Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

31
Mai19

Bolsonaro nomeará 15 ministros na cúpula do Judiciário

Talis Andrade

A correria pelos cargos começou na campanha eleitoral

STF-BÍBLIA ministro evangélico.jpg

mpaiva vaga stf ministro.jpg

 

 

O pacto de Dias Toffoli, presidente do Superior Tribunal de Justiça, com Jair Bolsonaro, o acordo de Sergio Moro durante a campanha eleitoral para prender Lula, a romaria dos desembargadores e procuradores da Lava Jato ao Palácio do Planalto sintonizam as ambições dos togados para levar vantagem em tudo.   

Em 4 anos, Bolsonaro nomeará 15 ministros na cúpula do Judiciário; 2 no STF. Estas duas vagas teriam sido negociadas com Sergio Moro e com Gebran Neto.

barganha Moro-no-STF-final.jpg

 

Escreve Felipe Amorim: "Eleito para comandar o país até 2022, quando poderá disputar a reeleição para mais quatro anos no poder, o presidente Jair Bolsonaro (PSL) deverá nomear em seu mandato ao menos 15 ministros da cúpula do Judiciário formada pelos tribunais superiores responsáveis por julgar em apelação final os recursos de cada ramo especializado da Justiça, além do STF, última instância do país. 

Esse número é previsto com base nas aposentadorias obrigatórias aos 75 anos de idade que devem ocorrer até 2022 entre os ministros hoje em atividade. Em 2015, o Congresso Nacional aprovou uma emenda à Constituição que ampliou de 70 para 75 anos a idade da aposentadoria compulsória dos ministros dos tribunais superiores. Leia mais 

Que mais cobiçam os togados? Manter os privilégios, o luxo de mais de cem palácios da justiça, as cortes repletas de serviçais, para uma vida principesca, que inclusive garante pensões herdadas e vitalícias para as filhas solteiras, isto é, que não casaram no civil. 

Moisés Mendes comentou:

Já li e reli umas quatro vezes, mas não acredito no que leio. Não acredito que Bolsonaro recebeu, para um chá da tarde, o desembargador Victor Luiz dos Santos Laus, que assumirá a presidência do Tribunal Federal da 4ª Região em Porto Alegre. Laus participou do julgamento dos recursos do processo que condenou Lula pelo tríplex do Guarujá e irá presidir o TRF4 durante os julgamentos de outros processos, incluindo o do sítio de Atibaia. Eu, como cidadão, considero constrangedor que um juiz que reafirmou a condenação do maior adversário político de Bolsonaro (e que irá presidir o tribunal que continuará julgando esse adversário) se reúna com Bolsonaro.

trf4 cruz espada.jpg

aroeira- trf4 .jpg

 

Somente depois de prometida por Moro, da garantia da prisão de Lula, que teve até rezas e jejum do beato Salu, procurador Deltan Dallagnol, Bolsonaro se lançou candidato a presidente. 

dallas jejum encorajamento .jpg

 

Gebran Neto fez romaria em Brasília, na posse de Bolsonaro, como ministro pré-indicado para o STF, na companhia da deputada federal mais votada do Brasil Joice Hasselmann.

gebran joice .jpeg

joice e gebran.png

 

Durante evento em um templo da Assembleia de Deus em Goiânia (GO), o presidente Jair Bolsonaro questionou, no dia 31 maio último:


Então, com todo respeito ao Supremo Tribunal Federal, uma pergunta: existe algum, entre os 11 ministros do Supremo, evangélico, cristão assumido? Não me venha a imprensa dizer que eu quero misturar a Justiça com a religião. Todos nós temos uma religião ou não temos. E respeitamos e tem que respeitar. Será que não está na hora de termos um ministro do Supremo Tribunal Federal evangélico?

conversao ministro.jpg

ministro -do-stf- evangelico moro.jpg

ministro evangélico.jpg

 

Na véspera, no dia 30, Bolsonaro recebeu no Planalto o ministro Humberto Martins, que é corregedor nacional de justiça, acompanhado do filho primogênito, que chama de 01, senador Flávio Bolsonaro. 

