Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

10
Out17

O coronel Tasso governador pela terceira vez

Talis Andrade

O Ceará sofria o atraso do coronelismo rural que fez surgir o coronelismo militar (Virgílio Távora e César Cals). 

 

Para acabar com a jagunçada, Tasso Jereissati governou de 1987 a 1991, e de 1995 a 1999, e entregou o governo ao seu gerente de vendas Ciro Gomes, de 1991 a 1994, que repassou o cargo para o irmão Cid, governador de 2007 a 2015. 

 

Tava assim recriado o coronelismo econômico de Paulo Sarasate. 

 

BRA_OPOVO-1. tasso.jpg

Tenho visto tanta coisa

Nesse mundo de meu Deus

Coisa que prum cearense

Não existe explicação

Qualquer votinho na urna

fazer um coronel

Tasso velho se vestir de moço

e dizer que é inovação

 

Estava enganado o velho Gonzaga quando cantava:

 

No Ceará não tem disso não,
Não tem disso não, não tem disso não
No Ceará não tem disso não,
Não tem disso não, não tem disso não
Não, não, não,
No Ceará não tem disso não,
Não, não, não,
No Ceará não tem disso não.

 

No Ceará esse gostar masoquista de ser mandado e governado por um coronel.

Se não acontecer de ser Tasso, entra outro coronel do dinheiro também senador e golpista: Eunício Oliveira, podre de rico, bote podre nisso.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D