Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

19
Dez17

“Isso aqui não é Brasil”, gritavam deputados e manifestantes argentinos para protestar contra a reforma da Previdência

Talis Andrade

 

A mobilização popular que conseguiu barrar a votação da reforma da Previdência na Argentina tinha como um dos “gritos de guerra” o alerta de que o país não era como o Brasil, onde o governo aprova medidas sem consultar o povo e contra sua vontade

 

Uma vergonha internacional a apatia do brasileiro.

 

A passividade de quem nunca fez uma greve geral, de um povo que não vota em referendos, em plebiscitos.

 

Deferente do brasileiro, o argentino não vai na conversa da mídia vendida, direitista. Veja as manchetes dos jornais argentinos hoje:

ar_capital_rosario.750.jpg

ar_clarin.750.jpg

 

ar_diario_popular.750.jpg

ar_gaceta.750.jpg

ar_uno.750.jpg

 

nacion.750.jpg

Que o brasileiro aprenda com o argentino a defender com patriotismo e bravura seus direitos. Sem temer os golpistas e sua polícia que prende e arrebenta como acontecia na ditadura militar.

 

A polícia que entra nas favelas atirando e derrubando portas.   

 

 

 

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D