Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

10
Jan19

Mais um recuo de Bolsonaro: Não haveria base militar dos EUA no Brasil

Talis Andrade

luc trump.jpg

 

 

por Helio Fernandes

---

Sua idolatria e subserviência ao presidente Trump, levou Bolsonaro a admitir essa possibilidade humilhante e inédita. O Exercito (Forças Armadas) recebeu a noticia com surpresa, depois com revolta.

Finalmente houve conversas com o General Augusto Heleno, (Chefe do GSI e Conselheiro Mór da Republica), Bolsonaro desmentiu o que havia dito, tudo se acertou. Para Bolsonaro, mais um retrocesso.

Surgiram então os "idiotas da objetividade" (Nelson Rodrigues), com a afirmação burra: "O Brasil já teve uma base militar no Brasil, na Segunda Guerra Mundial". Tolos e desinformados. O ditador Vargas, tido como "germanófilo", (palavra muito usada na época) só não aderiu ao "nipo-nazi-fascismo" por pressão do estadista Oswaldo Aranha.

Quando os americanos entraram na guerra, em 8 dezembro de 1941, (24 horas depois do ataque japonês a Pearl Harbour), precisavam de uma base militar no Norte-Nordeste. Conversaram com Oswaldo Aranha, que já fora embaixador nos EUA. Estrategistas americanos, examinaram Fernando de Noronha, ficaram entusiasmados com Natal.

Roosevelt queria se encontrar com Vargas imediatamente, o encontro se realizou 10 dias depois, na própria Natal. No dia de conversarem, morreu o filho de Getúlio. (Getulinho). Vargas ficou a noite toda no velório, de manhã viajou para Natal. Eram aliados na guerra, em 48 horas acertaram tudo.

Roosevelt perguntou então: "O que o Brasil precisa de mais urgente?". Vargas respondeu imediatamente: "Uma siderúrgica". E Roosevelt, "o Brasil terá logo a sua siderúrgica".

Terminada a guerra, os americanos foram embora para sempre. O Brasil ajudou um aliado, e tem a siderúrgica em pleno funcionamento.

PS- Nada a ver com os propósitos desastrados de Bolsonaro

bolsonaro trump.jpg

_aroeira bolsonaro trump.jpg

meia-volta volver.jpg

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D