Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

30
Jan18

Para prender Lula nem o STF escapa do terrorismo da direita volver

Talis Andrade

novela-pega-pega-ja-acabou.jpg

Os da extrema direita Diogo Mainardi e Mario Sabino orquestram a politização da Justiça: “O STF mandou um recado ao PT: se alguma chance existe de a corte soltar Lula caso ele seja preso, ela pode desaparecer caso a legenda suba o tom de suas críticas contra o Judiciário'. A resposta de Lula foi entrar com mais um recurso na ONU contra a Lava Jato. O quadrilheiro sabe que o STF já decidiu enterrar sua candidatura. E que a maioria dos ministros topa também mandá-lo para a cadeia".

 

Inacreditável que o STF (Supremo Tribunal Federal) mande ameaças para o PT ou qualquer outro partido ou mantenha na corte moleques-de-recados.

 

Todo o alvoroço visa responder a entrevista concedida à Folha publicada na segunda (29), da presidente do PT. Gleisi Hoffmann repetiu que confia nas cortes superiores.

 

“Não acredito que a corte suprema vai deixar acontecer uma barbaridade dessas. Seria uma violência não só contra o Lula, mas contra a democracia e o povo brasileiro, pela representatividade que ele tem no país”, disse a senadora. Gleisi também disse que o STF colocará “as coisas nos eixos”, ao criticar o TRF4 ter condenado o ex-presidente “sem provas”.

AUTO_lane-3.jpg

 

A possibilidade de Lula fazer greve de fome na prisão caso seja detido por muito tempo já começa a ser aventada por apoiadores dele. O ex-presidente fez uma greve de fome quando foi preso pela ditadura, em 1980. 

 

A informação é da coluna de Mônica Bergano, acusada de ser petista porque reproduziu afirmações do advogado Rodrigo Tacla Durán, que trabalhou para a Odebrecht,  afirmando que um amigo do juiz Sérgio Moro teria solicitado vantagens para conseguir um acordo de delação vantajoso.

 

O juiz Sérgio Moro emitiu nota em que afirma que a jornalista baseou seu artigo unicamente no relato de um acusado foragido (Tacla Durán reside na Espanha): "uma matéria jornalística irresponsável para denegrir-me".

 

Delação de acusado preso merece crédito e prêmios vários. De acusado livre e sem medo, por ter cidadania espanhola, não passa de mentira, falso testemunho, coisa do demo.

 

Tacla denunciou milionário esquema de venda de sentenças e de prêmios para delações. 

 

Engraçado Moro, que se acostumou a ser endeusado pela mídia vendida,  entreguista e golpista.  

PataxocartoonsDiferenca moro delação premiada al

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D