Denuncia a revista Forum:

"Sendo corregedor nacional de Justiça, cabe ao ministro Humberto Martins, que integra o STJ (Superior Tribunal de Justiça), receber reclamações e denúncias de qualquer interessado, relativas aos magistrados e aos serviços judiciários auxiliares, serventias, órgãos prestadores de serviços notariais e de registro que atuem por delegação do poder público ou oficializados”.

A BBC News Brasil reúne aqui as principais denúncias contra Flávio Bolsonaro e o que ele diz a respeito delas:

Caso Queiroz

flavio bolsonaro queiroz.jpg

 

O Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), órgão ligado ao Ministério da Fazenda que atua na prevenção e combate à lavagem de dinheiro, produziu um relatório de inteligência financeira que sinaliza movimentações atípicas de diversas pessoas ligadas à Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj). Entre elas, Fabricio Queiroz, um policial militar aposentado que foi motorista e segurança de Flávio Bolsonaro e é amigo do presidente Jair Bolsonaro desde os anos 1980.

queiroz flavio bolsonaro_twitter.png

 

Segundo o Coaf, Queiroz movimentou R$ 1,2 milhão entre janeiro de 2016 e janeiro de 2017. Uma reportagem do jornal O Globo afirma ainda que, entre 2014 e 2015, outros R$ 5,8 milhões entraram e saíram da conta de Queiroz, valor que chamou a atenção do Coaf por ser incompatível com o salário que ele recebia como policial e assessor.

O servidor estadual ganhava R$ 8.517,16 como assessor parlamentar no gabinete de Flávio, além de acumular rendimentos mensais de cerca de R$ 12,6 mil da Polícia Militar fluminense, onde trabalhou, a título de aposentadoria.

A investigação do Ministério Público Federal, um desdobramento da Operação Lava Jato, buscava identificar movimentações suspeitas que poderiam estar relacionadas a pagamento de propina a deputados em troca de apoio ao governo de Sérgio Cabral no Rio de Janeiro.

Em meio aos levantamentos do Coaf, foram identificadas movimentações que não tinham relação com o esquema da Lava Jato, mas que indicavam possível prática da "rachadinha" - devolução de salários por parte dos funcionários de gabinetes.

Uma das transações na conta de Queiroz citadas no relatório do Coaf é um cheque de R$ 24 mil destinado à primeira-dama, Michelle Bolsonaro.

michelle bolsonaro epa:joedson alves: bbc.jpgRelatório do Coaf aponta que uma das transações na conta de Queiroz é um cheque de R$ 24 mil destinado à primeira-dama, Michelle Bolsonaro

 

Desde que o caso veio à tona, Fabricio Queiroz e Flávio Bolsonaro faltaram aos depoimentos marcados pelo Ministério Público. O parlamentar afirmava que buscava ter acesso aos autos antes de depor, mas em seguida ele pediu suspensão das investigações ao STF (Supremo Tribunal Federal) sob alegação de quebra de sigilo bancário e desrespeito a sua prerrogativa de foro privilegiado. O ministro Luiz Fux atendeu ao pedido até a volta do recesso do relator do caso, Marco Aurélio Mello.

Fux-e-Flavio-Bolsonaro.jpg

 

Emprego para familiares de miliciano

adriano magalhães da nóbrega.jpg

adriano magalhães da Nóbrega .png

Capitão da PM Adriano Magalhães da Nóbrega, que se encontra foragido da Justiça

 

Até novembro de 2018, Flávio Bolsonaro empregou em seu gabinete a mãe e a mulher do ex-capitão da PM Adriano Magalhães da Nóbrega, acusado de comandar milícias em comunidades como Rio das Pedras e Muzema, na zona oeste da cidade do Rio de Janeiro.

O caso veio à tona na terça-feira 22 de janeiro último, quando foi deflagrada uma operação do Ministério Público contra 13 suspeitos de envolvimento com milícias. Nóbrega, que está foragido, e Ronald Paulo Alves Pereira, preso na ação, foram homenageados na Alerj em 2003 e 2004 por indicação do deputado estadual Flávio Bolsonaro.

ronald paulo alves pereira, major pm.jpg

ronald paulo alves pereira vulgo maj ronald ou tar

Preso Ronald Paulo Alves Pereira

 

Nóbrega estava preso sob acusação de homicídio quando foi homenageado por Flávio Bolsonaro com a Medalha Tiradentes, a mais alta honraria da Assembleia Legislativa. Ele foi condenado pelo Tribunal do Júri, mas em seguida conseguiu um novo julgamento e foi solto e absolvido.

Tanto Pereira quanto Nóbrega são suspeitos de integrar o Escritório do Crime, grupo de extermínio que pode, segundo investigações da polícia do Rio de Janeiro, estar envolvido no assassinato da vereadora Marielle Franco (PSOL) em março de 2018.

marielle laranja_geuvar.jpg

nani presos matadores marielle.jpg

 

A mãe de Adriano Magalhães da Nóbrega e ex-assessora de Flávio Bolsonaro, Raimunda Veras Magalhães, também é citada no relatório do Coaf que identificou movimentações financeiras atípicas de Fabrício Queiroz.

bolsonaro moro milícia escritório do crime.jpg

 

Rio-das-Pedras.jpg

Rio das Pedras: desmatamento, grilagem de terra, construção irregular de edifícios, especulação imobiliária na Zona Oeste do Rio de Janeiro

 

 

31
Mai19

BAIXARIA DE BOLSONARO: TRANSFERE NAMORADA DE LULA PARA FOZ, A 630 KM DE CURITIBA

Talis Andrade

rosangela -silva-lula-.jpeg

rosangela-silva-janja-lula-40 anos.jpeg

rosangela-da-silva-namorada-lula-.jpg

Lula e rosangela.png

Rosângela da Silva, Janja, 40 anos

 

A imprensa noticiou que o ex-presidente Lula estava namorando a socióloga Rosângela da Silva, que trabalha na Itaipu Binacional há 16 anos, no escritório de Curitiba.

Se ela quiser continuar na empresa terá que se mudar para Foz do Iguaçu, a 630 km da capital do Paraná, onde Lula está preso, condenado pelo ministro da Segurança Pública de Bolsonaro, Sérgio Moro.

A transferência da funcionária foi assinada pelo diretor-geral brasileiro da usina, Joaquim Silva e Luna, que foi indicado ao cargo em fevereiro, pelo vingativo e perseguidor presidente Jair Bolsonaro (PSL).

Bolsonaro traça o perfil partidário do Superior Tribunal de Justiça:

Pelo perfil dos nossos ministros, ele [Lula] não terá chance no que depender de nós, não terá chance de conseguir sua liberdade na forma da lei”, declarou o presidente.

Em discurso durante café da manhã nesta quinta-feira (30), o presidente Jair Bolsonaro disse que a Justiça está "ao nosso lado", ao se referir a presença do presidente do STF, Dias Toffolli.

A declaração foi durante encontro com deputadas federais e senadoras, no Palácio do Planalto. Bolsonaro disse que o presidente do Supremo "tem sido uma pessoa excepcional" desde que ele chegou ao Palácio do Planalto.

"A força do Executivo e do Legislativo juntos, com todo o respeito ao Dias Toffoli (risos), é muito forte. E é muito bom nós termos aqui a Justiça ao nosso lado, ao lado do que é certo, ao lado do que é razoável e ao lado do que é bom para o nosso Brasil", afirmou o presidente, segundo reportagem do jornal O Globo.

Bolsonaro disse ainda que está interessado em fazer um país que vá no sentido certo. "E nós juntos agora, juntamente com o Poder Judiciário, atingiremos esse objetivo, porque acima de tudo nós temos Deus no coração", acrescentou.

Lula-ta- namorando .jpg

 

Em 28 de outubro último, discursando por telefone celular para manifestantes reunidos na avenida Paulista, Bolsonaro mandou um recado para Lula:

“Seu Lula da Silva, vou te dizer uma coisa: você vai apodrecer na cadeia”.

ALIANÇA-LULA namorando.jpg

 

31
Mai19

Weintraub vai ficar cantando na chuva

Talis Andrade

 

ministro nazista abraão na chuva.jpeg

 

 
Ao estimular, oficialmente, a delação de professores por parte de alunos e proibir manifestações de protesto, até mesmo aos pais dos alunos, o ministro da Educação Abraham Weintraub introduz no país parte da cartilha nazista adotada na Alemanha de Hitler e agride a constituição brasileira, que garante manifestações pacíficas de qualquer setor da sociedade que se sinta prejudicado por ações ou atitudes do estado.
 
 

E ainda tenta colocar em prática, por conta própria, o projeto Escola sem Partido, à revelia dos deputados e da sociedade, que o rejeitaram.

Weintraub, cujo nome não foi citado nas manifestações de ontem devido, provavelmente, à dificuldade em pronunciá-lo e encontrar uma rima para ele está com os dias contados no ministério.

Deverá ser alvo de ações por sua destituição, uma delas já anunciada pelo deputado e ex-presidente da UNE, Orlando Silva. E os estudantes não vão descansar enquanto ele não cair.

O clima policialesco que pretende introduzir nas universidades brasileiras fere as garantias individuais previstas no artigo 5º. da constituição e intoxica um ambiente no qual a liberdade de pensamento deve ser estimulada e não reprimida.

Como mostrou em seu vídeo de ontem, Weintraub vai ficar cantando na chuva.

 

31
Mai19

REINALDO: ENQUANTO SANGUE CORRIA NO AM, MORO FAZIA POLÍTICA EM PORTUGAL

Talis Andrade

moro licença matar massacre manaus reinaldo .jpg

 

 

247 - O jornalista Reinaldo Azevedo, em sua coluna no UOL, criticou a postura omissa do ministro da Segurança Pública, Sérgio Moro: "Que coisa! Enquanto os valentes da chamada 'nova política brincam de caçar e cassar viés ideológico — só o dos adversários, claro! — e de atropelar a institucionalidade, aquela parte do país real que mata e que morre como quem diz 'hoje é segunda-feira' vai esparramando sangue e emprestando cores sempre mais fortes à tragédia brasileira".

"Nesta segunda, 40 presos foram assassinados em três presídios de Manaus: o CDPM1 (Centro de Detenção Provisória Masculina 1), o Ipat (Instituto Penal Antônio Trindade) e UPP (Unidade Prisional do Puraquequara). Os cadáveres se juntam, menos de 24 horas depois, aos 15 produzidos no domingo, num provável confronto entre dois partidos do crime que atuam no Complexo Penitenciário Anísio Jobim: PCC e Família do Norte. Nesse mesmo local, em janeiro de 2017, 59 detentos foram assassinados numa rebelião que durou 17 horas".

"O Ministério da Justiça anuncia o envio para o Amazonas de um destacamento da Força-tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP) para atuar no Complexo Penitenciário Anísio Jobim".

"Alguns leitores, claro!, esperam que eu culpe Sérgio Moro pelo ocorrido. Culpar? Eu prefiro falar em responsabilidade. No domingo, com os 15 cadáveres já empilhados, o ministro da Justiça foi ao Twitter para falar sobre os protestos a favor de Bolsonaro. Escreveu: "Festa da democracia. Povo manifestando-se em apoio ao Pr Bolsonaro, Nova Previdência e ao Pacote anticrime. Sem pautas autoritárias. Povo na rua é democracia. Com povo e Congresso, avançaremos. Gratidão". Como já destaquei aqui, os bolsonaristas já haviam atacado o presidente da Câmara, o Congresso, o Supremo e a imprensa. E defendido, claro!, que Moro fique com o Coaf".

"O ministro está de novo em Portugal — pela segunda vez em pouco mais um mês, como destaca o jornal português Diário de Notícias."

"No domingo, dia em que 15 pessoas morreram, ele ainda fez outra coisa: retuitou uma mensagem do presidente Jair Bolsonaro em que este se referia às manifestações afirmando que a "grande maioria foi às ruas com pautas legítimas e democráticas, mas há quem ainda insista em distorcer os fatos." Na imprensa, colhem-se títulos às pencas na linha "Moro manda força-tarefa para o Amazonas", como se estivesse atuando com excepcional prontidão. Uma tragédia havia acontecido em sua área de atuação naquele domingo, e ele estava no Twitter, bem longe do Brasil, fazendo proselitismo político. Outra ainda maior se deu nesta segunda. Até a noite, madrugada de terça naquele país, nenhuma manifestação do ministro. O envio da força-tarefa é uma obrigação que lhe impõe o Departamento Penitenciário Nacional, não uma diligência do ministro zeloso".

massacre presos manaus_pater.jpg

 

O Ministério da Justiça anuncia o envio para o Amazonas de um destacamento da Força-tarefa de Intervenção Penitenciária (FTIP) para atuar no Complexo Penitenciário Anísio Jobim.

Alguns leitores, claro!, esperam que eu culpe Sérgio Moro pelo ocorrido.

Culpar? Eu prefiro falar em responsabilidade. No domingo, com os 15 cadáveres já empilhados, o ministro da Justiça foi ao Twitter para falar sobre os protestos a favor de Bolsonaro. Escreveu: "Festa da democracia. Povo manifestando-se em apoio ao Pr Bolsonaro, Nova Previdência e ao Pacote anticrime. Sem pautas autoritárias. Povo na rua é democracia. Com povo e Congresso, avançaremos. Gratidão". Como já destaquei aqui, os bolsonaristas já haviam atacado o presidente da Câmara, o Congresso, o Supremo e a imprensa. E defendido, claro!, que Moro fique com o Coaf.

 

30
Mai19

Moro manda Força Nacional proteger MEC dos protestos da esquerda

Talis Andrade

30m chuva .jpg

força nacional.jpg

cacete polícia por Lucas Nine.jpg

livro arma polícia pm professor estudante protest

 

 

por Tarciso Morais

---

Protestos foram convocados por movimentos estudantis em ao menos 150 cidades, segundo a União Nacional dos Estudantes (UNE).


O ministro da Segurança Pública, Sérgio Moro, mandou a Força Nacional cercar e proteger [proteger dos estudantes?] a sede do Ministério da Educação na Esplanada dos Ministérios, em Brasília [O Ministério deixou de ser da Educação? Deixou de ser a casa dos estudantes?]

O pedido partiu do próprio MEC, comandado pelo ministro [indicado por Olavo de Carvalho, astrólogo residente nos Estados Unidos] Abraham Weintraub, e foi publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira (30).

A principal pauta dos protestos, segundo os movimentos estudantis, é o fim do contingenciamento de verbas de universidades públicas [Contingenciamento, eufemismo para cortes no Orçamento, tesourada na Educação]

Em Brasília, a manifestação foi marcada no Museu Nacional, às 10h. Segundo evento publicado na rede social Facebook, ao menos 2.700 pessoas comparecerão ao ato.

Nesta quarta-feira (29), em vídeo publicado no YouTube, o ministro Weintraub denunciou que há “coação” por parte de professores pela participação de estudantes nos atos.

“Estamos recebendo aqui no MEC cartas e mensagens de muitos pais de alunos citando explicitamente que alguns professores, funcionários públicos, estão coagindo os alunos e que serão punidos de alguma forma caso eles não participem das manifestações”, afirmou o ministro. Confira aqui. Apenas 2.700 pessoas em Brasília é de fazer rir. Não se sabe quem mente mais: se o jornalista ou o ministro do guarda-chuva. 

bolsonaro livro educação.jpg

brasilia 30m.jpg

 

30
Mai19

O profeta do protesto pela Educação

Talis Andrade

30m será maior.jpg

 

 

por Urariano Mota

- - -

Escrevo esta coluna antes de sair para a Rua da Aurora. Daqui a pouco, poderei viver com a gente rebelde os protestos pela educação no Recife.

O ideal seria escrever depois da Aurora, é claro. Mas o pouco tempo que tenho para mais de um dever, me faz virar um pretenso profeta, porque sei ou imagino saber o que virá.

Quero dizer: daqui a pouco, os estudantes, mulheres, crianças, idosos e jovens encherão com esperança e indignação toda a linda paisagem às margens do Capibaribe. E não imagino pouco. Quem já esteve na manifestação anterior, quem já viu antes, sabe que um protesto no Recife se faz com alegria e criação. Isto é, descem para a rua os blocos de carnaval, com especial destaque para o dragão do Eu Acho é Pouco, que evolui ao som de frevo de rua. O belo animal, levado por muitas cabeças, se torna o Dragão da Consciência contra o Fascismo.

E sei que haverá gritos e palavras de ordem, das quais a de maior sucesso é "Ai, ai, ai, ai. Bolsonaro é o Carai. Ai, ai, ai, ai, Bolsonaro é o Carai." E haverá tiros, estrondos de trovão, dos Bacamarteiros de Caruaru, que atiram para o céu, pois não querem matar agora. Todos vestidos com chapéus de vaqueiro do sertão ou cangaço. E com as mulheres de frente, bacamarteiras também, atirando e sorrindo do susto que levamos.

- Tá com medo? perguntarão.

E responderemos:

- Não, eu tou é com Lula.

E haverá jovens da escola pública, mui bem vestidos com seus uniformes dos colégio, e haverá universitários e universitárias de todas faculdades, e belas mulheres, e belos militantes, lindos negros e negras com seus orgulhosos e justos e dignos cabelos afros. E verei mais uma vez famílias com bebês, com criancinhas. E darei a mãos aos amigos e conhecidos gays, a meus irmãos LGBT, porque este fascismo nos repôs a todos como companheiros inseparáveis. Então eu sei que o sentimento mais comum será, em meio às ruas engarrafadas, ao trânsito congestionado, debaixo de todo aperreio, sei que teremos todos um sorriso de felicidade. Nós nos vemos e nos refletimos uns aos outros. E sem palavras, só aos cumprimentos queremos dizer e falar:

- Como é bom estar aqui.

Mas só daqui a pouco. No momento em que escrevo, o profeta apenas imagina o que virá. Mas sabe porque viu antes.

juventude revolução urariano.jpg

 

Sabe porque narrou no romance A mais longa duração da juventude:

"Estou livre na rua e as janelas todas se abrem no espaço. Então ouço vozes, muitas vozes, e tambores. O que é isso? O que é essa alucinação? Estou na calçada, o trânsito parou. É verdade, é real, uma passeata de professores e estudantes caminha na avenida. Eles gritam, estendem faixas e pedem assinaturas num abaixo-assinado. 'Mais educação, salário digno para os mestres'. Com a mão trêmula, porque estou encantado, movido e comovido, assino. E volto os olhos para os manifestantes, que são muitos e ruidosos. Pareço ouvir 'abaixo a ditadura' em outras vozes, em novas bandeiras".
Assim foi, assim é, assim será daqui a pouco. E sempre, sem a menor dúvida, eu sei. Mas ser profeta assim é fácil.

 
30
Mai19

Guarda-chuva de Weintraub é “golden shower” na Educação

Talis Andrade

bolsonaro chuva de ouro ral.jpg

Weintraub Guarda chuva.jpg

damares chuva.jpg

 

por Fernando Brito

---

Não são apenas loucos, são moleques os que Jair Bolsonaro colocou a dirigir a Educação no Brasil.

A imagem do senhor Abraham Weintraub aí em cima não é uma montagem, é a reprodução de um vídeo que ele postou há pouco no Twitter.

Dando explicações ou mostrando medidas para promover a Educação e a Cultura?

Não, para debochar da notícia – que não desmente – de que menos verbas serão destinadas à reconstrução do Museu Nacional, dizendo que quem as tirou foram deputados que as teriam dirigido uma parte a outros projetos e que, como os projetos executivos não estão prontos, “não adiantariam” nada os recursos.

Não são apenas loucos, são moleques os que Jair Bolsonaro colocou a dirigir a Educação no Brasil.

A imagem do senhor Abraham Weintraub aí em cima não é uma montagem, é a reprodução de um vídeo que ele postou há pouco no Twitter.

Dando explicações ou mostrando medidas para promover a Educação e a Cultura?

Não, para debochar da notícia – que não desmente – de que menos verbas serão destinadas à reconstrução do Museu Nacional, dizendo que quem as tirou foram deputados que as teriam dirigido uma parte a outros projetos e que, como os projetos executivos não estão prontos, “não adiantariam” nada os recursos.

Como um exibicionista vulgar, faz isso imitando Gene Kelly e seu guarda-chuva em “Singing in the rain”. Leia mais 

 

dilúvio chuva 10 abril.jpg

 

30
Mai19

Como ministro, Weintraub revela-se ator precário

Talis Andrade

Weintraub Guarda chuva.jpg

por Josias de Souza

- - -

 

A gestão do ministro Abraham Weintraub (Educação) escorrega aceleradamente da ineficiência ideológica para o escárnio. Ele inventou uma nova modalidade de desmentido: o desmentido musical. A pretexto de reclamar de uma suposta "chuva de fake news" que cai sobre sua pasta, Weintraub estrelou nas redes sociais uma versão tosca do clássico "Cantando na Chuva".

Num vídeo levado ao ar nesta quinta-feira (30), o ministro negou que o MEC seja o responsável pelo corte de parte da verba destinada à reconstrução do Museu Nacional, administrado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Previa-se a liberação de R$ 55 milhões. Dinheiro proveniente de emendas orçamentárias providenciadas pela bancada federal do Rio no Congresso. Foram passados na lâmina R$ 11,9 milhões, o equivalente a 21,6% do total. Leia mais 

bolsonaro chuva de ouro_edcarlos.jpg

bolsonaro trumpo chuva.png

aroeira chuva de ouro.jpg

 

 

30
Mai19

Bispo de BH estuprou fiel, obrigou a fazer aborto e comer material abortado

Talis Andrade

bispo Marcos Aurélio de Freitas estuprador ladrã

bispo falso-profeta.jpg

 

A polícia civil prendeu o sádico estuprador Marco Aurélio de Freitas, 42 anos, bispo presidente da Igreja Internacional Plena Paz, com sede em Belo Horizonte. Conheça a operação batizada de Falso Profeta aqui

bispo estupro aborto sádico.jpg

Veja vídeo do predador sexual :

Crimes-foram-registrados-na-Igreja-Internacional-P

Os prejuízos cometidos pela quadrilha estão em torno de R$ 1 milhão, podendo chegar a quase R$ 2 milhões.

As primeiras prisões foram feitas na sexta-feira passada. O bispo e a esposa estavam em Goiás, quando ficaram sabendo da ação da polícia. A dupla chegou a negociar uma apresentação espontânea do delegado. Mas fugiu para Brasília. Os dois foram presos com apoio da polícia civil do Distrito Federal e trazidos para Belo Horizonte nesta quarta-feira (29).

Entre os crimes, o grupo pode responder por estelionato. O bispo Marco Aurélio de Freitas ainda é investigado por estupro, estupro de vulnerável e aborto de mulheres e crianças que frequentavam a igreja. Até agora, são pelo menos dez vítimas.

De acordo com a Polícia Civil, outras vítimas devem ser ouvidas nos próximos dias.

 

Pág. 1/20

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D