

barragem-barao-de-cocais-.jpeg

Barragem de lama tóxica em Cocais

 

Diário do Barão informa: URGENTE. Defesa Civil estima evacuação de 9 mil por causa de Gongo Soco

A Defesa Civil de Minas Gerais estima que 9 mil pessoas terão que deixar suas residências, na cidade de Barão de Cocais, em caso de rompimento da barragem Sul Superior, na mina de Gongo Soco, pertencente a Vale.


A informação foi transmitida pelo coordenador adjunto da Defesa Civil, tenente coronel Flávio Godinho, em entrevista coletiva realizada na manhã deste sábado.

Para fazer a evacuação, a Defesa Civil conta com 40 Policiais Militares e 12 soldados do Corpo de Bombeiros, já no local.


Em caso de rompimento, os soldados terão 1h e 12 minutos para fazer a evacuação de 3 mil residências, localizadas nas chamadas zonas secundárias, regiões que seriam afetadas em um segundo momento, em caso de acidente.

As zonas secundárias envolvem o trajeto do rio São João que passa no centro de Barão de Cocais.

Rio São João.jpg

 


Na tarde da última sexta-feira, a Defesa Civil elevou o risco de rompimento da barragem, de nível 2, para nível 3. Isso significa que o risco de rompimento é eminente.

Já foram retirados os moradores das regiões que seriam atingidas em um primeiro momento? 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub