Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CORRESPONDENTE

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

O CORRESPONDENTE

03
Jul19

As contradições, as mentiras, a suspeição de Moro denunciadas por Gleisi Hoffmann

Talis Andrade

aquabunda heroi vaza.jpg

 

 

por Vânia Rodrigues

---

A deputada Gleisi Hoffmann (PR) avaliou nesta terça-feira (2) que a cada pergunta na audiência pública na Câmara, o ministro da Segurança Pública Sérgio Moro caía em mais contradições, “deixando claro que era um juiz parcial e com motivações políticas”. A presidenta do PT afirmou que Moro “fugiu de diversas perguntas e mentiu sobre fatos conhecidos, como o grampo ilegal dos ex-Lula e Dilma”.

Gleisi Hoffmann destacou que, democraticamente, era muito bom ver o Moro sendo inquirido pelos parlamentares. “O senhor, o juiz, hoje ministro do Bolsonaro, arauto da moralidade, inquiriu muita gente, por vezes de forma arrogante, como fez com o presidente Lula, e condenou-o antes de julgá-lo. É verdade que o senhor não está sendo julgado, mas o senhor está em processo de julgamento no Supremo Tribunal Federal por suspeição, em um habeas corpus do presidente Lula”, frisou.

A presidenta do PT também desmascarou Moro, afirmando que não é verdade que ele sempre “age corretamente”. Ela destacou algumas decisões judiciais que cassaram decisões do então juiz Moro. “Aliás, tem uma grande de 2008 que anulou uma operação que o senhor coordenava, que era a Operação Pôr do Sol, por escutas ilegais e tempos ilegais dessas escutas”. Citou também que recentemente o Supremo Tribunal Federal considerou ilegais as conduções coercitivas. “Só o senhor fez mais de 257. Com certeza muitas desnecessárias, como foi a do presidente Lula, porque a lei é clara dizendo que a pessoa tem que ser chamada duas vezes para depor. Se ela se negar tem que ter a condução coercitiva. O senhor nunca chamou o presidente Lula”, acusou.

amigox queiroz.gif

 

Gleisi ironizou, perguntando ao ministro se ele sabia que o Queiroz – Fabrício José Carlos de Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro - foi chamado duas vezes para depor, e não compareceu. “O senhor acha correto a Justiça do Rio não fazer a condução coercitiva do Queiroz?”, indagou.

aqua moro queiroz gate.jpg

 

Ela também relembrou que o então juiz Sérgio Moro levou um corretivo grande do ministro Teori Zavascki, quando do grampo do ex-presidente Lula com a presidenta Dilma Rousseff. “Como se tratava de uma presidente da República, o senhor tinha que ter remetido para o Supremo Tribunal Federal, e o senhor não fez. Vazou para a imprensa. O ministro Teori considerou ilegal, e o senhor pediu desculpas. Teori morreu, e o senhor voltou a dizer que o grampo era legal. Por que o senhor mentiu para o ministro Teori? Por que o senhor escondeu informações do Supremo Tribunal Federal?”, questionou.

Denúncia de Tacla Durán

Gleisi Hoffmann informou que o advogado da Odebrecht Tacla Durán denunciou ter sido extorquido em mais de R$ 600 mil pelo advogado Marlus Arns, e mostrou o depósito para o jornalista Jamil Chade. “Ele também acusou o advogado Carlos Zucolloto. Eu quero lhe fazer perguntas bem objetivas. A sua esposa, Rosângela Moro, trabalhou ou teve escritório com os advogados Marlus Arns e Carlos Zucolloto? O senhor ou sua esposa mantém ou mantiveram alguma conta no exterior? Já receberam direta ou indiretamente valores do exterior? O senhor já fez viagens ao exterior acompanhado do advogado Zucolloto? Ele já fez pagamentos em favor do senhor nessas viagens, passagens, hospedagens, restaurantes? As indagações ficaram sem respostas.

carlos-zucolotto-jr-sergio-moro-rosangela-moro-e-a

zucolotto casal moro.png

Na foto, Carlos Zucollotto e o casal Sergio Moro

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2019
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2018
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2017
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub