Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

16
Ago17

Rita Maria Kalinovski

Talis Andrade

Rita poeta.jpg

 

 

DESTROÇOS DE NÓS

 

guerras são sazonais
como tangerinas.
descansam seus ódios
por um tempo
depois explodem
suas ganas
em destroços de pólen
em olhos de terror.
dores insaciáveis
mortesindevidas.
não entendo a guerra.
não entendo a paz.
para haver paz
é feita a guerra?
paz em tardes de grama
e sombra de árvore.
pios de pássaro
e cigarras insanas.
guerras quebram silêncios
movimentos lentos
xícaras sobre a mesa
mãos em agulhas de crochê.
guerras quebram
diálogos de mãos quentes.
guerras sujam
crianças com o pó da ira
a testa dos velhos
o regaço das jovens.
quem decide as guerras
não vai pra guerra.
somos resultado
de todas as guerras.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D