Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

13
Abr18

Lula preso político de delegados fanáticos

Talis Andrade

O Sindicato dos Delegados de Polícia Federal do Estado do Paraná (SinDPF/PR) solicitou nesta quarta-feira (11) por meio de um ofício enviado à Superintendência da PF, a transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva "para um local que ofereça condições melhores de segurança e que não cause transtornos ou riscos à população e funcionários da PF".

 

Piada: que "não cause riscos a funcionários". O sindicato sugere que o ex-presidente seja transferido para uma unidade das Forças Armadas, que teria condições para mantê-lo. 

 

Perseguição a Lula.jpg

 Meme da campanha do direitista Bolsonaro a presidente

 

O sindicato partidário requer que os demais presos continuem na PF. 

 

O sindicato ressalta a presença dos manifestantes e a necessidade de isolar a área em torno do prédio, o que já causou alterações na rotina dos moradores do bairro mais elitista de Curitiba, e pessoas que precisam de serviços  (cousa de rico: tirar passaporte, porte de arma) da PF. “Além disso, os policiais federais envolvidos nesta operação de segurança estão sem poder desenvolver suas atividades policiais normalmente”.

 

É mais um sindicato de príncipes do funcionalismo público. De tecnocratas e burocratas acima da lei, pelos abusos de autoridade e salários e auxílios e prendas mil acima do permitido pela Constituição.

 

A Polícia Federal continua a mesma da ditadura militar de 64, do comando do delegado Tuma que tinha as chaves dos cemitérios clandestinos em São Paulo.


Tem gente de cara e dente que reclama do povo nas ruas de Curitiba. Dos camponeses, dos operários porque são pobres. Porque são brasileiros sem terra, sem teto. Tem gente que acha que o povo fede, é bicho que caga nas calçadas feito os cachorrinhos que as dondocas levam para passear. Falta nessa gente, que carrega um rei na barriga, fraternidade, solidariedade, hospitalidade para com os descamisados, os favelados, os sem nada.

 

Elite tem nojo do povo.jpg

Meme do MBL - Movimento Brasil Livre, um movimento nazi-fascista 

 


Os ricos de Curitiba esquecem os ascendentes que chegaram ao Brasil fugidos das guerras da Europa, onde passavam fome e frio nos campos nevados. Retirantes das areias dos desertos de Israel e dos países árabes, onde morriam de fome e sede.


Jesus era um comensal. Lula é com pão eiro , companheiro. No seco Sertão, onde começaram a chegar as águas do São Francisco, o nordestino sabe o que é ser flagelado. Sempre tem a porta aberta para os visitantes, os peregrinos, os viajantes. Numa cidade do Nordeste, ninguém come nas calçadas. Há sempre uma porta aberta, uma casa amiga.


Prender uma pessoa longe de sua terra, de seus familiares, de seus amigos é supliciar. Isolar um preso, para que sofra o terror da solidão é muita crueldade. Transportar um preso de uma cidade para outra como se fosse um fardo é muita desumanidade.


Existem muitos métodos de tortura psicológica que Moro aprendeu com os serviços de inteligência dos Estados Unidos. Tortura usada nos interrogatórios. Tortura usada como castigo em secretos presídios espalhados por diferentes países.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D