Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O CORRESPONDENTE

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

Por que o brasileiro continua um analfabeto político? Como conviver com a ameaça de uma intervenção militar? Este Correspondente tenta buscar respostas na leitura dos jornais

O CORRESPONDENTE

23
Jan18

A cobertura internacional do julgamento de Lula

Talis Andrade

Lula quatro dedos.jpg

 

 

Nesta quarta-feira, o Brasil inteira voltartará seus olhos para Porto Alegre, onde o Tribunal Federal da 4ª Região julgará, em segunda instância, se o expresidente Luiz Inácio Lula da Silva é culpado ou não no chamado "caso triplex". ANSA 

 

O advogado Cristiano Zanin Martins considera que esse processo "nasceu com uma motivação política muito clara", que tem como objetivo "desgastar a imagem" do ex-presidente, que lidera todas as pesquisas de intenção de voto sobre as eleições presidenciais.

 

"A sentença também reflete um julgamento político" e se refere a um "pacto de corrupção" baseado "unicamente" no depoimento realizado pelo acusado e ex-presidente da construtora OAS, Leo Pinheiro, explicou Zanin. Efe 

 

DILMA, LULA E CRISTINA FERNÁNDEZ

 

O ex-presidente Lula irá nesta terça-feira (23) a Porto Alegre, um dia antes de a capital gaúcha sediar, sob um forte esquema de segurança, o julgamento de um recurso apresentado por sua defesa, que poderia complicar sua candidatura às presidenciais em outubro.


"Estou indo a Porto Alegre para agradecer a solidariedade do povo que está lá se manifestando", anunciou Lula, presidente entre 2003 e 2010, em um ato nesta segunda (22) com sindicalistas no Instituto Lula, em São Paulo.


Desde o fim de semana, começaram a chegar à cidade ônibus com seguidores do líder da esquerda e nesta segunda, membros do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra (MST) realizaram uma marcha de 8 km e montaram um grande acampamento na cidade.

 

Na manhã desta terça-feira está previsto um ato das mulheres a favor de Lula, no qual se espera a presença de Dilma Rousseff (2011-2016) e da ex-presidente argentina Cristina Fernández. AFP 

 

ATOS PACÍFICOS 

 

O clima de tensão em torno do julgamento foi alimentado pela própria presidente do PT, Gleisi Hoffmann. A senadora afirmou em entrevista na semana passada que "para prender o Lula, vai ter que matar gente", declaração que foi considerada infeliz e "força de expressão" por outros petistas.


Mesmo que a condenação seja confirmada, não há previsão de que Lula possa ser preso imediatamente - ele ainda terá direito a recursos dentro do próprio TRF-4.


Questionados pela BBC Brasil, organizadores dos atos pró-Lula em Porto Alegre negaram qualquer intenção violenta e disseram que estão tomando providências para garantir a tranquilidade dos atos.

 

"A orientação é para que toda militância venha de cara limpa. Se houver algum mascarado na caminhada, nós vamos solicitar que ele retire a máscara ou se retire do ato", disse à BBC Brasil o vice-presidente do PT no Rio Grande do Sul, Carlos Pestana. BBC

 

lula mão .jpg

 

 

 

 

5 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D