Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

10
Mar20

A visita da velha senhora

Talis Andrade

bolinhas brancas.jpg

 

Regina Duarte teve uma posse concorrida. Estavam lá todos os generais de Bolsonaro, e as mulheres combinaram ir com vestidos de bolinhas coloridas. 

Discursou a nova secretária especial da Cultura: 

"Presidente Jair Messias Bolsonaro, meu amigo, nosso amigo. Vice-presidente general Hamilton Mourão, Michelle Bolsonaro, nossa primeira-dama, linda, suave, doce, iluminada.

Então, o convite que me trouxe até aqui falava em porteira fechada, carta branca. Não vou esquecer, não, hein, presidente?

E que cultura seria essa geradora de tanta felicidade, dona Regina? Para começar, e sem mais tecnicidades que a festa não comporta, acho que seria alguma coisa que não passasse nem perto do conceito de domínio. Eu falo de cultura como libertação, falo dessa argamassa de hábitos, de comportamentos, rituais, costumes que se autogeram, se autofertilizam no seio do povo. Falo desse caldo de cantos, danças, brincadeiras de roda, papagaio, pipa no céu, palavrão,  tatuagem, arroz com feijão, farofa de mandioca, pastel de feira, pão de queijo, caipirinha de maracujá, chimarrão, culto, missa das dez, desafio repentista, forró, e aquele pum produzido com talco espirrando do traseiro do palhaço e fazendo a risadaria feliz da criançada. Cultura é assim, é feita de palhaçada, de música. Os musicais, aqueles espetáculos que a gente sai com vontade de seguir vida fora cantando, dançando, e aquele teatro mais sério, aquele teatro que bota a gente pra pensar com cenas e emoções tipo soco no estômago".

pum.jpg

regina pum.jpg

Jair Bolsonaro enganou Regina Duarte. Quem comanda a Cultura oficial, lá dos Estados Unidos, é o grã filósofo da república de bananas Olavo de Carvalho, que já mandou a atriz tomar naquele lugar que o presidente chama de "furo".

Danou-se Regina a indicar os amigos. A nomeação de Maria do Carmo Brant de Carvalho, para a Secretaria da Diversidade Cultural, foi anulada pelo ministro-chefe da Casal Civil, general Walter Souza Braga Netto.

A nomeação de Maria do Carmo foi publicada pela manhã no Diário Oficial da União. No fim da tarde, porém, em edição extra, consta que a portaria foi suspensa.

pum -regina-duarte.jpg

regina .jpeg

 

A óbvia inversão psicótica da realidade mostra que a véia [sic] não está boa da cabeça e não deve ocupar cargo nenhum”, reclamou Olavo

 

pibinho, boz dolarzão, marreco mussolini.jpg

Lauro Jardim: O Planalto já vetou oito nomes indicados por Regina Duarte. 

 
 
Ivan Valente:
 
"Regina Duarte e Paulo Guedes disputam o posto de quem vai cair primeiro. Ela por ser menos fascista do que deseja o chefe e ele por entregar uma economia em frangalhos. Já Bolsonaro mente descaradamente ao dizer que venceu no 1° turno e convoca manifestação golpista. Que saga!"

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub