Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CORRESPONDENTE

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

Os melhores textos dos jornalistas livres do Brasil. As melhores charges. Compartilhe

O CORRESPONDENTE

30
Mai21

29M: De Norte a Sul, capitais fazem grandes manifestações contra Bolsonaro

Talis Andrade

Rio de Janeiro teve atos pela manhã. Os manifestantes caminharam pela Avenida Presidente Vargas e ocuparam três faixas da pista. Foto: Pedro Rocha

 

Da RBA

As manifestações pelo “Fora Bolsonaro” foram intensas e reuniram milhares de pessoas, na manhã deste sábado (29), em diversas capitais do Brasil, que se mobilizaram no chamado #29M. Em cidades do Norte ao Sul do país, manifestantes pediram a saída do presidente Jair Bolsonaro e pediram por “vacina e comida no prato”. Cerca de 200 cidades estão mobilizadas em todo o mundo pelo 29M. Os atos denunciam a decisão do governo federal em não comprar vacinas, a omissão em políticas de combate à pandemia de covid-19 e a ausência de um auxílio emergencial.As manifestações do 29M foram convocados por movimentos populares reunidos nas frentes Povo sem Medo e Brasil popular, e também por movimentos estudantis e coletivos independentes. Diante da preocupação com o contágio de coronavírus, as manifestações exigiram o respeito ao uso máscara e ao distanciamento entre as pessoas.

Outras capitais ainda possuem atos programados para hoje. Em São Paulo, por exemplo, a concentração iniciada às 16h, no Museu de Artes de São Paulo (Masp), sai neste momento, 17h, em direção à Praça Roosevelt. Em Porto Alegre, o ato previsto para começar às 15h, em frente à sede da Prefeitura, já concentro milhares de pessoas. Assim como Curitiba, também com milhares de manifestantes reunidos a partir das 16h, na Praça Santos Andrade. Na maioria das demais capitais, os atos foram realizados pela manhã.

Belém no 29M

A capital do Pará reuniu milhares de pessoas. Centrais sindicais, movimentos, partidos, estudantes, religiosos e outras categorias de trabalhadores foram às ruas pelo “Fora Bolsonaro” nesta manhã.

(Foto: Brenda Baliero)
(Foto: Pedro Matos)

Porto Velho pelo ‘Fora Bolsonaro’

O dia de luta pelo ‘Fora Bolsonaro’ também aconteceu em Porto Velho-RO, com estudantes, num ato em frente a Universidade Federal de Rondônia, que se encontrou com a carreata na Avenida 7 de setembro. Centenas de carros percorreram a região central, a zona sul e a zona leste da cidade.

(Foto: Comunicação FBP RO)
(Foto: @ @orienhips / Twitter)

Palmas nas ruas

Na capital do Tocantins, manifestantes caminharam pela Avenida Jucelino Kubitschek e entoaram o grito de “Genocida!” contra Bolsonaro.

(Foto: @mauhashi)
(Foto: @ @gabidebiazzi)

Salvador no 29M

Em Salvador, juventude e estudantes hoje foram ao bairro Campo Grande para dizer lutar pela universidade pública, por saúde e pela vida digna.

(Foto: Mídia Ninja)
(Foto: Felipe Iruatã)

São Luís do Maranhão na luta

Na capital maranhense, milhares de pessoas caminharam e protestaram no 29M. Durante o ato, pessoas seguravam uma cruz preta em protesto às 450 mil mortes por covid-19 no Brasil.

(Foto: Ingrid Barros)

João Pessoa protesta

Na capital da Paraíba, uma carreata foi organizada e saiu da Praça da Independência e se dirigiu ao Parque da Lagoa. O ato já se encerrou.

Aracaju no 29M

A juventude de Sergipe se concentrou para o ato pelo Fora Bolsonaro e em defesa da universidade pública, na Praça dos Mercados, região central da capital.

Maceió na luta

Com concentração na Praça Centenário, a manifestação na capital de Alagoas foi organizada pelos movimentos sociais e partidos políticos de oposição ao governo Bolsonaro. A organização estima a participação de 5 mil pessoas.

(Foto: Vitor Braga)

Goiás contra Bolsonaro

Neste sábado, movimentos sociais, sindicatos e organizações populares foram às ruas por Fora Bolsonaro em diversas cidades de Goiás. Foram registrados atos na capital, Goiânia, além de cidades como Jataí, Pirinópolis e Catalão. Na capital, milhares de pessoas protestaram pelo 29M.

(Foto: @lunaflavia)

Campo Grande no 29M

A manifestação em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, teve as medidas de segurança respeitadas, com máscara, álcool em gel e distanciamento.

Florianópolis também resiste

Na capital de Santa Catarina, a organização estimou cerca de 20 mil pessoas presentes na manifestação contra Bolsonaro.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2024
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2023
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2022
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2021
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2020
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2019
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2018
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2017
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub