Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

29
Ago20

GGN censurado pelo Banco BTG Pactual fundado por Paulo Guedes e beneficiado pelo Banco do Brasil

Talis Andrade

A imagem pode conter: ‎texto que diz "‎STEÉ OBILIONARIO PAULO GUEDES MINİSTRO ECONOMIA DONO DO BANCO BTG-PACTUAL... ELE OBRI6OU BANCO DO BRASİL ALHE "VENDER" SUA CARTEIRA CREDITOS QUE VALE R$3BiLHOES POR MEROS R$ MILHOES Oi,TROUXAS! PASSE CARTEIRA! R$ 3BI BB QUE NOME VOCÊ PARA ESTA "TRANSAÇÃO"? ASSINALE A ALTERNATIVA CORRETA: CRIME CONTRA O PATRIMÔNIO PÚBLICO AUTO-FAVORECIMENTO ROUBO NA CARA DURA TODAS AS ANTERIORES 0000 RA RA RA OAL BB ל‎"‎

Como acontecia na ditadura militar, os jornais nos espaços censurados publicavam poesias, receitas de comida. O jornal GGN prefiriu divulgar a decisão ditatorial do juiz Leonardo Grandmasson Ferreira Chaves, da 32ª Vara Cível da cidade do Rio de Janeiro, escondendo a negociata do Banco do Brasil, veiculado ao ministério da Fazenda de Paulo Guedes, com o banco BTG Pactual fundado pelo mesmo Paulo Guedes. Por pura coincidência há uma debandada da equipe de Paulo Guedes para o banco BTG Pactual, nem sequer os executivos dos bancos oficiais e Ministério da Economia pedem quarentena remunerada. 

Depois da transa bilionária, o presidente do Banco do Brasil, nomeado por Paulo Guedes, caiu fora. Deixar a presidência do Banco do Brasil assim de graça é cousa santa. Nenhum ateu grande maçom teria tal altruísmo.

Veja aqui a retirada das matéria sobre o banco de Paulo Guedes, e a intimidação ao jornalista Luis Nassif, que honra a profissão. Faz um jornalismo patriótico, exemplar, investigativo, verdadeiro. Nassif escreve a História do Brasil. 

O jornalismo não pode ser atemorizado para não informar as safadezas de Paulo Guedes. Os grandes negócios. 

Ilustração: Charge publicada pelo Sindicato dos Bancários de São Paulo 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub