Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

23
Out17

A rua uma guerra

Talis Andrade

Temeroso e ansioso

o pai espera a filha

As notícias do dia

assustam e angustiam

 

No poroso asfalto

as marcas de sangue

dos assaltos e sequestros

das chacinas e estupros

 

A rua uma guerra

sem trégua

reino cidadela

dos cavaleiros da morte

em suas estridentes

vibrantes motocicletas

 

Atravessar os bairros

o perigo de transpor

as barreiras as sentinelas

impostas pelo medo

 

As boates os bares

os restaurantes

campos de caça

em que rondam

traficantes e vampiros

 

Na mais inocente festa

o grande risco

de ultrapassar fileiras

de bêbados e drogados

assediadores

 

Os aidéticos os serial-killers

os corruptos negociantes da noite

não usam sinos

 

Todas os dias o infortúnio

o desafio de transitar incólume

o Recife em guerra

 

 

----

A Poesia Desconhecida de Talis Andrade aqui 

 

23
Out17

I - Pequenas biografias de riquezas repentinas, Armínio Fraga

Talis Andrade

arminio.jpeg

 

Armínio, o Fraga, um clone de Henrique Meire les.

 

 

Fraga colocou o duplo dele na presidência do Banco Central. Um desconhecido cidadão de Israel, Ilan Goldfajn, que saiu de Haifa onde nasceu, direto para o Brasil de Michel Temer, o pequeno ditador vassalo e entreguista.

 

Fraga vale em ruindade dois indivíduos como Dória e Huck, que são duas barras da pesada.
Tudo uma questão de aceitar que a maldade tem medida.

E peso.

 

Fraga é tão ruim. Que avalia o Brasil pagar um salário mínimo alto demais para as posses das multinacionais, para a ganância dos piratas, inclusive dos agiotas banqueiros.

 

Fraga tem cara de pamonha, mas é mais sabido, mais ardiloso, mais sacana que uma legião de demônios.

 

Ninguém sabe como ficou rico assim de repente. De empregado de um terrorista internacional, de olheiro do especulador George Soros, a bilionário.


De bancário, que era, virou banqueiro.
Talvez a passagem pela presidência do Banco Central, nos tempos de Fernando Henrique presidente do Brasil, explique.

 

Quicá.

 

fraga 1.png

fraga 2.gif

fraga 3.png

 

 

 

 

 

 

23
Out17

Candidatos a presidente prometem fechar as praias de nudismo

Talis Andrade

Os partidos conservadores e igrejas evangélicas pretendem lançar a campanha "Direito da mulher ser recatada e do lar",  para combater a nudez no Brasil em todas as frentes: nas artes, nos meios de comunicação de massa, nas escolas (o uniforme sexy mini saia das estudantes), nas praias com a proibição do topless, nas igrejas (vestuário das mulheres e o erotismo de alguns santos e santas do catolicismo. De São Sebastião um nudismo feminino apreciado pelos homossexuais. De Santa Madalena os seios de fora), nos hospitais, pela falta de respeito com as parturientes praticamente despidas. Inclusive foi condenada a capa desta semana da revista Time.

 

time.750.jpg

 

 

O movimento, inspirado na primeira dama Marcela Temer, conta com o apoio dos candidatos a presidente Jair Bolsonaro da bancada da bala na Câmara dos Deputados, prefeito João Dória ("Apaguei das ruas de São Paulo todas as pichações com mulheres nuas"), Edir Macedo dono da Igreja Universal do Reino de Deus, que elegeu o sobrinho Marcelo Crivella prefeito do Rio de Janeiro, governador de São Paulo Geraldo Alckmin do conservadorismo católico da Opus Dei, apresentador e animador de TV Luciano Grostein Huck, ex-frequentador de praias internacionais que praticam o topless.   

 

Uma das primeiras medidas o fechamento das oitos praias oficiais de nudismo existentes no Brasil: na Paraíba, na Bahia, no Espírito Santo, no Rio de Janeiro e em Santa Catarina. Veja fotos,  da "pouca vergonha. Até crianças aparecem nuas para o voyeurismo dos pedófllos",  disse o vereador de São Paulo Fernando Silva Bispo, mais conhecido como Fernando Holiday, representando o MBL, Movimento Brasil Livre. Para Holiday, eis o mapa da safadeza:

mapa do nudismo .jpeg

 

 

Existem centenas de praias clandestinas de nudismo, também chamadas de "paraíso", nomeação que o pastor, cantor e senador Magno Malta considera uma blasfêmia. Duas delas fáceis de ser encontradas:

 

 Praia Brava (em Cabo Frio, Rio de Janeiro)

Praia Brava (São Paulo)

 

Praia-Brava. SP.jpg

 

Jurubá (em Paraty, Rio de Janeiro)

 

O nudismo é praticado em pelo menos outras 300 praias, segundo o ex-presidente da Federação Brasileira de Naturismo, André Herdy.

 

Nas áreas oficiais há várias regras de comportamento e a nudez não é apenas permitida por lei, ela é obrigatória! Afinal, os frequentadores conquistaram a autorização do governo para andar pelados e aplicar as regras do naturismo nesses locais, catequiza Herdy.  

 

A FBrN possui 11 associações, 5 clubes, 2 entidades parceiras, totalizando 18 entidades filiadas, ora ameaçadas.

 

Contra o puritanismo que ameaça o Brasil, a FBrN apresenta uma seleta de teses e artigos aqui  .

 

 

22
Out17

A morte encomendada de Milena Gottardi

Talis Andrade

BRA_AGAZ-2.jpg

A médica Milena Gottardi foi baleada na cabeça no dia 14 de setembro, quando saía do Hospital das Clínicas, em Vitória. A polícia disse que ela foi vítima de um crime de mando.

 

Os autores do feminicídio são o ex-marido dela, Hilário Frasson, e pai dele, Esperidião Frasson, que foram presos junto com dois intermediários e um executor. Leia mais.

 

arteb.jpg

 

 

22
Out17

Panama Papers, a queima de jornalistas

Talis Andrade

memória.jpg

 

 

O governo de Malta oferece uma recompensa “sem precedentes” no valor de um milhão de euros a quem tiver informações sobre o assassinato da jornalista Daphne Caruana Galizia, noticia o The Independent. A jornalista de 53 anos liderava investigação dos Panama Papers em Malta e morreu depois de um engenho explosivo ter detonado no seu próprio carro. Leia mais

 

A jornalista tinha apresentado há poucos dias uma denúncia avisando que havia recebido ameaças de morte, segundo informa o jornal Times of Malta. “Há canalhas para todos os lados para onde você olha agora. A situação é desesperadora”, escreveu em uma postagem meia hora antes de sua morte.

  

A explosão destruiu o carro em que viajava a jornalista perto de sua casa. A polícia explicou que a bomba era muito forte e que o veículo, um Peugeot 108, ficou despedaçado e espalhado pela área.

 

carro .jpg

 Destroços do carro de Caruana Galizia 

 

No início deste ano, a prestigiosa revista norte-americana Politico colocou Caruana Galizia entre as “28 personalidades que fazem a Europa se mover”, descrevendo-a como um “WikiLeaks inteiro em uma única mulher, que empreendeu uma cruzada contra a falta de transparência e a corrupção em Malta”.

 

A Comissão Europeia declarou estar "horrorizada" com o assassinato e pediu "que seja feita justiça". Os EUA também condenaram o caso e garantiram a ajuda do FBI na investigação. O governo maltês apelou à colaboração de todos os países europeus por considerar que "boa parte do caso está fora do país".

 

Daphne Galizia era a mais popular jornalista do seu país. Além dos casos envolvendo figuras de destaque em Malta, investigava temas internacionais, como o narcotráfico e contrabando de petróleo da Líbia.

 

O governo de Michel Temer guarda um sigilo curioso, quando existe o envolvimento de políticos e empresários brasileiros no Panama Papers, inclusive alguns casos investigados pela Lava Jato que também permanece silenciosa.

 

O papa Francisco lamentou o assassínio da jornalista de investigação Daphne Caruana Galizia, ocorrido em Malta, na última segunda-feira, dia 16 de outubro, qualificando a morte da repórter como “trágica”, divulgou a Santa Sé.

 

Num comunicado, a Santa Sé informou que a mensagem do pontífice foi enviada para o arcebispo de Malta, Charles J. Scicluna, e assinada, de acordo com as habituais formalidades, pelo secretário de Estado do Vaticano, cardeal Pietro Parolin.

 

Na mensagem, Francisco enviou as condolências à família da jornalista e referiu estar solidário com o povo de Malta.

 

“Entristecido com a trágica morte de Daphne Caruana Galicia, sua Santidade o papa Francisco oferece orações para o seu eterno descanso e pede-lhe amavelmente que transmita as suas condolências à família. (...) Também assegura a sua proximidade espiritual com o povo de Malta neste momento difícil e implora a bênção de Deus sobre a nação”, indicou a mensagem papal.

 

Daphne Caruana Galizia era a jornalista que liderava a investigação jornalística que ficou conhecida como “Papéis do Panamá” em Malta.

 

Também tinha um blogue onde denunciava líderes políticos. Uma das suas mais recentes investigações visava o primeiro-ministro de Malta, o trabalhista Joseph Muscat, e alguns dos seus assessores mais próximos.

 

Um dia depois da morte desta jornalista, que integrava o Consórcio Internacional de Jornalistas de Investigação (ICIJ), um dos seus filhos denunciou a “cultura de impunidade” sentida em Malta e acusou o governo de Joseph Muscat e outras autoridades de “cumplicidade” no crime.

 

Nessa mesma ocasião, Matthew Caruana Galizia referiu-se a Malta como um “Estado da máfia”.

 

 

 

22
Out17

Quanto custa o Vale do Rio Mais do Que Doce da riqueza encantada de Fernando Henrique?

Talis Andrade

fhc-borboleta.jpg

 

 

 

Fernando Henrique Cardoso comprou apartamento em Paris para uma vida de luxo e luxúria.
Comprou apartamento em Barcelona para a amante jornalista da TV Globo
Comprou apartamento em São Paulo para a atual companheira.
Comprou apartamento em São Paulo para a primeira esposa.
Comprou fazenda com aeroporto clandestino.
Comprou casa para a empregada doméstica, com quem teve um filho, fruto de assédio sexual, costume de patrão metido a branco que escraviza a negrinha bonita na cama.
Repassou palacetes para os filhos do primeiro casamento, todos com divícias escondidas, protegidos pelos sigilos fiscais e bancários, e a rendosa facilidade de não existir os impostos de fortuna e herança. 


FHC presidiu oito anos de leilões nas estatais. Entregou mais de setenta por cento das empresas públicas, em leilões quermesses, tudo a preço de banana, de fim de feira.

 

carmem-miranda.jpg

banana-fruto-proibido.jpg

 

 

Fatiou a Petrobras em várias empresas para negociar às escondidas, e ficou o Brasil com apenas uma parte esquartejada, com mais de 70 por cento das ações vendidas na bolsa de Nova Iorque.

Essa parte que ficou, apenas esse resto que ficou, e só nos tempos pós-FHC, vem sendo alvo da Operação Lava Jato de Sergio Moro.

Para se ter uma idéia da riqueza roubada, a Petrobras mutilada, empresa de economia mista, está classificada como a quarta maior empresa petroleira do planeta.

E antes, quando inteiriça?

Acrescente cinco leilões no Pré-Sal. 

 

marionette_justice__julian_pena_pai.jpg

                                               Ilustração Julian Pena - PAI 

 


A Terra só será habitada enquanto existir aquíferos. Os maiores estão no Brasil.

O Guarani, no Sul, Michel Temer anunciou a venda.

Recentemente foram descobertos dois aquíferos na Amazônia. Um deles, o Solimões, o mais imenso.

 

sistema-arquifero-amazonas.png

 

 

Incrivelmente, existe no Brasil, entre os que pedem intervenção militar, a campanha de venda da Amazônia.

 

revistainoveambiental.jpg

 

c3a1gua-josetxo-ezcurra.jpg

 


A Vale do Rio Doce, que vale trilhões e trilhões, a maior empresa mineradora do mundo, foi doada por dois bilhões. Foi o maior roubo da História da Humanidade em todos os tempos.

Dois bilhões não pagariam, na época do entreguismo, os portos com os navios, as ferrovias com os trens de carga, os aeroportos com os jatinhos, além dos prédios de propriedade da Vale no Brasil e no exterior.


Impossível colocar preço nas valiosas terras da Vale em vários estados brasileiros. Principalmente nos latifúndios na Amazônia, florestas e mais florestas.


Quanto renderam os minérios já explorados? Quanto vale os minérios a explorar? Principalmente minérios estratégicos, para a segurança nacional. Minérios atômicos. Minérios para as futuras revoluções industriais, para os novos inventos apenas imaginados na ficção científica, para as conquistas espaciais, para as futuras guerras nas estrelas.

Minérios que só existem no Brasil, a exemplo do nióbio.
A Vale também é rica em minas de ouro. Em minas de diamantes.

ferro.jpg

Ferro Carajás, a maior mina de ferro em exploração no planeta. LUNAE PARRACHO/REUTERS

 

vale_sede-1-1.jpg

 Edifício sede da Vale não valeu um tostão furado 

vale-6.jpg

vale-7.jpg

 

No "privatizar" o Brasil, FHC não levou nada. Não levou nada.
Fez tudo por amor.
Amor pelo Brasil não foi.

 

petrc3b3leo-joseba-morales.jpg

 

 

 

20
Out17

Terras e mais terras para os herdeiros e grileiros que mandaram matar Padre Gabriel Maire

Talis Andrade

BRA_AGAZ-3.jpg

 

 

 

Os nomes dos corruptos e covardes grileiros de terras, mandantes principais do assassinato do Padre Gabriel Maire, todo o Espírito Santo conhece. 

 

Padre Gabriel Maire foi morto em 23 de dezembro de 1989, quando passava de carro pela Rodovia Carlos Lindenberg, em Cobilândia, entre o município de Cariacica e Vila Velha. Os capangas estavam de tocaia. Os pistoreiros estão sempre na espera. Pagos pelos escravocratas.  

 

Era presidente do Brasil José Sarney e governador Freitas Mauro, ambos do PMDB, partido que voltou a governar o Brasil com Michel Temer. 

 

Escreveu João Baptista Herkenhoff: 


O Padre Gabriel Maire deu lições em vida e continua a dar lições depois de morto.

 

Em vida mostrou um caminho: nada se consegue sem luta; a força do povo está na união; a vontade de Deus é que todas as pessoas tenham condições para viver com dignidade; servimos ao Evangelho quando contribuímos na construção de um mundo mais justo; “prefiro morrer pela Vida a viver pela morte” (seu testamento, numa frase).

 

Morto, Gabriel continua a dar lições. A sentença que o considerou vítima de latrocínio foi anulada. A farsa do roubo seguido de morte foi concebida com uma falha primária. Os que trucidaram o padre deixaram no seu pulso um relógio francês. Pouco antes de sua morte, Gabriel Maire prestou depoimento à Comissão de Justiça e Paz da Arquidiocese de Vitória, relatando ameaças que estava sofrendo. Sua voz de Profeta, em favor da Justiça, com a Bíblia na mão, estava incomodando grileiros de terras urbanas e outros opressores do povo. Tendo em vista o conjunto das circunstâncias, não desanimaram os que desde o início negavam, inclusive através dos meios de comunicação, a versão da morte para roubar. Mas foi sobretudo a chama santa do advogado Ewerton Montenegro Guimarães que não permitiu que o grito por Justiça deixasse de ecoar. Falecendo Ewerton, dois jovens causídicos assumiram o processo e deram competente prosseguimento ao trabalho. Celebram eles agora, com milhares de pessoas, no Brasil e na França (e com Ewerton também, lá onde estiver), o deslinde da mentira. Gabriel ensinou a lutar e a luta para que se faça Justiça, no julgamento de sua morte, é lição que ele nos dá depois de morto.

 

O desmonte da trama homicida deve ser motivo de encorajamento para todos aqueles que pedem Justiça. Esta é mais uma lição que sua morte traduz. A batalha por Justiça é muitas vezes longa e árdua. Obstáculos são colocados no percurso: alguns por falhas estruturais do aparelho policial e judiciário; outros por comodismo, irresponsabilidade ou corrupção de autoridades; e outros ainda por maquinações dos têm na impunidade sua carta de alforria. Quando falamos em impunidade, não nos referimos aos delitos menores. Esses podem ser absorvidos pela sociedade, sem transtorno insuportável. Falamos na impunidade dos grandes delitos, a começar por aqueles que tiram a vida de alguém. A impunidade do homicídio é absolutamente intolerável. Mães que tiveram seus filhos assassinados, esposas que perderam o marido nas mãos de sicários, filhos que ficaram órfãos não desanimem. Gritem, peçam Justiça, porque “se os homens se calarem as pedras falarão”. E as pedras, desabando ruidosas e avassaladoras, acenderão consciências, pressionarão Poderes, arrancarão Justiça.

 

19
Out17

As cortes nos palácios e varas no lombo do povo

Talis Andrade

Claudia Wallin/ Radar Brasil

 

deusa justiça nua.jpg

 

 


Reportagem do SBT revela um verdadeiro banquete com o dinheiro público: restaurantes e lanchonetes exclusivos para juízes e desembargadores no TJ-Rio, que têm ainda academia de ginástica VIP, elevadores exclusivos e frota de veículos à disposição. O cardápio é farto, e tudo é de graça. O detalhe obsceno: cada magistrado já recebe, além do salário sempre em dia, um auxílio-alimentação mensal no valor de de 1,825 mil reais – dinheiro que compra 45kg de filé mignon por mês, ou 25 cestas básicas populares.

 

Os alimentos são entregues diariamente na sede do TJ-Rio por restaurantes e fornecedores caros. Garçons estão sempre de prontidão para saciar a fome das excelências, alheias à calamidade que as rodeia no Estado: salários atrasados, serviços públicos sucateados, miséria, servidores em dificuldades mais de um milhão de desempregados. E fome.

 

Veja o vídeo da reportagem:

https://www.msn.com/pt-br/noticias/watch/mordomias-bancadas-com-o-dinheiro-público-no-tribunal-de-justiça/vp-AAtGGOC

 

 

 

justiça imunda .jpg

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D