Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

25
Jan18

Noblat pede confisco do passaporte de Lula e juiz atende imediatamente

Talis Andrade

mariano-2.jpg

 

 

Não contente com a condenação do ex-presidente em segunda instância, pelo TRF4, o colunista Ricardo Noblat, da Veja, pediu que seu passaporte seja apreendido, sugerindo que o ex-presidente possa fugir a partir da viagem à Etiópia, na África, marcada para esta sexta-feira 26.

 

"Se a prisão de Lula poderá ocorrer dentro de um ou dois meses, é recomendável que se confisque o passaporte dele. Lula está para viajar à Etiópia. Não é o melhor lugar do mundo, pelo contrário. Mas de lá se voa para muitos países", tuitou Noblat, debochando ainda do país africano.

 

A defesa de Lula avisou aos desembargadores do TRF4 no dia 16 de janeiro que Lula faria uma viagem à Etiópia, para onde foi convidado a participar de um evento que debaterá o combate à fome no mundo. Ele retornará ao Brasil na próxima segunda-feira 29.

 

Informa o 247: Mais uma violência cometida contra o ex-presidente Lula: o juiz Ricardo Leite, da Justiça Federal no Distrito Federal, determinou a apreensão do passaporte do ex-presidente Lula e o proibiu de sair do país; a ordem foi passada nesta quinta-feira 25 ao diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segovia, que comunicou o ministro da Justiça, Torquato Jardim.

 

BRA_FDSP-1.jpg

 

BRA_ZH.jpg

 

 

As manchetes dos principais jornais brasileiros demonstram, de forma inequívoca, que o julgamento de Lula só ocorreu para que ele fosse banido da disputa presidencial de 2018 pelo tapetão judicial. Na Folha, condenação dificulta candidatura. No Globo, esvazia. No Valor, impede, enquanto o Estado de S. Paulo adianta que o registro de Lula deve ser barrado. Foi exatamente para que este objetivo fosse alcançado que o Brasil sofreu dois golpes sequenciais – o de 2016, com a derrubada de Dilma sem crime de responsabilidade, e o de 2018, com a condenação de Lula sem provas; a questão é: o povo vai aceitar?

 

AUTO_bira.jpg

 

 

Tanto o New York Times como a Associação Americana de Juristas disseram o óbvio, ao tratar do caso Lula. Ele só estava sendo julgado ontem, com evidências que não seriam aceitas por sistemas judiciais sólidos, para que um objetivo político fosse alcançado: seu banimento da vida pública.

 

Se havia dúvidas em relação a isso, as manchetes dos principais jornais brasileiros demonstram, de forma inequívoca, que o julgamento de Lula teve esta motivação

 

Na Folha, noticia-se que a condenação dificulta a candidatura. No Globo, afirma-se que esvazia. No Valor, o verbo é impede, enquanto o Estado de S. Paulo adianta que o registro de Lula deve ser barrado.

 

Foi exatamente para que este objetivo fosse alcançado que o Brasil sofreu dois golpes sequenciais – o de 2016, com a derrubada de Dilma sem crime de responsabilidade, e o de 2018, com a condenação de Lula sem provas.

 

A questão é: o povo vai aceitar?

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D