Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

15
Mar18

Assassinato de vereadora desafia a intervenção

Talis Andrade

por Josias de Souza

 

 

 

 

Marielle 1.jpg

 

 

O mandato de Temer termina em dezembro. Menos de dez meses! Nem por mágica o presidente conseguiria “acabar com o banditismo” em tão pouco tempo. Também não cumprirá a promessa de “restabelecer a paz e a tranquilidade” no Rio.Mas Temer ganhou um desafio mais urgente: ou providencia rapidamente o esclarecimento do duplo assassinato que estarreceu o país ou tranformará os últimos meses de sua administração num inferno.

 

No decreto de intervenção federal, Temer escreveu que o general-interventor Braga Netto está subordinado diretamente ao presidente da República. Foi como se dissesse: “Quem manda na segurança do Rio agora sou eu.” Ao fuzilar a vereadora Marielle às vésperas do aniversário de um mês da intervenção, os criminosos informaram a Temer que continuam dando as cartas. Em português claro: a bandidagem desafiou o presidente. Em vez de se preocupar com a destruição do futuro, Temer precisa cuidar da construção do seu presente. A resposta é para ontem. Leia mais. Veja vídeo do enterro. 

 

marielle 2.jpg

marielle 3.jpg

Fotos do enterredo da vereadora Marielle Franco. Cobertura ao vivo do jornal El País, Espanha 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D