Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

31
Dez17

#NãoAdotoEsteSilêncio sobre as adoções ilegais da Igreja Universal denunciadas pela TVI de Portugal. Veja todas as reportagens

Talis Andrade

 

liberdade de_ expressão censura .jpg

 

 

Durante 10 dias, a TVI de Portugal emitiu a série informativa de jornalismo de investigação “O Segredo dos Deuses” denunciando vários casos de adoções ilegais e de tráfico ilegal de crianças por parte da Igreja Universal do Reino de Deus, a IURD.

 

Os casos denunciados deram origem à abertura de um processo no Ministério Público de Portugal, mas as entidades públicas envolvidas nas adoções ilegais, a Segurança Social e a Santa Casa da Misericórdia, bem como a generalidade da classe política, remeteram-se ao silêncio sobre os factos apresentados, que escandalizam todos nós. Isso acontece em Portugal.

 

No Brasil, O Ministério Público nem aí. 

 

Como se pode adotar este silêncio? Um lar ilegal serviu de base para adoções ilegais de crianças por parte dos bispos da IURD, entre os quais estão os netos do poderoso bispo Edir Macedo, dono da Universal, da Record, do Banco Renner.  As crianças foram roubadas às famílias com base em mentiras, falsificações de documentos, omissões deliberadas do interesse das mães nas crianças que eram escolhidas por catálogo fotográfico, o que é ilegal, com base em relatórios falsos de técnicas da Segurança Social, viajando para outros países em jato privado, às escondidas.

 

Veja aqui todas as reportagens de investigação O Segredo dos Deuses.

 

A maioria dos casos tem cerca de 20 anos e só agora as mães das crianças perceberam o que lhes aconteceu. Os filhos desapareceram e ninguém as ajudou. À época, ninguém as quis ouvir.


Também fica evidenciado o racismo. As crianças loiras e de olhos azuis eram as mais cobiçadas.

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D