Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CORRESPONDENTE

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

O CORRESPONDENTE

08
Jul20

Quantos bilhões a Lava Jato tem ao deus-dará?

Talis Andrade

 

A autodenominada Operação Lava Jato, uma organização criminosa que, ordenada pelos agentes estadunidenses acoitados pela República de Curitiba, desviou 2,5 bilhões da Petrobras, empresa brasileira espionada e ilegalmente investigada pelo FBI.

Essa dinheirama foi depositada em uma conta gráfica, no dia 30 de janeiro de 2019, na Caixa Econômica Federal de Curitiba. 

Importante lembrar que apenas seis procuradores assinaram documento criando uma fundação secreta sem estatuto, sem registro em cartório, & documentos outros.

Os procuradores espertos:

ong procurador lava jato .png

O comprovante da bufunfa depositada:

fundação lava jato.png

Essa grana para Dallagnol gastar com os amigos e compadres em e-ventos & brisas, por ordem da suprema justiça do ministro Alexandre de Moraes, foi liberada para apagar o fogo das queimadas na Amazônia, para gastar com Educação, e no combate ao coronavírus. Um dinheiro ao deus-dará. Ninguém sabe quem recebeu (se recebeu). Nem como e quanto foi gasto.

Dinheiro que comprova a Lava Jato está podre. Podre de rica. Conforme noticia o G1:

Ofereceu R$ 500 milhões ao governo federal para reforçar o caixa no combate à pandemia. Mas, até agora, não teve resposta. O dinheiro vem de acordos de leniência firmados com a Lava Jato. Empresas que pagaram multas. A oferta do dinheiro, feita pela juíza Gabriela Hardt, da Justiça Federal em Curitiba, cumpre uma resolução do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), assinada pelo presidente do órgão, ministro Dias Toffoli — priorizando a destinação de recursos de multas ao combate à pandemia do coronavírus. Segundo a resolução, os tribunais deverão disciplinar a destinação dos recursos provenientes do cumprimento de pena de prestação pecuniária, transação penal e suspensão condicional do processo nas ações criminais, priorizando a aquisição de materiais e equipamentos médicos necessários ao combate da pandemia Covid-19, a serem utilizados pelos profissionais da saúde. A resolução foi assinada em março com validade até abril. Mas, em razão da continuidade de casos e mortes, seus efeitos foram prorrogados e ainda estão valendo, segundo a assessoria do CNJ. Em 21 de maio, a juíza Gabriela Hardt informou ao ministro Braga Netto, da Casa Civil, coordenador do Comitê de Crise para Supervisão e Monitoramento dos Impactos da Covid-19, sobre a disponibilidade de valores depositados, neste juízo, de R$ 21 milhões, que podem chegar até R$ 508 milhões, para destinação ao enfrentamento à pandemia.

Uma auditoria já. Só da Petrobras 2 bilhões e 500 milhões. Quantos acordos de leniência das grandes empresas encheram os cofres da Lava Jato? Idem das multas das delações premiadas. Auditoria já.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub