Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

03
Abr20

O "bolsovírus" mata o povo brasileiro

Talis Andrade

Por Jair de Souza

O mundo está sofrendo uma tragédia com o avanço do coronavírus. Um vírus que não respeita fronteiras, que não se importa com a ideologia ou a nacionalidade de suas vítimas. Porém, como todos os vírus e todas as grandes pestes que assolam a humanidade, o coronavírus também se assanha muito mais contra as pessoas humildes, contra os mais indefesos, contra os pobres.

No Brasil, no entanto, a tragédia se mostra muito pior. Além de ter de enfrentar os ataques do coronavírus, o povo brasileiro está tendo de resistir aos ataques de um vírus ainda mais cruel, um vírus ainda mais maldoso, ainda mais perverso. O povo brasileiro está sofrendo simultaneamente as agressões de um outro vírus até mais diabólico, o bolsovírus.

O bolsovírus é impiedoso com relação aos mais necessitados, não tem nenhuma empatia para com aqueles que não detenham grandes recursos econômicos. O bolsovírus não se importa nada com a vida de gente humilde. Por outro lado, o bolsovírus não agride aos grandes potentados da economia. É muito generoso com banqueiros, com especuladores financeiros e com donos de algumas redes de hamburguerias e de lojas de departamentos que exibam a Estátua da Liberdade em sua entrada. Para estes, é capaz de disponibilizar e liberar de imediato nada menos do que 200 bilhões de reais. Mas, com referência aos necessitados e desamparados, o bolsovírus não tem essa mesma condescendência. O bolsovírus pode até ser capaz de criar travas para impedir que os pobres tenham acesso a meros 600 reais que poderiam servir para saciar sua fome nesta hora tão difícil.

Para impedir a propagação do coronavírus, os médicos e cientistas do mundo todo recomendam medidas sanitárias rigorosas e um cuidadoso isolamento social que detenha seu avanço incontrolável. Já para combater o bolsovírus e não permitir que ele siga espalhando suas desgraças, os sociólogos e todas as pessoas providas de algum sentimento humanitário são quase unânimes em ressaltar a importância de desenvolver o nível de consciência do povo para que seja o próprio povo quem isole este vírus tão maléfico e não permita que ele continue disseminando o ódio e a morte pelo país.

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub