Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CORRESPONDENTE

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil

O CORRESPONDENTE

31
Mar20

Espanha proíbe funerais e cremações com mais de 3 acompanhantes

Talis Andrade

 

A covid-19 já levou 8.189 pessoas à morte na Espanha, forçando Madri a abrir um segundo necrotério improvisado nesta semana. 

No total, o país europeu já confirmou quase 88 mil infecções pelo vírus, ficando atrás apenas dos EUA e da Itália. Em relação ao número de mortes, a Espanha já é o segundo país atingido, atrás da Itália.

Instituto alemão diz que covid-19 "precisa ser levada a sério"

O presidente do Instituto Robert Koch (RKI) de prevenção e controle de doenças na Alemanha, Lothar Wieler, exortou a população a não subestimar a pandemia do coronavírus. "Quero pedir a todas as pessoas que levem a sério essa doença", afirmou, referindo-se à covid-19, enfermidade respiratória causada pelo vírus. 

Um estudo mencionado por Wieler teria mostrado que apenas 41% dos alemães acreditam que a covid-19 seja perigosa.

O presidente do RKI também afirmou que a estratégia adotada no país contra a disseminação do coronavírus continua sendo justificada. A Alemanha adotou medidas de contenção como o isolamento social, fechamento de escolas e creches e proteção dos grupos de risco, além do aumento das capacidades de atendimento. 

Espanha proíbe funerais e cremações com mais de 3 acompanhantes

O governo espanhol já anunciou na semana passada que, devido às altas taxas de mortalidade decorrentes da pandemia, criaria duas grandes instalações nos arredores de Madri, a região mais afetada, para servir como necrotérios.

A medida anunciada hoje prevê que, caso o falecido seja infectado pela Covid-19, nenhum funeral privado será realizado em casas particulares.

As casas funerárias, por sua vez, também não poderão realizar práticas habituais de condicionamento dos corpos ou intervenções por motivos religiosos que envolvam atividades invasivas até o final do estado de alarme, que começou no último dia 15.

Da mesma forma, a participação em grupo para o enterro ou cremação é restrita a um máximo de três membros da família ou amigos íntimos, além do ministro do culto que oficia a cerimônia. De qualquer forma, a distância de um ou dois metros entre os participantes deve ser respeitada.

No último dia 7, no início da pandemia na Espanha, um funeral realizado na cidade de Vitória, tornou-se um dos maiores surtos de propagação do coronavírus no país, com mais de 60 participantes naquela cerimônia infectados.

Desde então, as medidas relativas aos funerais foram reforçadas. EFE

elmundo. espanha 31m.jpg

elpais. espanha 31m.jpg

lavanguardia. espanha 31m.jpg

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2022
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2021
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2020
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2019
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2018
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2017
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub