Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

21
Jun19

Filho da deputada Flordelis diz que irmã ofereceu R$ 10 mil para outro irmão matar o pai

Talis Andrade

capa-jornal-folha-de-s-paulo-21jun .jpg

capa-jornal-o-estado-de-sao-paulo-21jun propaganda

bolsonaro pastor preso.jpg

bolsonaro arma na marcha para jesus.jpg

bolsonaro marcha de jesus_lane.jpg

 

 

Na marcha para Jesus, ninguém rezou pelo pastor Anderson Carmo, morto com diversos tiros, pouco tempo após chegar em casa, em Pendotiba, Niterói, na madrugada de domingo, por volta das 4 horas. 

Sensação de estar sendo seguida


Segundo os primeiros relatos das testemunhas para os PMS, Anderson e a esposa, deputada federal Flordelis (PSD), quando voltavam de uma confraternização, tiveram a sensação de estar sendo seguidos por duas motos. Quando já estavam dentro da residência, Anderson teria voltado na garagem dizendo que ia buscar algo que havia esquecido no carro.


Familiares relataram ainda que, logo em seguida, foram ouvidos os tiros. E que, logo após os disparos, familiares desceram e encontraram Anderson baleado próximo ao carro.

 

Nova versão: Crime passional

Um dos filhos da deputada Flordelis (PSD) contou nesta quinta-feira (20) à Polícia Civil que suspeita do envolvimento da mãe e de três irmãs na morte do pai, o pastor Anderson Carmo, morto a tiros no último domingo. Segundo o jovem, uma delas ofereceu R$ 10 mil ao irmão Lucas dos Santos para matar o pastor.

Procurada, a deputada afirmou por meio da assessoria que não irá se pronunciar sobre o assunto.

O jovem afirmou ainda que o irmão Lucas recebeu proposta de R$ 10 mil de uma das irmãs para matar Anderson. Lucas não estava na casa no momento do crime, mas teria comprado a arma usada no assassinato.

A deputada Flordelis é favorável ao pacote anticrime e política armamentista de Sergio Moro e Bolsonaro. 

capa-jornal-o-dia 21jun.jpg

capa-jornal-expresso 21 jun.jpg

capa-jornal-meia-hora 21 jun.jpg

flordelis.jpg

Deputada Federal Flordelis é fervorosa defensora da política armamentista de Bolsonaro e Sergio Moro

bolsonaro pastor .jpg

 

19
Jun19

Filho de Flordelis participou de execução de pastor

Talis Andrade

flordelis.jpg

 

 
por Gustavo Goulart
----

Depois de uma rápida estada na sede da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, a pastora evangélica e deputada federal pelo PSD, Flordelis deixou a unidade dizendo que quer justiça para a morte do marido, “seja quem for” o responsável pelo crime. Amparada pelo advogado Marcelo Ramalho e por um dos filhos que a todo instante dizia para a mãe não falar nada com a imprensa, Flordelis acabou dizendo o que foi à DHNSG no início da tarde desta sexta-feira visitar o filho Flávio de Souza, preso em cumprimento a um mandado de prisão por violência doméstica. Mas disse que não conseguiu vê-lo. Ela levou toalha e cobertores para Flávio.

- Vim visitar meu filho. Não acredito no envolvimento deles. Eu quero justiça para morte do meu marido. Eu quero justiça seja quem for - disse ela, enquanto caminhava em direção ao seu carro, um Mercedes Benz, e cercada por jornalistas.

 

Flordelis disse ainda que foi à delegacia para tentar entender as coisas e que não sabia que havia uma arma em casa.

Perguntada se entregou à polícia o celular do marido, o pastor evangélico Anderson Carmo de Souza, ela balançou a cabeça positivamente. Flordelis chegou à delegacia às 11h58m e foi 12h26m.

Na chegada à delegacia, Flordelis dissera que tinha ido apenas que "ver como estão as coisas". E negou que tenha sido intimada a prestar depoimento. O advogado também negou que o filho de Flordelis, Lucas Santos, tenha confessado e incriminado o irmão. Fonte do jornal "EXTRA" na Polícia, no entanto, disse que ele admitiu participação no crime.

 

Além de tramar morte do pai com irmão, filho de Flordelis participou de execução de pastor

flávio.jpg

Flávio Rodrigues, filho da deputada Flordelis, foi preso após enterro. Ele é apontado como um dos mandantes do crime - Cléber Mendes / Agência O DIA

por Rafael Nascimento

----

Rio - A Polícia Civil aponta que, além de tramar a morte do pai adotivo, o pastor Anderson do Carmo, Lucas dos Santos, de 18 anos, participou efetivamente da execução, ocorrida na casa da família em Pendotiba, Niterói. Segundo fontes da investigação, o jovem confessou que matou o pai e acusou de ser o mandante o irmão Flávio dos Santos Rodrigues, 38 anos, filho biológico da deputada federal Flordelis, de encomendar o crime. A motivação seria um caso extraconjugal da vítima e os dois foram presos por outros crimes.


Várias equipes da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) estão dividas na investigação para concluir o mais rápido possível o caso. A quebra do sigilo telefônico dos envolvidos foi solicitada à Justiça para reforçar as investigações. As câmeras de segurança da casa do casal mostram nitidamente os assassinos de touca ninja matarem o pastor. "Eles não eram criminosos profissionais, diante do modus operandi do crime", diz uma fonte.


Lucas dos Santos foi adotado por Floderlis e Anderson. Ele foi preso no domingo depois de descumprir medida protetiva domiciliar por envolvimento com tráfico de drogas, quando ainda era menor de idade. Como não havia se apresentado ao Fórum, teve um mandado de prisão expedido.

Já Flávio é filho biológico da deputada, mas foi registrado também pelo pastor. Ele foi preso no cemitério logo após o sepultamento do pai adotivo devido também ao descumprimento, mas de uma medida protetiva determinada em janeiro deste ano.

18
Jun19

Filhos executaram o pastor com 30 tiros

Talis Andrade

flordelis.jpg

 

 

por Gustavo Goulart


Policiais da Delegacia de Homicídios de Niterói e São Gonçalo (DHNSG) já sabem que Lucas dos Santos, de 18 anos, um dos filhos adotados pela deputada federal e pastora evangélica Flordelis e pelo pastor Anderson do Carmo de Souza, foi um dos executores do assassinato dele ocorrido na madrugada de domingo. E que um dos mandantes do crime foi Flávio Rodrigues de Souza, de 38 anos, filho biológico de Flordelis. Ambos foram presos na segunda-feira. Flávio de Souza tinha um mandado de prisão pendente por violência doméstica e foi preso durante o sepultamento do corpo de Anderson no cemitério Memorial de Nictheroy, no bairro Laranjal, em São Gonçalo. Já Lucas foi preso no momento em que prestava depoimento na DHNSG. Contra ele, havia um mandado de apreensão por tráfico de drogas quando ele ainda era menor de idade.

O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), do Ministério Público do estado, entrou no caso que investiga a morte do pastor evangélico.

O motivo do crime seria uma traição de Anderson, que estaria mantendo uma relação amorosa extraconjugal. Ao prestar depoimento, Lucas se contradisse e teria decidido confessar o crime e acusar Flávio de ser um dos mandantes depois que policiais mostraram imagens de câmeras de segurança em que ele aparece na cena do crime. Transtornado, Lucas incriminou Flávio e contou detalhes que estão auxiliando a polícia na investigação do crime. Ao menos sete dos 30 tiros disparados contra pastor atingiram região pélvica. (leia aqui)

 

17
Jun19

Marido da deputada Flordelis executado com 15 tiros

Talis Andrade

sonho flor delis.jpg

marido flor delis.jpg

Flordelis e o pastor Anderson se conheceram em dezembro de 1991. A cantora chamou a atenção do pastor por fazer um trabalho de evangelismo entre traficantes. Por causa disso, ele foi até a igreja que ela frequentava no Jacarezinho, comunidade da Zona Norte do Rio de Janeiro, e a viu pela primeira vez no altar tocando violão e cantando.

Anderson começou a frequentar a igreja e certa noite, quando percebeu que Flordelis não se sentia bem, pediu para acompanhá-la até em casa. No trajeto, que deveria ser tranquilo, eles se depararam com uma mãe que estava desesperada porque seu filho seria morto por traficantes. A cantora interferiu pelo jovem e depois de conversas e oração conseguiu que ele fosse solto pelos criminosos.

– Naquele dia ali eu acho que passei pelo teste da irmã Flor. Nós começamos então a paquerar. E sabe como é namoro de crente, é um namoro sério. Então já marcamos o casamento e em abril de 1994 nós casamos e estamos juntos até hoje, pais de 55 filhos – contou Anderson, animado. (Fotos)

flor delis.jpg

O pastor foi assassinado na madrugada deste domingo (16) depois de voltar para casa com a deputada, em Pendotiba, Niterói. Anderson Carmo foi executado por volta das 4h, com diversos tiros, pouco tempo após chegar.

Segundo Flordelis, o ataque a tiros aconteceu depois que Anderson voltou à garagem para buscar algo que esqueceu no carro. Os criminosos estavam de toucas ninja e o esperavam no quintal, onde já tinham dopado o cachorro - a fim de não alertar sobre a invasão.

A principal hipótese investigada pela polícia é a de execução. O corpo de Anderson tinha mais de 30 perfurações - entre as provocadas por entradas e saídas de projéteis.

A deputada prestou depoimento neste domingo e falou que o marido tentou evitar que criminosos entrassem em sua casa.

"Eu só fui dar um passeio com meu marido, mais nada, gente... Só um passeio, que acabou desta forma, [com ele] perdendo a vida protegendo a casa, protegendo a família. O que ele tentou foi evitar que... Infelizmente abriu o portão da garagem e ele tentou evitar que eles entrassem dentro da casa. Ele sacrificou a vida dele para proteger a família", contou.

O pastor deixa 55 filhos - 4 biológicos e 51 adotados.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub